Graphtec lança plotter de recorte Silhouette Cameo 4 Pro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2021
Equipamento vem com novos recursos de design que aumentam a produtividade

Equipamento vem com novos recursos de design que aumentam a produtividade

A fabricante Graphtec apresentou no mercado europeu a Silhouette Cameo 4 Pro, plotter de recorte que substitui o modelo CE Lite-50.  Com largura de 610mm e força de corte de 5kg, o equipamento processa uma gama maior de mídias, inclusive substratos mais grossos.

Além do carro de corte mais amplo, a Cameo 4 Pro inclui um alimentador de rolo ajustável, um cortador transversal de vinil, um painel de controle multifuncional com retroiluminação LED e três novos acessórios de detecção automática de lâmina.

Outras melhorias da Cameo 4 Pro incluem a capacidade de armazenamento de 2 GB, a conexão de internet de alta velocidade para PC e Mac e a assinatura gratuita de um mês para a Silhouette Design Store (com uma grande seleção de imagens para download).

A Cameo 4 Pro é fornecida com o software padrão Silhouette Studio, e a Graphtec disponibiliza três programas opcionais (Designer, Designer Plus e Business), para aplicações de corte adicionais.

Segundo a empresa, se usada em conjunto com uma impressora digital, a Cameo 4 Pro oferece uma solução de impressão e corte de baixo custo, indicada para uma ampla gama de aplicações, como vinis adesivos, cartolinas e papéis variados vegetal. Trata-se de uma solução usada para a produção de peças pequenas de sinalização, etiquetas para embalagens, impressões digitais, roupas customizadas, produtos promocionais e personalização de veículos.

Fonte: Graphtec



Summa implementa melhorias em mesas de corte da série F

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/12/2020
Novo sistema de segurança e software atualizado: equipamentos estão mais confiáveis e produtivos

Novo sistema de segurança e software atualizado: equipamentos estão mais confiáveis e produtivos

A fabricante Summa anunciou melhorias para as suas mesas de corte da série F. Entre elas, um novo sistema de segurança e a atualização do software GoProduce. Além disso, a empresa lançou um equipamento com um novo formato, o F1432, que processa rolos de mídias com 137cm.

Com vários sensores que detectam movimentos humanos próximos às mesas de corte, o novo sistema de segurança para a série F torna o ambiente de trabalho mais confiável e protegido para os operadores.

Todos os equipamentos da série F rodam com o software GoProduce, que chegou à versão 2.0. Embora o aplicativo ofereças muitas funcionalidades, a Summa também disponibiliza um pacote “Pro”, com um número maior de ferramentas de corte e acabamento.

Outro recurso que a Summa está disponibilizando para as máquinas da série F é o ADC, que define automaticamente a profundidade e a orientação da faca. A ponta dessa ferramenta é medida com precisão e a sua posição é ajustada ao nível da mesa, para melhoar o desempenho do corte. A fabricante também disponibiliza o padrão “ADC esquerdo”, para os equipamentos supracitados.

Fonte: Summa



Nazdar apresenta nova série de tintas sublimáticas NDT600

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
Tintas são produzidas por nova tecnologia de dispersão

Tintas são produzidas por nova tecnologia de dispersão

A fabricante Nazdar anunciou no mercado internacional a disponibilidade da NDT600, série de tintas sublimáticas desenvolvidas para uso em qualquer impressora com cabeças Epson. Os insumos são indicados para estampar vestuário esportivo (uniformes para jogadores e ciclistas), bandeiras, artigos promocionais, entre outras aplicações têxteis.

Segundo a empresa, a série NDT600 substitui as tintas de corante de linhas previamente lançadas pela Nazdar. Isso porque elas são fabricadas por um processo de dispersão completamente novo.

As tintas NDT600 são vendidas em garrafas de um litro para clientes ou em bolsas de tinta de dois litros.

Chris Bailey, diretor-gerente da QPS, distribuidora das tintas Nazdar, declarou: “Desde a introdução da NDT600, convertemos impressoras sublimáticas de muitas empresas. A conversão é bastante direta e demanda pouco tempo de inatividade”.

Fonte: Fespa