Eletromidia adquire 74,65% das ações da Otima

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/07/2021
Companhia está investindo 150 milhões de reais em edifícios residenciais

Companhia está investindo 150 milhões de reais em edifícios residenciais

A Eletromidia, com mais de 60 mil faces digitais e estáticas nas maiores cidades do Brasil, adquiriu 74,65% das ações da Otima Concessionária de Exploração de Mobiliário Urbano. A aquisição, que também engloba a possibilidade de compra das ações restantes, foi firmada por meio da Publibanca S.A., subsidiária da companhia. O preço total a ser pago aos acionistas da Otima é de R$416.758.873,16, sendo R$356.954.315,75 à vista e R$59.804.557,41 a prazo.  A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes, como a aprovação do CADE.

Fundada em 2013 na cidade de São Paulo, a Otima tem a missão de promover a transformação na paisagem da capital através do contrato de concessão para instalação e manutenção dos abrigos em pontos de ônibus do município. Atualmente, a empresa possui 3.737 painéis (180 são digitais) em abrigos de pontos de ônibus, por onde passam cerca de 3,5 milhões de pessoas diariamente.

Com a aquisição, a Eletromidia complementará sua presença na vertical de ruas e inaugura sua entrada no segmento de mobiliário urbano na cidade de São Paulo. A empresa pretende entregar soluções completas nas ruas, transportes, elevadores, shoppings e aeroportos.

Eduardo Alvarenga, CEO da Eletromidia, declarou: “Além de ser estrategicamente importante para o crescimento da Eletromidia, a aquisição amplifica a força comercial das duas companhias”.

Aproveitando o momento promissor, a Eletromidia está investindo R$ 150 milhões em edifícios residenciais, em diversas cidades brasileiras. Entre os principais focos estão os condomínios-clube, uma tendência no mercado imobiliário.

“Com o sucesso das nossas telas entre moradores e síndicos, enxergamos este segmento como uma excelente oportunidade de estarmos ainda mais presentes na vida das pessoas e ainda expandirmos a nossa operação no País. As oportunidades nesse segmento serão sempre avaliadas e projetamos um forte crescimento orgânico”, destaca Alvarenga.

Fonte: Eletromidia



Software OneVision chega à versão 20.1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/07/2020
Nova edição vem com ferramentas que melhoram o processamento de arquivos

Nova edição vem com ferramentas que melhoram o processamento de arquivos

A desenvolvedora OneVision anunciou a versão 20.1 de seu software homônimo. A versão mais atualizado do RIP permite o processamento dinâmico de arquivos usando dados dos pedidos. Isso porque os fluxos de trabalho são executados de forma totalmente automática e, ao mesmo tempo, o sistema permite a intervenção manual, oferecendo assim grande flexibilidade no controle do workflow.

De acordo com a empresa, o software permite a impressão de produtos personalizados, estampados em pequenas tiragens e alta qualidade, a um custo mínimo.

O programa também vem com novas configurações de linhas de corte e vinco e uma ferrametna de economia de tinta, a Inksave.

Fonte: OneVision

 

 



Artigo: Como o uso eficiência do tempo afeta a produtividade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/09/2019
A chave do sucesso é gerir o tempo adequadamente

A chave do sucesso é gerir o tempo adequadamente

À medida que fazemos a transição para a segunda metade de 2019, percebo-me valorizando o tempo como um bem precioso. Em termos de negócios, na minha opinião, a chave do sucesso não é “gastar” tempo, mas “investir” nele.

Se você administra uma empresa de impressão de grande formato e sinalização, está ciente dos inúmeros processos que consomem muito tempo. A elaboração do design é um deles. Você já calculou as horas necessárias para criar apenas um trabalho? Em caso positivo, você provavelmente já explorou maneiras de reduzir isso. Afinal, tempo é dinheiro.

A boa notícia é que há soluções de software para aliviar isso e otimizar o fluxo de trabalho. Os principais fornecedores continuam a apresentar produtos ricos em recursos que atendem necessidades de ponta a ponta. Alguns até oferecem um poderoso RIP de 64 bits, de alta velocidade. Essa potência e uma série de recursos que economizam tempo garantem uma funcionalidade sem precedentes, especialmente na fase de criação e design. Do ponto de vista comercial, isso significa que você pode exceder as expectativas do cliente em relação às rotinas de trabalho e maximizar o rendimento e aumentar os resultados.

As soluções que economizam de tempo não param por aí. Os fornecedores vanguardistas continuam a olhar para o futuro e oferecem soluções de valor agregado que poupam tempo no fluxo de trabalho, como bancos de dados com um extenso catálogo de modelos de peças de sinalização e comunicação visual. Com eles, você pode localizar e baixar rapidamente logos, fontes ou projetos de envelopamento de veículos. Os trabalhos são executados com mais rapidez, e você fica apto a começar outros trabalhos.

Talvez você já esteja sorrindo por ter economizado tempo com essas ferramentas. Isso é ótimo, embora o tempo - ou a falta dele - seja um problema sempre presente, eu encorajo você a ficar atento às tecnologias inovadoras que podem ajudar a aliviar esse problema.

Estamos vendo as tecnologias de realidade aumentada (RA) e inteligência artificial (IA) entrarem no mercado de sinalização e formato grande. Embora seja improvável num futuro imediato, a IA tem o potencial de revolucionar a forma de produzir comunicação visual. Ela poderá ajudar os designers de sinalização ao sugerir fontes, imagens e layouts, o que, por sua vez, pode automatizar os processos e aumentar a produtividade para empresas de grandes formatos.

Então, se você acha que um tempo desnecessário está sendo gasto na criação e pré-impressão, talvez seja hora de mudar. Pense: no fim do dia, você não pode compensar o tempo perdido, só pode tentar fazer melhor no dia seguinte.

Este artigo foi escrito por Marcelo Chagas, gerente de vendas da SAi para a América Latina