VP Máquinas lança dobradeira de acrílico adaptada a deficientes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/05/2014

Dobradeira foi apresentada na feira Serigrafia Sign 2014

Dobradeira foi apresentada na feira Serigrafia Sign 2014

A VP Máquinas anunciou o lançamento da DVP 1000 Especial, dobradeira de acrílico adaptada para pessoas com deficiências ou que possuem impedimentos para ficar em pé. Cadeirantes, idosos e obesos podem se beneficiar da novidade.

Com 1m de comprimento, a máquina apresenta ajustes de altura, fio para efetuar dobras mais perto do operador e abertura central que permite ao operador trabalhar sentado.

Ana Paula Paschoalino, diretora comercial da VP Máquinas, comentou: "A dobradeira atende quem deseja começar seu próprio negócio e estimula o empresariado a contratar profissionais ávidos a produzir mas que, infelizmente, se mantêm à margem do mercado de trabalho".

A máquina dobra materiais termoplásticos como PSAI, poliestireno, acrílico, alveolar, PVC expandido, PETG e policarbonato, com espessuras de 0,5mm a 20mm. A partir da dobradeira podem ser criados produtos como displays, placas, porta-treco, luminárias, móveis, estantes, cadeiras, porta-guardanapo e brindes.

Segundo a empresa, a estrutura da máquina é de madeira cortada em serra eletrônica e não emprega cola. Os pedaços, 20 ao todo, são encaixados e parafusados. Depois é instalada a central de controle e o fio de metal.

Fonte: VP Máquinas



Dicas para a produção de adesivos de piso para distanciamento social

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/06/2020
Gráficos instalados no chão ajudam a manter a distância adequada entre as pessoas

Gráficos instalados no chão ajudam a manter a distância adequada entre as pessoas

Por causa da pandemia de covid-19, houve uma explosão no uso de adesivos de piso que transmitem mensagens de distanciamento social para funcionários, visitantes e clientes de estabelecimentos comerciais e de saúde.

Os gráficos de piso podem ser usados por uma ampla gama de empresas e organizações, como lojas, varejistas, escritórios, farmácias, hospitais, escolas, faculdades, restaurantes e restaurantes. Eles são frequentemente colocados em áreas de recepção, corredores, salas de aula, escritórios de plano aberto, cozinhas e áreas de refeições.

Há uma grande variedade de vinis que podem ser usados na produção de adesivos de piso. Mas nem todos atendem aos requisitos necessários para as instalações de chão. Portanto, ao escolher o material, certifique-se de que ele seja adequado para o ponto de instalação, que pode ser em ambiente interno ou externo e sobre superfícies lisas ou ásperas. Há, inclusive, alguns produtos que podem ser usados em tapetes.

Certifique-se também de que a mídia tenha propriedades antiderrapantes para evitar escorregões, tropeções e ferimentos. Sempre que possível, aplique laminação sobre o vinil, para que ele fique mais resistente e protegido.

Escolha pontos de instalação com o melhor impacto visual, para aumentar as chances de as pessoas lerem a mensagem contidas nos adesivos.

Antes da instalação, verifique se as superfícies são apropriadas para o tipo de vinil usado. Siga sempre as instruções de instalação recomendadas pelos fabricantes. Em geral, as superfícies devem estar limpas, secas e lisas.

Fonte: GDW



Neschen lança película para adesivação de pisos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/09/2019
Vinil é capaz de aderir a muitas superfícies difíceis

Vinil é capaz de aderir a muitas superfícies difíceis

A fabricante Neschen anunciou no mercado internacional a “UV print’n’walk”, nova película adesiva usada exclusivamente para adesivar pisos de concreto, madeira, carpete, entre outros pavimentos e superfícies.

Compatível com impressão UV e látex, a película é indicada para comunicação visual e publicidade atraente no ponto de venda, feiras comerciais e showrooms.

Com superfície antiderrapante que não exige laminação, a mídia é composta por adesivo de alto tack e frontal de branco de PVC monomérico com espessura de 200μm.

Vendido em rolos de 30m x 160cm, o vinil dura até 3 meses depois de aplicado e vem certificado de acordo com as normas EN-13501-1 (retardamento de fogo) e R9 - IFA DIN 51130 (resistência).

Fonte: Neschen