Tinta da Kiian recebe certificado Eco Passport

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/06/2017
Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

A fabricante Kiian anunciou que uma de suas tintas sublimáticas mais populares, a Digistar Hi-Pro, recebeu o selo Eco Passport, o qual certifica que o insumo pode ser utilizado na produção sustentável de tecidos.

O Eco Passport é obtido depois do produto passar por duas etapas de análise. Na primeira, a composição da tinta é escrutinada. Não pode haver nenhum material prejudicial ao meio ambiente. Na segunda etapa, um laboratório do instituto Oeko-Tex realiza testes de verificação para contaminantes e impurezas.

Alessandra Borghi, diretora da Kiian Digital, declarou: “Trata-se de um diferencial para quem escolhe a Kiian Digital. As certificações também aumentam as chances das empresas se tornarem parceiras de marcas que exigem credenciais de conformidade dos produtos utilizados em seus processos, para diminuir riscos ambientais”.

Fonte: Kiian



Roland Brasil vai lançar impressora PRO 4 XR-640 na Fespa 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/02/2013

impressora Roland

XR-640 é lançamento da Roland na Fespa Brasil 2013

Com a aproximação da Fespa Brasil 2013, os expositores começam a divulgar mais informações sobre produtos e lançamentos que apresentarão no evento. É o caso da Roland, que vai lançar a impressora PRO 4 XR-640.

Nessa página, veja um pouco mais das potencialidades e características do equipamento, que foi lançado no mercado internacional no fim de 2012 — e vá conhecê-lo no evento.

O estande da Roland é o B24, que fica entre a Rua 4 e Avenida B. Veja o mapa.

A Fespa Brasil ocorre de 13 a 16 de março, das 13h às 20h (sábado, das 10h às 17h), no Expo Center Norte (Pavilhão Azul), em São Paulo (SP).

Fonte: Roland



Adesivação: o que acontece quando o clima está muito frio ou quente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/12/2012

Quando o tempo esfria, os envelopadores devem tomar alguns cuidados para que a adesivação saia como esperado. É sempre muito importante que o veículo esteja limpo. Antes de chegar ao local de adesivação, ele deve ser lavado (apenas com detergente) e desengraxado. Depois, recomenda-se esperar para que o carro seque e esquente. Além disso, procure fazer a instalação em locais fechados onde as temperaturas são mais elevadas.

Veja o que pode acontecer se o vinil for aplicado em locais com temperatura (muito) baixa:

  • A película pode não alongar, já que, logo após aquecê-la, ela vai esfriar;
  • O tack inicial do adesivo pode ser insuficiente para garantir a adesão da película;
  • A umidade pode condensar-se na superfície do veículo, complicando a adesivação;
  • A película pode ficar dura e frágil, e não vai aderir. Se isso acontecer, o adesivador vai, naturalmente, forçar a espátula, para promover a adesão do filme, e isso pode causar danos ao vinil;
  • Em condições muito úmidas, pode ser difícil manter o substrato seco.

Promover um pós-aquecimento também é fundamental para reduzir a tensão do vinil, manter a sua memória e mantê-lo no lugar correto.

ferramenta para adesivação

Para moldar a película, use ferramentas

Dicas para a adesivação em climas quentes

Atente-se quando o clima esquentar demais. Com o calor, o vinil fica mais maleável, o que dificulta o seu reposicionamento. Além disso, ele tende a distorcer e criar rugas.

A temperatura da superfície jamais deve exceder os 40ºC. Verifique as informações sobre temperaturas mínima e máxima dadas nos manuais dos produtos (se o veículo de cor escura estiver submetido a um calor de 32ºC, então a sua superfície pode estar acima dos 70ºC — tome cuidado).

Se a aplicação tiver de ser feita em ambiente externo, tente começar o trabalho o mais cedo possível. Faça o que puder para não deixar o carro sob o sol.

Em um clima quente e úmido, ocorre a condensação pela manhã. A aplicação nessa condição também deve ser evitada.

Artigo técnico originalmente publicado pela 3M dos EUA. Tradução e adaptação: InfoSign