Entrevista com Helvio Roberto Pompeo Madeira, diretor presidente da Febratex Group

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/08/2019
Helvio Roberto Pompeo Madeira, diretor presidente da Febratex Group

Helvio Roberto Pompeo Madeira, diretor presidente da Febratex Group

Entre os dias 10 e 13 de setembro, o Pavilhão Leste do Centro de Eventos do Ceará é passagem obrigatória para os profissionais de comunicação visual de toda região. Isso porque o espaço sediará a sexta edição da Signs Nordeste, feira bianual dos segmentos de impressão digital, serigráfica e gráfica. Organizada pelo Febratex Group e realizada em concomitância com a Maquintex (feira dedicada ao setor têxtil), a exposição contará com 80 estandes e 350 marcas.

Além das novidades tecnológicas apresentadas pelos expositores, os visitantes poderão aproveitar atrações educativas como a Signs Nordeste Talks by GF e Semana da Tecnologia Gráfica (que oferecerá uma séria de palestras com curadoria do Sindgrafica-CE e do Sebrae-CE). Dentro da feira também ocorrerão as etapas regionais de duas competições de adesivação e envelopamento, a Décor Wrapping Brazil (organizada pela Imprimax) e o Cambea (da Alltak).

Com a expectativa de superar o número de visitantes da edição anterior (de 12 mil profissionais), Helvio Roberto Pompeo Madeira, diretor presidente da Febratex Group, conversou com o InfoSign. Confiante, o executivo falou sobre o público, as atrações e os números da Signs Nordeste 2019, cuja área de exposição foi ampliada em 45% em relação a 2017. Confira:

Quantas edições da feira Signs Nordeste já foram realizadas e quais são os números de visitantes da edição mais recente?

Helvio Pompeo: A edição de 2019 será a sexta. Na última edição, em 2017, recebemos mais de 12 mil visitantes qualificados, que fizeram negócios e puderam acompanhar todas as novidades de comunicação visual e demais atrações do evento.

Qual é o público-alvo da feira?

São empresários, diretores, gerentes e supervisores do segmento, profissionais das áreas de criação e design, técnicos de impressão, estudantes e professores da área, além de representantes comerciais.

Vocês têm percebido mudanças no perfil e comportamento dos visitantes e expositores? Como isso afeta a organização da feira?

Estamos percebendo que, com o passar dos anos e com a evolução das tecnologias, os visitantes procuram ainda mais por inovação e informação, movimentando o setor e trazendo mais empresas para participar da Signs Nordeste. A feira tem se destacado como importante evento no calendário da comunicação visual, ideal para as expositoras que buscam lançar seus produtos e serviços.

Qual a relevância da feira para o mercado que ela atende?

Com a ampliação do leque de serviços ofertados e o avanço de tecnologias, o mercado de indústrias gráficas segue crescendo no país e, no Nordeste, este salto é ainda maior. O Nordeste possui mais de três mil empresas do setor gráfico, serigráfico e digital. É a região onde o segmento tem maior expansão. E a Signs Nordeste tem sido muito importante para esse mercado. Com este evento, buscamos reunir as marcas em torno de soluções inovadoras. Quem participa da feira tem a oportunidade de ampliar portfólio, ficar por dentro das novas soluções, estreitar relacionamento com fornecedores e, claro, contribuir para o crescimento da indústria nacional, que é nosso principal objetivo.

Como a Signs Nordeste se diferencia das outras feiras concorrentes?

O atendimento personalizado é um grande diferencial da Signs Nordeste, além da diversificação de expositores e das atrações paralelas, com uma programação de palestras e informações de grande relevância.

O que motivou o Febratex Group a criar uma feira específica para o Nordeste?

Na região, o Ceará é o Estado com a maior concentração de empresas do setor gráfico. Bahia e Pernambuco também concentram muitas empresas de impressão. Por isso, vimos a necessidade de alimentar esse mercado com informação, tecnologia, networking e tudo mais que uma feira como a Signs Nordeste tem para oferecer.

Quais os diferenciais da edição 2019 da Signs Nordeste e quais as novidades que vocês podem destacar?

Para iniciar a programação, o Signs Nordeste Talks by GF é um congresso realizado dentro da feira e vai apresentar palestras sobre negócios, futuro da impressão digital, neurobusiness e lucratividade com impressões em grandes formatos. Profissionais de destaque na área, como Igor Batista, Francisco Chubaci, Iara Luz e Luciana Andrade são alguns dos palestrantes já confirmados. Considerado o “Oscar” da comunicação visual brasileira, o Prêmio Bureau Criativo, da Revista Grandes Formatos, vai reconhecer os melhores e mais criativos trabalhos de impressão digital. O evento reúne empresários da comunicação visual de todas as partes do Brasil. A premiação ocorre em três categorias: projetos externos, projetos internos e personalização de veículos, e vai ser realizado no dia 11 de setembro. A Signs Nordeste 2019 também sediará o Cambea, que surgiu para incentivar o mercado de customização automotiva e impressão digital, além de promover o trabalho dos profissionais que transformam carros em verdadeiras obras de arte. A competição possibilita que aplicadores do Brasil troquem experiências. A grande atração desta etapa fica por conta do Justin Pate, que é referência mundial e que vem para agregar mais conhecimento à técnica dos instaladores. Também teremos o Décor Wrapping Brazil, que é considerado o maior campeonato de envelopamento decorativo da América Latina. E nos dias 12 e 13 de setembro, haverá a terceira edição da Semana da Tecnologia Gráfica, do Sindigrafica-CE em parceria com o Sebrae-CE. A programação conta com palestras para capacitar os participantes e provocar discussões importantes sobre a indústria gráfica.

Quais fornecedores estarão participando pela primeira vez na Signs Nordeste, em 2019?

Mega Mídia, Tecnopaint, 4'all, Transfix, Mubsys, Recycleware, Wuppertal, Maq Soluções, Conexão Brindes, Mat brindes, Cdmax e Cnc Sorocaba.

Quais são as expectativas de números (visitação, negócios etc) para a edição de 2019?

O crescimento da Signs Nordeste foi de aproximadamente 45% em área de exposição. Com a feira maior, a expectativa de visitação também aumenta. Esperamos superar os 12 mil visitantes da edição anterior.



Software PrintFactory recebe atualizações

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/07/2020
Upgrade tem novos recursos de nesting e acabamento

Upgrade tem novos recursos de nesting e acabamento

A desenvolvedora Aurelon anunciou novos upgrades para o PrintFactory, software de fluxo de trabalho de impressão de grande formato. Trata-se da atualização V6.3.3, que inclui novos recursos como uma ferramenta aprimorada de definição de marcas de corte. Há também predefinições compartilháveis de nesting, para que todos os operadores de uma equipe possam acessar as mesmas configurações com facilidade.

Erik Strik, CEO da PrintFactory, declarou: “O recurso de repetição e impressão têxtil agora está disponível em todo o conjunto de software, com acesso pelas ferramentas Editor, Layout e PrintStation. E por meio do PrintStation, é possível alterar o comprimento e a largura de uma produção têxtil, até o último momento”.

O PrintFactory V6.3.3 também inclui vídeos de ajuda que mostram como tirar o máximo do software. Além disso, ele vem com suporte estendido de drivers, um modo avançado de medições para calibração de cor e nesting para trabalho frente e verso.

Fonte: PrintFactory



Impressora solvente GPT 190 é fabricada a partir de equipamento Mimaki

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2013

A fornecedora britânica GPT (Graphic Printing Technologies) desenvolveu um equipamento de 1,9m de largura de impressão com base num modelo Mimaki. Trata-se da impressora solvente GPT 190, que trabalha com os seguintes modos de produção:

  • Banner: velocidade de 35m2/h, na resolução de 540 x 720dpi;
  • Velocidade padrão: 24m2/h, 540 x 1080dpi;
  • Alta qualidade: 15m2/h, 720 dpi x 1440dpi.

A impressora da GPT foi criada para oferecer maior velocidade de produção aos usuários, já que ela emprega duas cabeças de impressão. Stuart Cole, gerente geral da GPT, disse: "Muitos clientes solicitavam uma impressora com essas características".

Cole explicou também que o equipamento foi desenvolvido para birôs que gostariam de ter uma impressora solvente com largura de impressão acima de 1,6m.

A máquina tem como base uma impressora têxtil da Mimaki, portanto trabalha com o RIP RasterLink e tintas da fabricante japonesa. Ela também inclui aquecedores para acelerar a secagem da tinta solvente.

Os modelos 190 só podem ser comprados na GPT, que oferece dois anos de garantia. Como opcional, os compradores europeus da máquina podem obter um sistema de bulk ink, para maior economia de tinta.

GPT 190 é impressora moldada a partir de um modelo Mimaki

GPT 190 é impressora moldada a partir de modelo Mimaki

Fonte: PrintWeek. Texto: InfoSign