Metalnox completa 35 anos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/06/2017
Atualmente, a empresa contempla um grupo formado por cinco marcas

Atualmente, a empresa contempla um grupo formado por cinco marcas

A Metalnox, fabricante de impressoras, fez 35 anos em junho de 2017. Fundada em 1982, em Jaraguá do Sul (SC), a empresa era chamada de Arte Calhas e produzia calhas para chuva. Quatro anos depois, passou a fabricar máquinas têxteis em inox. Por isso, alterou seu nome para Metalnox (Metal + Inox).

Acompanhando a expansão do mercado têxtil nacional, a Metalnox cresceu e, em 1990, deu um passo adiante e começou a exportar máquinas para a Argentina, Paraguai e Uruguai. Em 1994, a companhia expandiu seu parque fabril, o que permitiu a fabricação de prensas térmicas. Anos depois, em 2001, a Metalnox, mais uma vez, ampliou sua planta. Atualmente, a empresa conta com uma ampla rede de distribuidores e está presente em mais de 35 países, para distribuir produtos de cinco diferentes marcas:

- Metalnox Máquinas: maior fabricante de prensas térmicas das Américas;
- Metalnox Digital: tecnologia brasileira de impressão digital têxtil;
- Foto Produto: maior distribuidor de foto produtos do Brasil;
- Ferragens: distribuição de ferragens para móveis;
- JJI: distribuição de vidros do norte e nordeste do Brasil.

Fonte: Metalnox



MTEX Turbo Sub é a nova impressora para estamparia têxtil da POD Iberia

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/06/2013

MTEX Turbo: impressora digital para estamparia têxtil

MTEX Turbo Sub: impressora digital para estamparia têxtil

Na Fespa 2013 (em Londres), a POD Ibéria vai lançar a MTEX Turbo Sub, desenvolvida especialmente para a impressão em tecido. De acordo com seus representantes, o equipamento oferece qualidade de saída, sendo "completamente revolucionário" para o setor. Em função das novas cabeças de impressão, a MTEX Turbo Sub foi desenvolvida para altas demandas.

Características técnicas:

  • Seis cabeças de impressão Ricoh G5;
  • Velocidade máxima de 110m2/h;
  • Largura de impressão de 1830 mm;
  • Resolução maxima de 1200 dpi;
  • Sistema bulk ink de 2 litros;
  • Sistema sincronizado de alimentação de mídia;

Fonte: Large Format Review



Impressão digital reproduziu a maior fotografia do mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/11/2012

Parte da maior fotografia do mundo é exibida em mercado de Londres

Conhecida como "Jump4London", a obra — que possui um quilômetro de comprimento — está sendo exibida atualmente no Spitalfields Market, de Londres (Inglaterra). Apresentada no início de 2012, a maior fotografia do mundo entrou para o Livro dos Recordes (Guinness World Record) em julho desse mesmo ano.

A mega impressão digital foi composta por 109 mil imagens, as quais mostravam centenas de pessoas saltando. Para a reprodução desse colosso, foram impressos vários banners de 100 x 10m, com a ajuda de um equipamento Agfa :Anapurna M2050, no birô inglês Creative Place. Depois de prontos, os banners foram soldados, para que a criação da maior foto do mundo fosse possível.

Impressora UV da Agfa imprimiu as diversas partes da maior foto do mundo

"Jump4London" foi idealizada pela artista Clare Newton e contou com a participação de atletas paraolímpicos, crianças com necessidades especiais e celebridades. Para a criadora do projeto, este foi um modo de mostrar que arte e educação podem trabalhar em conjunto.

Um dos apoiadores dessa iniciativa é a Agfa Graphics, cujo gerente de marketing, Tim Light, comemora: "O que ela [Clare] conseguiu é realmente notável, e estou muito satisfeito com a exibição da fotografia em um espaço tão importante de Londres".

Veja o que a artista comentou (em inglês) sobre o projeto:

Fonte: Creative Place e Jump4london. Texto: InfoSign