Decoração de cafeterias reformulada com impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/01/2022
Ricoh Pro L5160 transforma coffee shop com gráficos retroiluminados

Ricoh Pro L5160 transforma coffee shop com gráficos retroiluminados

Um cliente da fabricante Ricoh nos Emirados Árabes Unidos instalou uma nova unidade da impressora Ricoh Pro L5160, em dezembro de 2021, para produzir milhares de gráficos backlits para uso em uma rede de cafeterias em todo o país.

O cliente, uma conhecida rede de cafeterias, licitou o fornecimento de painéis publicitários retroiluminados para serem instalados em suas lojas. As peças seriam usadas para exibir opções de menu e promover bebidas sazonais e ofertas especiais.

O cliente da Ricoh, um dos maiores borôs dos Emirados Árabes Unidos, aceitou o desafio, trabalhando com a Giffin Graphics, para identificar a melhor impressora para o projeto.

A Ricoh Pro L5160 foi identificada como a solução, com sua capacidade de produzir gráficos de alta qualidade com correspondência de cores.

A impressora utiliza tintas látex certificadas GREENGUARD, inodoras e de secagem rápida, o que significa que atende a critérios rigorosos definidos pelo cliente para garantir que os painéis sustentáveis. O cliente também solicitou que os gráficos fossem impressos com tintas sem solventes. As amostras de impressão enviadas ao cliente foram rapidamente aprovadas.

A Giffin Graphics foi a responsável por instalar a impressora no birô. Capaz de operar por 24 horas por dia, a Ricoh Pro L5160 atendeu ao pedido de reproduzir mais de 2.000 painéis gráficos retroiluminados em menos de duas semanas.

O sucesso do projeto foi tanto que a cadeia de cafés fez vários pedidos repetidos, aprimorando os gráficos para promover novas bebidas e ofertas.

Fonte: Ricoh



Cobertura Fespa Brasil 2013 – Parte 2: routers, máquinas a laser e mesas de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/03/2013

Além das impressoras digitais, outros equipamentos abrilhantaram a Fespa Brasil 2013. Entre eles, os dispositivos para corte, gravação e acabamento, como routers, máquinas a laser e mesas de corte. Veja a seguir um panorama do que os expositores dessas soluções apresentaram na feira.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: impressoras (grande formato)
3ª: sublimação, tintas, substratos e softwares
4ª: visitação, congresso e campeonato de envelopamento
 
Máquinas a laser: presença em massa na Fespa Brasil 2013

Máquinas a laser: presença em massa na Fespa Brasil 2013

Máquinas a laser

As máquinas a laser compareceram em peso na Fespa Brasil 2013. Entre os expositores que lançaram equipamentos para corte e gravação, estava a Solugrav, distribuidora tanto da Rayjet quanto da Trotec. A novidade exibida pela empresa foi a Trotec Speedy 400, que emprega CO2 e garante potências de 40, 60, 80 e 100W. O aparelho tem área de 1000 x 610mm.

A Sitari também foi uma das expositoras do evento. Além das máquinas R60 e PL40K, a empresa vende a T40, equipamento CO2, com potência de 40W. A máquina tem área de trabalho de 400 x 240m e refrigeração do tubo feita com água.

Trotec Speedy 400: uma das novidades da feira

Trotec Speedy 400: uma das novidades da feira

Outro estande que exibiu máquinas a laser foi o da Potencial Laser, importadora de equipamentos Ruijie. A empresa, além de routers, comercializa uma série bem ampla de gravadoras a laser. Entre os modelos destacados, está o RJ1510, que possui área de corte de 59 x 39cm, e pode trabalhar em potências de 60, 80, 100 e 130W.

A Glory Laser foi outra empresa que não deixou de expor os seus trunfos na Fespa Brasil 2013. A fabricante possui um portfólio que abrange todos os tipos de equipamentos para corte e gravação, como routers e máquinas a laser galvanométricas e do tipo plotter.

Máquina Ruijie exposta na Potencial Laser

Máquina Ruijie exposta na Potencial Laser

Outra empresa que também vende uma ampla variedade de equipamentos é a Mettalforma. Presente na feira, a empresa trabalha com máquinas galvanométricas (como a YAG-50DP), gravadoras de porte industrial (como a Profile Plus) e máquinas do tipo plotter (como a Serie CMA, cuja potência vai de 30 a 150W).

Routers

A Engraver, além de expor máquinas a laser, levou uma série bem variada de routers. Um dos modelos destacados pela empresa foi o Engraver 1212, que possui motores de passo e fusos de esfera. Tem área de 1,2 x 1,2m e pode trabalhar na velocidade máxima de corte de 70mm/seg. Já a Engraver 1325, outro modelo destacado pela empresa, tem área de trabalho de 1,3 x 2,5m e possui guias prismáticas e rolamentos lineares para o deslocamento das fresas. A 1325 faz trabalhos a 200mm/seg.

Engraver 1212 pode trabalhar na velocidade de 70mm/seg

Engraver 1212 pode trabalhar na velocidade de 70mm/seg

Outra empresa tradicional no mercado de routers, a Vitor Ciola exibiu a sua consolidada série Scriba. Entre os modelos dessa linha, a fabricante brasileira apresentou a 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm, passagem de eixo de 120mm e eletromandril ELTE de 1,0 kW a 3,3 kW. A máquina, além de possuir estrutura de aço e guias lineares prismáticas em aço temperado, vem com dupla motorização do eixo ‘x’ e controlador digital de movimentos.

Scriba 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm

Scriba 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm

Mesas de corte

As tradicionais mesas de corte Zund estiveram presentes na Fespa Brasil 2013. O estande que as apresentou foi o da BG Soluções, revendedora da marca no país. A empresa comercializa duas linhas voltadas para o mercado de sign e comunicação visual: a Zund G3 e a Zund PN. A diferença básica entre ambas é que a primeira é composta por máquinas de maior porte, ao passo que a segunda agrega modelos menores. No entanto, todas as mesas de corte da fabricante suíça trabalha com diversos substratos flexíveis e rígidos, como PS, PVC, PET, PP, policarbonato, acrílico, MDF, alumínio, entre outros.

Máquina Zund no estande da BG Soluções

Máquina Zund no estande da BG Soluções

O visitante da Fespa Brasil 2013 também pôde conferir as mesas de corte da Esko Kongsberg, expostas no estande da Alphaprint, representante brasileira da fabricante europeia. Dona de um portfólio extenso de modelos, a marca possui três linhas de equipamentos: XE, XL e XP — cada qual com características técnicas distintas. A série XL, por exemplo, tem máquinas com áreas que vão de 1680 x 1270mm até 2210 x 4800mm. Já a família XE possui dispositivos que trabalham na velocidade de 64 m/mim, enquanto a linha XP pode chegar a 100m/min.

Mesa de corte Esko, representada pela Alphaprint

Mesa de corte Esko, representada pela Alphaprint

Ainda na seara das mesas de corte, a Danfex levou uma novidade: a Samurai V-Cut. Com área de 1.6 x 2,5m, a máquina dispõe de sistema de corte oscilante, software dedicado (Kasemake Full) e painel de controle incorporado ao equipamento. Entre as ferramentas inclusas, a Samurai V-Cut tem faca fixa, faca oscilante, rodízio para vinco, caneta e ferramenta para corte em 45º.

Samurai V-Cut, vendida pela Danfex

Samurai V-Cut, vendida pela Danfex



Mutoh lança 4ª geração de tintas solvente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/04/2013

Mutoh passa a vender nova geração de tintas digitais

Mutoh passa a vender nova geração de tintas digitais

A Mutoh, fabricante de soluções para impressão digital, lançou no mercado europeu a quarta geração das tintas Universal Mild Solvent (UMS). Desenvolvida para impressoras rolo a rolo da Mutoh, a linha UMS será vendida em frascos de 1 litro e cartuchos de 440ml.

Segundo a fabricante, as tintas oferecem resistência UV e durabilidade de até três anos (sem laminação). Além disso, elas são praticamente sem odor e não exigem ventilação especial.

A empresa garante também que esses novos insumos oferecem uma gama de cores equivalente a 83% da cartela Pantone C.

Arthur Vanhoutte, gerente geral da Mutoh Bélgica declarou: "Essas novas tintas possuem uma combinação única de pigmentos de longa vida útil, uma nova mistura de resinas e uma nova mescla de solventes mais suaves e menos agressivos".

Fonte: Mutoh