Eletromidia adquire 74,65% das ações da Otima

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/07/2021
Companhia está investindo 150 milhões de reais em edifícios residenciais

Companhia está investindo 150 milhões de reais em edifícios residenciais

A Eletromidia, com mais de 60 mil faces digitais e estáticas nas maiores cidades do Brasil, adquiriu 74,65% das ações da Otima Concessionária de Exploração de Mobiliário Urbano. A aquisição, que também engloba a possibilidade de compra das ações restantes, foi firmada por meio da Publibanca S.A., subsidiária da companhia. O preço total a ser pago aos acionistas da Otima é de R$416.758.873,16, sendo R$356.954.315,75 à vista e R$59.804.557,41 a prazo.  A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes, como a aprovação do CADE.

Fundada em 2013 na cidade de São Paulo, a Otima tem a missão de promover a transformação na paisagem da capital através do contrato de concessão para instalação e manutenção dos abrigos em pontos de ônibus do município. Atualmente, a empresa possui 3.737 painéis (180 são digitais) em abrigos de pontos de ônibus, por onde passam cerca de 3,5 milhões de pessoas diariamente.

Com a aquisição, a Eletromidia complementará sua presença na vertical de ruas e inaugura sua entrada no segmento de mobiliário urbano na cidade de São Paulo. A empresa pretende entregar soluções completas nas ruas, transportes, elevadores, shoppings e aeroportos.

Eduardo Alvarenga, CEO da Eletromidia, declarou: “Além de ser estrategicamente importante para o crescimento da Eletromidia, a aquisição amplifica a força comercial das duas companhias”.

Aproveitando o momento promissor, a Eletromidia está investindo R$ 150 milhões em edifícios residenciais, em diversas cidades brasileiras. Entre os principais focos estão os condomínios-clube, uma tendência no mercado imobiliário.

“Com o sucesso das nossas telas entre moradores e síndicos, enxergamos este segmento como uma excelente oportunidade de estarmos ainda mais presentes na vida das pessoas e ainda expandirmos a nossa operação no País. As oportunidades nesse segmento serão sempre avaliadas e projetamos um forte crescimento orgânico”, destaca Alvarenga.

Fonte: Eletromidia



Mimaki Expo em Porto Alegre

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

No evento, participantes puderam ver de perto tecnologias de ponta da fabricante japonesa

No evento, participantes puderam ver de perto tecnologias de ponta da fabricante japonesa

A filial brasileira da Mimaki, fabricante de impressoras digitais, promoveu mais uma edição do Mimaki Expo entre os dias 12 e 13 de novembro. O evento foi realizado no showroom da Plotertec, distribuidora autorizada que atua com toda linha de equipamentos Mimaki em Porto Alegre (RS).

A exposição contou com mais de 60 clientes e empresários da região e especialistas técnicos e comerciais das empresas fornecedoras. Além de ver os equipamentos em funcionamento, os participantes também puderam assistir a uma palestra sobre a recém-lançada impressora flatbed JFX200-2513.

No coquetel do evento, foi possível colher várias informações técnicas e comerciais e produzir amostras de impressão em tempo real.

Os equipamentos apresentados foram: CJV30-160BS, SWJ-320, JV400-LX, UJF3042-HG, CGSRIII e JV33-160. A Mimaki e a Plotertec destacaram também as impressoras JFX200-2513 e JV300-160.

Mimaki Expo permite que participantes vejam de perto as impressoras digitais

Mimaki Expo permite que participantes vejam de perto as impressoras digitais

Amostras de impresso são expostas durante evento

Amostras de impresso são expostas durante evento

Nova impressora flatbed UV foi apresentada no evento

Nova impressora flatbed UV foi apresentada no evento

Fonte: Mimaki Brasil



Enquete: as tecnologias de impressão digital que os leitores do InfoSign buscaram adquirir em 2015

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/01/2016
Em 2015, maioria dos leitores do InfoSign preferiram planejar e investir em tecnologias capazes de imprimir em tecidos

Em 2015, maioria dos leitores do InfoSign preferiram planejar e investir em tecnologias capazes de imprimir em tecidos

Ao longo do ano passado, o InfoSign perguntou em enquete aberta qual tipo de impressora de grande formato os leitores do site gostariam de adquirir em 2015. O resultado (de um total de 1.172 votos) vai ao encontro de uma clara tendência do mercado: o interesse cada vez mais em adotar a impressão digital em tecidos.

A tecnologia mais votada foi a sublimática, com 338 votos (29% do total). Em segundo lugar, ficou a impressão direta em tecido, com 246 votos (21%). Somados, os resultados obtidos pelas duas categorias correspondem à metade dos pontos computados. Embora a impressão por sublimação possibilite a decoração de substratos e objetos diversos, sua principal aplicação é a estamparia de tecidos. Portanto, não é errado afirmar que pelo menos metade dos votantes estavam interessados em adquirir uma impressora têxtil.

Além da sublimação e da impressão direta, a tecnologia látex, que teve 84 votos (7%), também é capaz de imprimir, entre outros substratos, diversos tipos de tecidos, o que ajuda a endossar a tendência analisada.

A enquete mostrou também que tecnologias consolidadas obtiveram desempenho satisfatório. A solvente recebeu 238 votos (equivalente a 20%) e a UV, 197 (17%), o que demonstra que ambas têm lugar cativo ente os leitores do InfoSign.

O tipo de impressora menos votada emprega tinta à base d'água, com 69 votos (6%), deixando claro que se trata de uma tecnologia voltada a um nicho mais específico e de interesse reduzido.

Não deixe de participar da nova enquete, que procura conhecer quais as tecnologias de impressão digital de grande formato nossos leitores pretendem adquirir em 2016.