3M lança lona backlight com largura de 5m

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2018
Envision FS-1 é recomendada para aplicações com iluminação LED

Envision FS-1 é recomendada para aplicações com iluminação LED

A desenvolvedora 3M anunciou no mercado internacional uma versão extralarga (de 5m) da Envision FS-1, lona backlight de vinil pigmentado branco para aplicações de sinalização retroiluminadas por LED. A nova opção reduz a necessidade de emendas e permite a criação de peças de comunicação visual mais brilhantes.

Com durabilidade de até 9 anos, a mídia pode ser recortada com plotters ou impressa diretamente por equipamentos UV, látex e solvente. O lona, que pode vir com acabamento acetinado ou fosco, também é vendida nas seguintes larguras: 2m, 2,5m, 2,59m e 3,2m

A Envision FS-1 foi projetada para poupar gasto de energia das fontes de retroiluminação. De acordo com a empresa, a mídia requer uma quantidade menor de LEDs para que a luminosidade correta seja alcançada.

Para fontes de luz fluorescente, a 3M recomenda a lona Panagraphics III, que também está disponível em rolos de 1,5m a 5m.

Fonte: 3M e SGIA



Kyocera inaugura centro europeu de desenvolvimento de impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

A Kyocera, fabricante de cabeças de impressão, criou um centro tecnológico na cidade de Esslingen, na Alemanha. A nova planta, que será inaugurada no dia 23 de setembro, poderá ser visitada por clientes que desejam realizar testes e avaliações em dispositivos da fabricante. Em cooperação com a Kyocera, os consumidores poderão encontrar novas soluções para suas necessidades.

Cabeças desenvolvidas pela empresa são empregadas em impressoras de grande formato

Cabeças desenvolvidas pela empresa são empregadas em impressoras de grande formato

Shigeru Koyama, presidente de operações europeias da Kyocera, explica: "Nosso novo centro é um dos mais avançados do tipo. Ele dá a possibilidade de desenvolver novas tecnologias de impressão a jato de tinta".

Desde 1959 no mercado, a Kyocera produz cabeças como a KJ4A (usada em impressoras UV) e a KJ4B (para equipamentos à base d’água). Ambas têm como diferencial um atuador piezo exclusivo da empresa.

Fonte: Kyocera



Epson investirá 16 bilhões de ienes em novo centro de inovação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

A Epson, fabricante de impressoras digitais, investirá 16 bilhões de ienes (aproximadamente 142 milhões de dólares) para construir um novo edifício na cidade de Shiojiri, no Japão. Trata-se de um centro de inovações que abrigará um laboratório de teste de estamparia têxtil e uma fábrica para prototipagem e sistemas comerciais e industriais de impressão de grandes volumes.

Com área total de 37.650m², o centro terá três andares: o primeiro conterá a fábrica e o laboratório de teste, o segundo e o terceiro abrigarão uma série de escritórios.

O trabalho de construção está programado para começar em 2018. Já as operações deverão começar em torno de março de 2020.

Parte de um plano que visa a expansão no mercado de impressão digital, o novo edifício reforça a capacidade da Epson em pesquisa, desenvolvimento e produção de equipamentos para impressão comercial e industrial. A empresa também espera obter maior eficiência operacional, unindo departamentos relevantes em um mesmo local.

Segundo a empresa, a impressão digital comercial e industrial é uma área muito importante nos planos de médio e longo prazo da Epson. Já nos mercados de sinalização e estamparia têxtil digital, a marca está expandindo e atualizando suas linhas de impressoras.

Fonte: Epson



Clicky