Epson expande linha de cabeças PrecisionCore

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/06/2021
Três novos modelos foram incorporados à série

Três novos modelos foram incorporados à série

A fabricante Epson anunciou o lançamento de três cabeças PrecisionCore. Entre elas, está a D3000-A1R, com circulação de tinta no nível do nozzle. A linha de cabeças inkjet da marca atualmente compreende cinco séries, dirigidas para as mais diversas aplicações de impressão digital.

De acordo com a fabricante, as três novas cabeças ajudarão a acelerar a transição para a impressão digital com baixo desperdício e baixo impacto ambiental, em segmentos como o de tecidos, embalagens e decorações. A demanda por impressão digital com tinta à base d’água aumentou nos últimos anos devido ao desejo de diminuir o impacto ambiental da impressão. A Epson continuará a desenvolver tecnologia original a fim de contribuir para a expansão da impressão digital de baixo impacto ambiental.

Conheça as novas cabeças:

D3000-A1R

Nessa cabeça, a tinta circula no nível dos nozzles, para evitar possíveis problemas causados pela evaporação de umidade perto desses orifícios. A circulação também facilita a impressão estável e aumenta o grau de liberdade na engenharia dos dispositivos. Com resolução de 1.200dpi e alta frequência, essa cabeça permite que as impressoras produzam imagens de qualidade e velocidades de impressão comparáveis às das impressoras analógicas. Não há necessidade de ajustar a posição da cabeça em matrizes com várias cabeças. Isso reduz o tempo necessário para montar e substituir essas peças.

S3200-A3

Com frequência de 24kHz, oferece alta qualidade de impressão em altas velocidades, mesmo quando a distância entre a cabeça e a mídia é grande. Com um design em forma de S escalável e uma estrutura robusta, a S3200-A3 oferece suporte a uma ampla gama de necessidades e aplicações.

I3200 (8) -A1HD

Com até 1.200 nozzles por polegada, a I3200 (8) -A1HD tem uma resolução mais alta, para estampar imagens de alta definição. Com tamanho compacto, essa cabeça é adequada para impressão em alta velocidade em única passada.

Fonte: Epson



O que você deve saber sobre conteúdo para sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/11/2014

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

Especialista em sinalização digital, Frank Kenna dá dicas fundamentais para quem cria conteúdos a serem veiculados em displays de digital signage. Abaixo estão três questões básicas para ajudá-lo a avaliar a qualidade do conteúdo:

1. Qual é a relevância do conteúdo para os objetivos que você quer atingir?

Muitos administradores de sinalização digital usam conteúdos gratuitos ou de baixo custo disponíveis na internet. Isso pode parecer bom, mas será que realmente vai ajudar a atingir seus objetivos? Não. O que ele faz é ajudar a impulsionar o número de leitores (ver questão 3), mas isso é apenas um dos ingredientes de uma sinalização digital eficaz. Seus objetivos devem direcionar o conteúdo.

2. Você cria e veicula facilmente os conteúdos?

Depois de identificar os seus objetivos, você tem de saber quem vai desenvolver o conteúdo. Alguém precisa criar um material fresco e relevante regularmente. Os administradores precisam de um software que seja fácil de operar e que veicule conteúdos rapidamente.

3. Será que as pessoas estão lendo o conteúdo?

Se não lerem, investigue as razões para isso estar acontecendo. Você precisa escolher um dado importante e se concentrar nele. Se o seu público-alvo for composto por trabalhadores do chão de fábrica, mostre-lhes métricas de produção e outros materiais relevantes. E separe pelo menos 25% do seu conteúdo para coisas que não tenham a ver com o negócio, como notícias, esportes e previsão do tempo.

Responder às três questões acima poderá levá-lo a encontrar um bom caminho para um sistema de sinalização digital eficaz e que realmente funcione.

Fonte: Digital Signage Today



SPGPrints expande sua fábrica de tintas digitais têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/07/2017
Planta fabril da empresa foi duplicada

Planta fabril da empresa foi duplicada

A fabricante SPGPrints anunciou ter duplicado o tamanho de suas instalações de produção de tintas, que ficam localizadas em Boxmeer, na Holanda. É a segunda vez que isso acontece em dois anos.

Programada para começar a funcionar no último trimestre de 2017, a fábrica expandida também incluirá a construção de um centro de experiência, dedicado a impulsionar a inovação na impressão têxtil digital.

A instalação está próxima dos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento da SPGPrints e de sua sede corporativa, o que encurta e melhora toda cadeia de comunicação da empresa.

Jos Notermans, gerente comercial da SPGPrints, declarou: “O aumento no volume de nossa produção de tinta significa que continuaremos a poder servir o mercado de impressão têxtil digital em expansão, o qual ajudamos a construir nas últimas três décadas”.

A empresa, que fabrica tintas reativas, ácidas, dispersas e sublimáticas, dedica-se a tornar a tecnologia de impressão digital mais acessível à indústria têxtil.

Fonte: SPGPrints