Como armazenar tintas UV LED de maneira adequada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/08/2021
Prolongue a vida útil dos insumos e evite danos às impressoras

Prolongue a vida útil dos insumos e evite danos às impressoras

A indústria de inkjet tornou-se altamente dependente das tintas UV. A versatilidade e o desempenho desses materiais aumentaram significativamente o número de aplicações e negócios nas indústrias de impressão.

A tinta UV é uma mistura altamente reativa de compostos químicos. Por isso, deve ser armazenada e manuseada de maneira adequada. Caso contrário, pode-se esperar uma vida útil mais curta e danos onerosas à impressora. Existem propriedades físicas críticas que devem permanecer estáveis. Para tanto, leve em consideração os seguintes itens:

Temperatura

As tintas inkjet UV devem ser armazenadas em ambiente com temperatura entre 5ºC a 40ºC. Em mais frios, os sólidos dissolvidos na tinta podem se tornar supersaturados. Estes sólidos podem ficar grandes demais para passar pelas cabeças de impressão. Infelizmente, esse precipitado tende a ser difícil de se dissolver.

Se a sua tinta for exposta a temperaturas inferiores a 5ºC, descarte-as. Em temperaturas acima de 40ºC, o material tende a degradar.

As partículas da tinta se movem rapidamente em um nível molecular. Este movimento tende a gerar reações de polimerização. Os inibidores são responsáveis por impedir tais reações. Porém, uma vez que os inibidores se esgotam, é impossível conter a polimerização. Neste ponto, as propriedades da tinta tendem desregular, principalmente a viscosidade, mas também a tensão superficial. Essa polimerização também pode causar géis que causam danos permanentes à impressora. Portanto, não é uma boa ideia usar tintas armazenadas em temperaturas acima de 40°C.

Iluminação

Você também deve armazenar suas tintas longe da luz. Embora a embalagem seja opaca, sempre há alguma penetração de luz. Assim, não armazene os produtos em um local com luz solar. Além disso, a iluminação da área deve ter filtros UV. Existem muitas opções, como filtros aplicados a lâmpadas fluorescentes e janelas.

Deixe os frascos de tinta na embalagem de papelão ondulado. É outra camada de proteção e não custa nada. Se você desempacotar as garrafas, é sempre melhor usar uma prateleira inferior, onde elas são protegidas da iluminação superior.

Uma das piores coisas que você pode fazer ao manusear tintas é usar uma lanterna para olhar dentro de uma garrafa. Essa luz pode transformar rapidamente uma tinta perfeita em uma mistura desestabilizada - um erro que vai custar caro.

Ventilação

Um bom local de armazenamento deve ser bem ventilado. Mesmo que as tintas sejam seladas em embalagens, algumas moléculas pequenas podem migrar através do frasco e provocar um odor desagradável no ambiente.

Portanto, prepare uma área bem ventilada, com temperatura controlada e luz filtrada. Se você seguir essas orientações, não reduzirá a vida útil da tinta, nem causará danos à impressora e aos seus componentes.

Este artigo é de autoria de Steve Mills, VP de vendas e marketing da Direct Color Systems.

Tags: tinta UV LED,


Epson inaugura showroom de soluções têxteis no Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/02/2020
É o primeiro Centro de Soluções da Epson na América Latina

É o primeiro Centro de Soluções da Epson na América Latina

A fabricante Epson inaugurou em Barueri (SP) um showroom totalmente dedicado às suas tecnologias de estamparia digital têxtil. O Centro de Soluções (Solutions Center), que pode ser visitado por qualquer profissional interessado nos produtos da marca, está atualmente equipado com impressoras industriais (Monna Lisa Evo Tre 16), sublimáticas (SureColor F9370) e DTG (SureColor F2100 e F3070).

Fábio Neves, presidente da Epson do Brasil, declarou: “O Brasil é um dos principais atores da indústria têxtil mundial. Produzimos desde a fibra até o produto final manufaturado. Foi com base neste mercado que a Epson desenvolveu as suas tecnologias de sublimação. Por isso, o país foi escolhido para sediar o primeiro Solutions Center da América Latina. Ele é um exemplo de como podemos fazer mais com menos, sem deixar de lado as questões ambientais. É tudo o que o empresário precisa, somado a um rápido retorno de investimento”.

Além de impressoras DTG e sublimáticas, o showroom acomoda máquinas de porte industrial

Outro objetivo do Centro de Soluções é apresentar a todos os segmentos do mercado têxtil as inovações dos maquinários da Epson e impulsionar a digitalização e a sustentabilidade nos processos de estamparia. Para tanto, ele mostra que, em apenas 200m², é possível estampar 20 mil e 200 mil m² de tecido por mês. Em comparação, uma estamparia analógica precisaria de um espaço dez vezes maior para produzir a mesma quantidade.

De acordo com a ONU, a indústria da moda é o segundo setor econômico que mais consome água e produz cerca de 20% das águas residuais do mundo. O Brasil, segundo a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), tem a maior cadeia têxtil do Ocidente e é um dos setores que mais emprega no país: são 1,5 milhão de empregados diretos e quase 8 milhões de indiretos.

No Centro de Soluções Epson, o visitante depara com diversas impressoras e aplicações têxteis

Fonte: Epson Brasil



Serilon vende lonas com propriedade antichamas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/02/2018
Mídias evitam a propagação de chamas

Mídias evitam a propagação de chamas

Para garantir a segurança das sinalizações, cenários e decorações em eventos realizados sobretudo em ambientes fechados, é preciso contar com materiais com propriedades específicas, como as que evitam propagação de fogo. Para esse público, a Serilon, distribuidora nacional de produtos para comunicação visual, vende lonas antichamas.

Indicadas para a composição de banners e painéis, as mídias oferecem planicidade, estabilidade e ancoragem de tinta. Além disso, contam com o certificado internacional NFPA701 e laudo nacional de acordo com as normas ABNT NBR 16121 (Método B) e ASTM D 6413 (Ensaio de Flamabilidade em Lona Antichamas).

Compatíveis com impressoras digitais solventes, ecossolventes, UV e látex, as lonas antichamas da Serilon são compostas por tecido de 500 × 500/9 × 9 e fundo cinza escuro. Disponíveis na gramatura de 380g/m2 e em rolos de 3,2m × 70m, as mídias apresentam acabamento fosco e durabilidade de um ano.

No vídeo abaixo, técnicos da Serilon mostram na prática as propriedades antichamas das lonas. Confira:

Fonte: Serilon