Xaar comemora 20 anos do lançamento da cabeça Xaar 128

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2019
Dispositivo foi um divisor de águas para a indústria inkjet

Dispositivo foi um divisor de águas para a indústria inkjet

A fabricante Xaar comemora o vigésimo aniversário de sua cabeça de impressão Xaar 128. Desenvolvido inicialmente para máquinas de fax desktop, o dispositivo acabou sendo empregado em outros equipamentos e setores, como codificação, marcação e grandes formatos.

Lançada em 1999, a Xaar 128 foi parte fundamental das primeiras gerações de impressoras inkjet de grande formato. O tamanho compacto, o peso de 16 gramas e a interface eletrônica simples permitiram a integração rápida e fácil da cabeça em diversas impressoras digitais.

Capaz de imprimir sinalização interna ou externa, códigos de barras, codificadores de caixas e impressão de pôsteres, a Xaar 128 é compatível com muitos tipos de fluidos de diferentes tipos de viscosidade, reatividade e condutividade.

Com mais de 1,5 milhão de cabeças Xaar 128 vendidas, a Xaar comemorou o aniversário de lançamento do dispositivo em sua fábrica, em Huntingdon, Reino Unido.

Graham Tweedale, diretor de operações da Xaar, declarou: “A longevidade e a relevância da Xaar 128 demonstram a qualidade dessa tecnologia, que implantamos há 20 anos”.

Fonte: Xaar



Versão 12 do software Onyx é lançada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/08/2015
Onyx 12 apresenta novas ferramentas e interface simplificada

Onyx 12 apresenta novas ferramentas e interface simplificada

A Onyx, desenvolvedora de aplicativos, anunciou a versão 12 do software homônimo. Baseado no RIP Onyx 11 e no fluxo de trabalho Onyx Thrive, o Onyx 12 oferece maior velocidade de produção, interface simplificada e ferramentas avançadas de acabamento.

A versão 12 do software poderá ser adquirida a partir de 31 de agosto de 2015. Para obter uma licença ou atualizá-la por meio do programa de manutenção de softwares da Onyx, os clientes devem entrar em contato com revendedoras autorizadas.

De acordo com a desenvolvedora, o Onyx 12 otimiza o uso de memória e hardware ao rodar na versão mais recente do Windows. Além disso, utiliza plataforma de 64 bits (no RIP e nos módulos) para melhorar o processamento, oferecendo maior velocidade e capacidade de resposta.

Produção simplificada

A interface redesenhada do Onyx 12 exibe listas interativas que permitem aos operadores encontrar trabalhos, visualizar informações de impressoras e fazer edições rápidas. Informações sobre os trabalhos podem ser personalizadas para atender as necessidades de cada operação.

Por meio de prévias de trabalho, os usuários podem ver exatamente onde marcas, sangrias, cores especiais e espelhamentos serão colocados. Esse recurso intuitivo economiza tempo e reduz o desperdício, eliminando reimpressões.

O Onyx 12 também permite que modelos de produção simplifiquem tarefas rotineiras. Com o “Quick Sets”, os operadores podem mudar as configurações de um trabalho existente sem a necessidade de reabri-lo.

Ferramentas avançadas

Com o Onyx 12, é possível adicionar bordas para impressão em lonas, guarnições para banners ou extensões para pop-ups sem a necessidade de redesenhar a arte original. Os usuários podem combinar sangrias com a função “Automatic Cut Path Generation” para eliminar espaço em branco em trabalhos de impressão e corte.

A função de controle para posicionamento de imagens permite realizar o acabamento total de rolos em equipamentos de corte da Fotoba e da Zünd. Trata-se de um recurso que elimina o posicionamento manual e reduz desperdício de tempo e material.

Saiba mais sobre o Onyx 12:

Fonte: Onyx



Insumos para a limpeza de cabeças de impressão e para acabamento superficial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/12/2012

Toda impressora digital precisa de manutenção a fim de evitar problemas e manter um bom estado de funcionamento. Para tanto, existem procedimentos e insumos específicos. No caso das cabeças de impressão, é preciso utilizar fluidos de limpeza capazes de eliminar refugos de tinta que ficam dentro das câmeras e dos nozzles. E há muitos deles no mercado. Portanto, fique atento: é preciso escolher o material correto. A Gênesis Tintas publicou recentemente um artigo técnico detalhando alguns desses insumos fundamentais na vida de qualquer operador de impressora digital. Veja abaixo alguns dos tópicos abordados no texto:

Limpador (cleaner) para cabeças piezolétricas (solvente)

Trata-se de um glicol (solvente) que, dentro das indústrias de tintas, passam pelo processo de filtragem, responsável por conferir características especiais ao insumo, garantindo que ele passe — e limpe — pelas câmeras e nozzles das cabeças de impressão. Normalmente, impressoras digitais com cabeças piezoelétricas precisam desse limpador para manutenções diárias.

Limpador (cleaner) para cabeças Epson Micro PiezoTM (ecossolvente)

As impressoras que empregam cabeças da marca Micro Piezo, da Epson, usam solvente (glicóis) que também passam pela filtragem. O seu uso é bem menos frequente. Isso porque é a própria tinta que elimina os resquícios deixados nos nozzles e canais das cabeças já citadas, restando ao solvente apenas a limpeza mais "pesada".

insumo para impressão digital

A devida manutenção nas cabeças de impressão garante melhor funcionamento do equipamento

Solvente desentupidor (flush) de cabeças (solvente)

Mais forte do que os limpadores citados nos tópicos anteriores, o desentupidor, basicamente, derrete os resquícios das tintas que se alojam nas cabeças. Por ser mais agressivo, seu uso frequente pode danificar as peças. Depois de aplicá-lo, recomenda-se fazer a limpeza com o solvente (cleaner) e, posteriormente, o operador deve realizar testes de impressão.

Limpadores (cleaner) para cabeças de tinta sublimática

Formado por glicóis, água, aditivos e tensoativos, esse tipo de limpador passa, antes de ser vendido, pela destilação (que elimina as impurezas), desionização (elimina os minerais) e filtragem (retira fungos e bactérias do local).

Desentupidor (flush) de cabeças de tinta sublimática

O material que promove uma limpeza mais potente e garante o desentupimento completo das cabeças. Apesar de não ser corrosivo, ele trabalha com elementos tensoativos e água, que garantem a desobstrução dos canais.

Insumo de conversão de tintas solventes e sublimáticas

Usado em impressoras que suportam os dois tipos de tintas, o insumo é responsável por realizar a limpeza dos canais e fazer a conversão da tinta solvente para a sublimática e vice-versa.

Acabamento

Eles também estão nas salas de impressão de qualquer birô que se preze. São os insumos para acabamento superficial, como a laca (verniz para conferir diferenciais estéticos aos impressos) e o solvente para acelerar a secagem da tinta à base de solvente (novidade exclusiva da Gênesis Tintas).

insumo para secagem rápida

Quer secagem mais rápida? Use insumos que aceleram o processo

Laca para acabamento

Esse tipo de verniz pode ser usado no substrato impresso com a intenção de obter resultados estéticos. É possível deixar o material brilhante ou fosco, por exemplo. Além disso, a laca tem a função de proteger a superfície dos materiais sobre os quais ela foi aplicada.

Solvente para secagem instantânea

O produto aplicado às tintas solventes é vendido exclusivamente pela Gênesis Tintas e auxilia na rápida secagem do impresso. Mais aderência e resistência também são dados ao material.

Fonte: Gênesis. Texto: InfoSign