Como resolver problemas na sublimação – Parte 2: Impressão

Por João Leodonio em 17/11/2017
Saiba o que fazer para evitar e corrigir falhas encontradas na impressão offset e por sublimação digital

Saiba o que fazer para evitar e corrigir falhas encontradas na impressão offset e por sublimação digital

Além de conhecer e sanar eventuais problemas na pré-impressão e na prensagem, saiba como evitar falhas na impressão digital ou offset na produção de estampas sublimadas.

Problema: impressora digital inadequada

Muitas empresas compram impressoras adaptadas. Fazem isso para tentar reduzir seus investimentos ao adquirir um equipamento mais barato. Porém, os prejuízos gerados acabam superando a economia feita no investimento. Existem muitos fornecedores de impressoras originalmente sublimáticas e que também comercializam insumos para esses equipamentos.

Recomendação: prefira marcas conhecidas e pesquise muito antes da compra. Analise várias empresas e orçamentos. Deve-se consultar quem já utiliza equipamentos similares, além de coletar muitas opiniões antes de adquirir uma impressora sublimática. Na hora de investir, deve ser analisada a melhor relação custo x benefício. Se a empresa não tiver competência para essa análise, a recomendação é que ela contrate uma consultoria, ou de revendas ou de consultores independentes.

xx

Problemas: qualidade de impressão ruim e entupimento de cabeças, ambos causados por tinta digital ruim

Geralmente, os fabricantes de impressoras fornecem a tinta mais adequada para garantir o desempenho de qualidade e custo de produção e manutenção. No entanto, existem marcas de tintas compatíveis, algumas das quais prometem resultados de impressão ótimos a um custo inferior de produção. Porém, são comuns reclamações sobre os problemas causados por esses insumos, em função dos prejuízos gerados pela má qualidade de impressão e entupimento das cabeças de impressão.

Recomendação: utilizar tintas indicadas pelo fabricante da impressora. Muitas empresas oferecem a extensão do tempo da garantia do equipamento quando o cliente usa tintas originais. Caso opte por tintas compatíveis, recomenda-se realizar testes de produção e desempenho, para comprovar a qualidade dos insumos.

xx

Problemas: papel enruga e transferência inadequada

Na impressão digital, o ideal é utilizar papel revestido (resinado) e com gramatura adequada para cada tipo de produção. O papel resinado permite que a tinta ancore em sua superfície, o que gera economia no gasto do insumo, além de entregar melhores resultados de cor e definição da imagem na prensagem. Com o papel não revestido (offset comum e sulfite, por exemplo), isso não ocorre, porque a tinta ancora na massa mecânica do substrato. Para solucionar esse problema, muitas empresas utilizam um perfil de cor “mais generoso”, que emprega mais tinta, o que leva a desperdício do insumo e compromete as áreas de mínimas da imagem.

Recomendação: usar papel revestido e realizar testes de gramatura antes da compra. A gramatura ideal vai depender da carga de tinta e do tipo de prensagem (na calandra ou na prensa plana). Papéis com gramaturas muito baixas enrugam com cargas de tinta alta e podem gerar problemas de tração na calandra ou enrolar quando trabalhados em prensas planas. Papéis de gramatura muito altas e impressões com baixa quantidade de tinta poderão gerar manchas por conta da dureza do papel e por má acomodação na prensa.

xx

Problemas na produção sublimática causados na impressão offset

As falhas de impressão offset são, geralmente, causados pela falta de manutenção dos equipamentos e pelo desconhecimento dos operadores do processo. Entre os problemas mais comuns, estão as marcas de rolaria que formam uma espécie de degradê na imagem. Isso tem origem na falta de manutenção da rolaria das impressoras. Rolo gasto ou mal regulado ajuda a causar falhas. Outro caso bem comum é a falta de registro, causada por falta de habilidade do operador. No caso da manutenção, os pinos onde as chapas são encaixadas devem estar perfeitos, pois qualquer desgaste ajuda no erro de registro. Tome muito cuidado com os respingos (voagem da tinta no papel). Na maioria das vezes, essas falhas são sentidas, apenas, no momento da prensagem. Basicamente, os respingos acontecem quando a impressora roda em velocidade muito alta.

Recomendação: realizar manutenções periódicas dos equipamentos, utilizar tinta de qualidade reconhecida e utilizar o mesmo código de cor para a cromia inteira.

 

Sobre o autor: João Leodonio atua no segmento gráfico há 10 anos, como gerente de produção e consultor. Tecnólogo em produção gráfica, atuou como palestrante pela Imprensa Oficial, de Angola, e como consultor de processos produtivos. É proprietário da Pari Transfer Sublimático

 



Nova linha exclusiva de vinis adesivos texturizados

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/09/2019
Gold Rustic é uma das séries de películas lançadas em 2019 pela Imprimax

Gold Rustic é uma das séries de películas lançadas em 2019 pela Imprimax

A fabricante Imprimax anunciou o lançamento de mais uma linha exclusiva de películas texturizadas. É a Gold Rustic, composta por 10 opções de texturas, para comunicação visual, envelopamento automotivo, personalização de interior de embarcações e aeronaves, decoração de ambientes, revestimento de chapas, stickers de parede, entre outras aplicações.

Vendida em bobinas de 1,22m x 25m, a mídia é composta por frontal de PVC polimérico calandrado de 120 ou 180micra, cola acrílica aquosa permanente e liner de papel couché de 120g/m² siliconado. O vinil pode receber impressão digital (ecossolevente, solvente, UV e látex), serigráfica (UV e solvente), flexográfica UV e offset UV

Para aplicar a mídia, é necessário limpar previamente com álcool isopropilico a superfície lisa e plana, para evitar a contaminação de impurezas, oleosidade e produtos químicos.

A fabricante recomenda que a instalação da película seja feita imediatamente após a remoção do liner. Depois da aplicação, deve-se evitar o uso de produtos agressivos e atritos constantes.

Após aplicado, o vinil dura até 7 anos (cores sólidas em ambientes internos externos).

azul allure
bege taupe
berilo
branco
cinza glacial
cobre vecchio
escaravelho
grafite
prata infinito
preto

Fonte: Imprimax



Fortaleza receberá, em setembro, a edição 2023 da feira Maquintex + Signs Norte Nordeste

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/07/2023
Evento oferecerá seminários, palestras e movimentações milionárias de negócios

Evento oferecerá seminários, palestras e movimentações milionárias de negócios

A Maquintex e a Signs Norte Nordeste, feiras de inovação e conhecimento para as indústrias têxtil e comunicação visual, será realizada em Fortaleza entre os dias 12 e 14 de setembro, das 15h às 21h, no Centro de Eventos do Ceará – Pavilhão Oeste.

O evento, cujo impacto econômico na região será de R$360 milhões, 20% a mais que a última edição (de 2021), terá uma série de atrativos para os profissionais da indústria gráfica e de comunicação visual.

Hélvio Pompeo Madeira, diretor-presidente do Febratex Group, declarou: “Já garantimos mais de 300 marcas, com a presença de milhares de visitantes. A exposição é uma forma de difusão do trabalho promovido pelas empresas da indústria gráfica e comunicação visual. É o momento ideal para apresentar ao mercado das regiões Norte e Nordeste as inovações e soluções tecnológicas do setor”.

Os espaços já comercializados vão ocupar os salões Mundaú e Taíba, totalizando10.500m². Cada feira possui expositores próprios, totalizando mais de 80 estandes.

Programação Especial

A Maquintex + Signs Norte Nordeste oferecerá mais de 20 horas de eventos paralelos. Entre eles estão:

  • Conferência Maquintex + Signs;
  • Seminário de Tecnologia Gráfica;
  • Espaço Startup Corner on the Road;
  • Competições promovidas pelo Imprimax: Decor Fast e Auto Fast;
  • Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo (CAMBEA) - Etapa Nordeste.

Para conferir a programação detalhada, o Guia Digital do Evento já está disponível no aplicativo Febratex Group, que pode ser acessado gratuitamente nos sistemas Android e IOS.

“No aplicativo, o usuário cria o perfil e obtém acesso a informações detalhadas da feira, tendo à sua disposição um mapa com a programação completa. Nela, é possível interagir com expositores, criar agenda para não perder as palestras, além de poder trocar mensagens com os outros participantes”, explicou Hélvio.

Inscrições

Para se inscrever, basta acessar o site https://maquintex.com.br/visitante/ e clicar na aba “Inscrições para 2023”. Em seguida, um formulário deve ser preenchido para depois ser gerado um comprovante.

No dia da feira, o inscrito (a) deve apresentar o documento para retirar a sua credencial.

O expositor que quiser se inscrever deve preencher o formulário nesse link: https://conteudo.fcem.com.br/seja-expositor-maquintex-signs-2023.

O interessado também pode obter informações pelo telefone (51) 99262-9048.



Clicky