Quando usar vinil adesivo calandrado?

Por Eduardo Yamashita em 16/01/2015

Saiba quais as possibilidades de aplicação do vinil calandrado

Saiba quais as possibilidades de aplicação do vinil calandrado

O aumento explosivo da popularidade do envelopamento de carros gerou crescimento da demanda pelo serviço, muitas vezes realizado por pessoas que não dominam suficientemente bem técnicas e tecnologias inerentes à aplicação de vinis adesivos, como, por exemplo, a escolha correta da película (cast ou calandrada).

Há uma grande quantidade de aplicações que não exigem as características de alta conformabilidade do vinil fundido (cast), e o mercado oferece uma ampla gama de filmes calandrados, os quais podem ser utilizados em muitos trabalhos.

Ambos os filmes são fabricados a partir das mesmas matérias-primas. Basicamente, os dois são compostos por polímero de cloreto de polivinila (PVC) mais outros ingredientes que determinam características como flexibilidade, cor, durabilidade, entre outros aspectos das películas.

Filmes calandrados oferecem maior rendimento na fabricação, por isso são mais baratos. No entanto, têm alta resistência à abrasão e excelente desempenho em superfícies planas e curvas moderadas.

As películas calandradas são comumente usadas para a composição de anúncios de curto prazo ou envelopamentos completos de ônibus. Se o projeto exige acabamento como de uma pintura, o uso da película fundida (cast) é mais apropriado.

Outras aplicações populares para filmes calandrados incluem sinalização promocional, letras de vinil em recorte em banners e veículos e pequenos decalques, como adesivos para carros.

Vinil adesivo calandrado é indicado para trabalhos com superfícies planas e curvas moderadas

Vinil adesivo calandrado é indicado para trabalhos com superfícies planas e curvas moderadas

Independentemente de saber se você está usando filmes cast de cores sólidas ou branco (para impressão digital), eles geralmente são mais finos (em torno de 2mil), mais duráveis (de dez a 12 anos) e mais adaptáveis do que os filmes calandrados.

Os calandrados apresentam espessura média de 3,2mil. No entanto, há filmes de 2,5mil e de 6mil ou mais.

A vida de um filme calandrado varia muito. Há películas econômicas que apresentam durabilidade de um a dois anos. Os vinis intermediários normalmente duram de três a quatro anos. Já os filmes de alta performance podem durar até sete anos.

Os filmes calandrados também são os melhores para aplicações gráficas de piso, pois são mais espessos que os cast. Portanto, têm maior resistência ao desgaste de tráfego.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

 

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual



Pesquisa: mercado de grande formato registra crescimento mundial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/07/2014

De acordo com o estudo Worldwide Quarterly Large Format Printer Tracker, realizado pela International Data Corporation (IDC), o mercado mundial de impressoras de grande formato cresceu em unidades (7,4%) e valor expedido (3,7%) no primeiro trimestre de 2014 (em relação ao mesmo período do ano passado).

Phuong Hang, gerente da Worldwide Large Format Printer Trackers, declarou: "A expedição de dispositivos UV tem crescido firmemente nos últimos três anos. A IDC esperar que esse negócio continue a crescer assim nos próximos três anos".

Segmento técnico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento técnico foi responsável pela expedição de 49.500 unidades e por 61% do mercado global de grandes formatos. O segmento cresceu 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Todas as regiões consultadas pela IDC cresceram, com ênfase nos seguintes locais:

  • Ásia/Pacífico, exceto o Japão: 10,5%;
  • Japão: 14,1%;
  • Oriente Médio e África: 15,4%;
  • EUA: 11,8%.

O valor de envio do segmento cresceu 1,4% e registrou o total de 301 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2014.

Segmento gráfico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento gráfico registrou a expedição de 32.000 unidades e ocupa 39% de todo o mercado de impressoras de grandes formatos. O segmento cresceu 4,6% em relação ao mesmo período do ano passado. As regiões consultadas que mais cresceram foram:

  • Japão: 22,4%;
  • Oriente Médio e África: 18,7%;
  • Canadá: 12,8%.

O valor de envio de impressoras de grande formato para o segmento gráfico cresceu 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, registrando 493 milhões de dólares.

Estudo foi realizado pela IDC

HP, Canon, Epson, Roland e Ricoh foram as fabricantes de impressoras de grandes formatos que mais expediram unidades no primeiro semestre de 2014

HP

A HP continua na liderança do mercado internacional de grandes formatos, com 39,8% de participação de mercado. A fornecedora expediu 32.500 unidades no primeiro semestre de 2014 e é a líder indiscutível no segmento técnico, embora posicione-se em terceiro lugar no segmento gráfico.

Canon

Ocupa a segunda posição do mercado mundial de impressoras de grandes formatos. A empresa fica em segundo lugar tanto entre as máquinas CAD quanto entre as impressoras para o segmento gráfico, registrando crescimento anual de 18,8% e 16,6%, respectivamente.

Epson

Seguindo de perto a Canon, a Epson ocupa a terceira posição do mercado mundial de impressão de grandes formatos. A empresa cresceu 4,4% em relação ao ano passado e possui 20% de participação de mercado. É a fornecedora número um no segmento gráfico. Já o segmento técnico é uma pequena parte das vendas de grandes formatos da empresa.

Roland

A Roland detém 3,4% de todo mercado global de grandes formatos, ficando na quarta posição do ranking. A fornecedora é forte no mercado gráfico e cresceu 4,1% em relação ao ano anterior.

Ricoh

A Ricoh ocupa a quinta posição no mercado mundial de grandes formatos. A empresa ocupa a quarta posição no segmento técnico, no qual cresceu 3,8% em relação ao ano passado.

Fonte IDC



Conheça a maior impressora plana de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2015

Dip-Tech AR18000 foi desenvolvida para decorar vidros e cerâmicas

Dip-Tech AR18000 foi desenvolvida para decorar vidros e cerâmicas

Reconhecida pelo Guinness World Records como "a maior impressora digital plana", a Dip-Tech AR18000 ostenta 18m de comprimento e pode estampar um painel de vidro com área de até 64m2.

A máquina é fabricada pela Dip-Tech, empresa israelense especializada em construir equipamentos para decoração de vidros e cerâmicas. Até o momento, apenas duas unidades da Dip-Tech AR18000 foram vendidas. Uma foi instalada na China, a outra, na Alemanha.

As impressoras foram encomendadas para ajudar na produção de projetos arquitetônicos que empregam painéis de vidro gigantes e impressos digitalmente.

Yariv Matzliach, CEO da Dip-Tech, declarou: "Queremos abrir novas fronteiras para os fabricantes de vidro e criar novas possibilidades para o mundo do design. Com o recorde, entramos numa nova etapa, e vamos continuar a desenvolver equipamentos inovadores".

Fonte: Dip-Tech