InfoSign fecha parceria com a SGIA

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/12/2013

Parceria visa alimentar o mercado brasileiro com informações de qualidade

Parceria visa alimentar o mercado brasileiro com informações de qualidade

O InfoSign acaba de fechar uma importante parceria com a SGIA (Specialty Graphic Imaging Association), associação internacional especializada em impressão. Referência no setor, a instituição é conhecida também por apresentar grandes inovações em sua feira anual.

De acordo com Michael Robertson, presidente da SGIA, a participação brasileira na feira tem sido expressiva. "No evento deste ano, em Orlando, tivemos a presença de 87 brasileiros, totalizado 11% dos participantes latino-americanos. Com a ajuda de veículos como o InfoSign, que trabalham para informar a comunidade, esperamos que em 2014, em Las Vegas, esse número seja ainda maior", afirmou.

Segundo o executivo, a indústria do Brasil é extremamente auspiciosa: "A comunidade gráfica brasileira está crescendo. A implementação de tecnologias de ponta e a produção de produtos de alta qualidade se destacam, resultando em um importante fator para o crescimento da economia brasileira".

Para Robertson, a América Latina deve ser analisada. "É importante que olhemos cada país. Cada nação possui seus pontos fortes e suas oportunidades. De modo geral, estamos notando que vários locais adotam melhorias para conquistar uma posição mais competitiva", pontuou.

Animado com a parceria, Robertson comentou: "Estamos ansiosos para apoiar organizações que oferecem educação e desenvolvimento à comunidade, e acreditamos que o Infosign é um recurso importante para os produtores gráficos de todo o Brasil".

Além de divulgar novidades sobre a SGIA, o Infosign publicará artigos técnicos escritos por especialistas da associação internacional. Com a parceria, mais informações de qualidade chegarão ao público brasileiro.



GCC anuncia nova mesa para máquinas a laser

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/01/2013

Nova mesa para ser usada em máquinas GCC LaserPro X500II

Nova mesa para ser usada em máquinas GCC LaserPro X500II

GCC, fabricante de equipamentos para o mercado de comunicação visual, anuncia a mesa "Honeycomb" (formato de favo de mel) para máquina a laser do modelo LaserPro X500II. Segundo a empresa, as vantagens do novo dispositivo são:

  • A mesa é ideal para o corte de materiais finos e flexíveis. As aberturas da mesa facilitam o escoamento enquanto preservam o material em posição fixa;
  • A mesa pode ser facilmente instalada ou resposicionada na máquina de corte X500II;
  • A mesa suporta um peso máximo de 5 kilos espalhados uniformemente em toda a área de trabalho quando todas as barras originais da máquina ficarem distribuídas uniformemente também, para manter a mesa no devido lugar.
 
Máquina GCC LaserPro X500II

Máquina GCC LaserPro X500II

Fonte: GCC. Texto: InfoSign



Kornit promete lançar impressora de camiseta de alta produtividade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/10/2015
Fabricante apresentará a impressora Vulcan pela primeira vez na feira ITMA 2015

Fabricante apresentará a impressora Vulcan pela primeira vez na feira ITMA 2015

A Kornit, fabricante de equipamento para estamparia têxtil digital, estará presente na feira ITMA, que ocorre entre os dias 12 e 19 de novembro de 2015, em Milão, Itália. Durante o evento, a empresa pretende mostrar em primeira mão a Kornit Vulcan, impressora inkjet de camisetas e peças de roupa (direct-to-garment) capaz de rivalizar com sistemas serigráficos em termos de velocidade em produções de médias e altas tiragens.

Segundo a empresa, em comparação com outros sistemas da própria empresa, a Vulcan reduz custos por impressão em até 40%. Além disso, um número maior de empresas têxteis pode se beneficiar de vantagens como tempos de resposta reduzidos, recursos de personalização em massa e custos de instalação menores.

A Kornit Vulcan é capaz de produzir até 250 peças por hora (roupas escuras ou claras podem ser impressas com a mesma velocidade). De acordo com a empresa, isso significa mais que o dobro da taxa de transferência efetiva dos sistemas anteriores comercializados pela Kornit. Além disso, a nova impressora será capaz de reproduzir imagens com qualidade fotorrealista (seis cores e branco), por contar com 60 cabeças de impressão e um sistema de recirculação de tinta avançado.

O sistema pode trabalhar com peças de até 70cm x 100cm e emprega tintas NeoPigment, patenteadas pela empresa. São insumos à base d’água compatíveis com uma variedade de fibras naturais, sintéticas ou misturadas. Após a impressão, as peças são curadas com um secador de ar quente.

Oded Kraft, vice-presidente da Kornit, declarou: “A Vulcan expande significativamente o segmento de impressão digital direct-to-garment, por ser uma alternativa real à produção serigráfica de larga escala. A Kornit tomou a decisão de criar um sistema versátil capaz de executar pequenos, médios e grandes lotes a velocidades extremamente altas. Por oferecer baixo custo de impressão, é uma forma muito eficiente de produzir quantidades acima de 100 camisas personalizadas”.

A Kornit anunciou que colocará em funcionamento algumas versões de teste da máquina nos próximos meses, com o intuito de realizar ajustes finos na tecnologia. Em meados de 2016, a fabricante pretende começar a vender o produto para o mercado.

Fonte: Kornit