GMG celebra aniversário de 30 anos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/08/2014

Empresa desenvolve softwares para gerenciamento de cores

Empresa desenvolve softwares para gerenciamento de cores

A GMG, desenvolvedora de softwares, completou 30 anos. Segundo Robert Weihing, dono da empresa, são três décadas de "conversão, padronização, reprodução, otimização, controle, compartilhamento e evolução de cores".

Em 1984, os irmãos Robert e Joerg ingressaram na empresa fundada pelo pai, Ewald Weihing. O trabalho inicial dos rapazes era operar plotters de corte. Em 1989, a empresa expandiu-se e comprou uma Iris 3047, impressora a jato de tinta de formato A0. De acordo com Robert, fazer sinalização na época era muito trabalhoso, mas a impressora recém-adquirida facilitava bastante a produção, embora reproduzisse diversas cores erroneamente. Por esse motivo os irmãos Weihing passaram a estudar gerenciamento de cores, o que resultou na criação do primeiro software da GMG, o ColorProof. De lá para cá, a empresa desenvolveu uma série de aplicativos gráficos e tornou-se referência no mercado.

Atualmente, a GMG oferece 15 produtos para gerenciamento de cores e já instalou mais de 11 mil soluções mundo afora, em diversas empresas de pré-impressão, offset, flexografia, rotogravura, impressão digital e de grande formato.

Fonte: GMG



Alltak lança vinil adesivo Jateado Metallic Navy Blue

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2017
Vinil é indicado para envelopamento automotivo

Vinil é indicado para envelopamento automotivo

A Alltak, fabricante nacional de películas adesivas, anunciou mais uma opção da linha Alltak Tuning, composta por vinis adesivos para envelopamento de carros. Trata-se do Ultra Jateado Metallic Navy Blue, com frontal de PVC calandrado de 80µm, adesivo acrílico reposicionável e liner de 150g/m2.

Com acabamento de jateado metálico, a mídia é vendida em bobinas com 1,38m de largura e 25m de comprimento.

Ultra Jateado Metallic Navy, da Alltak

Fonte: Alltak



MTEX lança três equipamentos de impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2017
Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

A fabricante MTEX anunciou três novas máquinas para impressão direta em tecidos. Indicados para produção de grandes tiragens, os equipamentos são capazes de trabalhar na resolução de 1.440dpi e disparar gotas com 3 a 24 picolitros.

Segundo a empresa, as impressoras são modulares e podem ser configuradas para atender às necessidades de negócios. Por exemplo, novas cabeças podem ser adicionadas para aumentar a capacidade produtiva das máquinas, que são:

MTEX Dragon: com 1,9m de largura, vem com oito cabeças, para trabalhar com 4 ou 8 cores. Indicada para sinalização e decoração interna, a máquina pode imprimir na velocidade de 137m2/h, em 720dpi;

MTEX Scorpion: com 1,9m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Com 16 ou 32 cabeças, a máquina é indicada para o mercado de moda, por empregar tintas ácidas, pigmentadas e reativas. Trabalha na velocidade de 550m2/h;

MTEX Eagle: com 3,2m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Capaz de produzir a 543m2/h, é indicada para empresas de sinalização e decoração que empregam tinta dispersa ou pigmentada.

Eloi Ferriera, CEO da MTEX, declarou: “Investimos milhões nas instalações de P&D, de modo que agora fabricamos tudo internamente. Investimos em corte de aço, usinagem de aço, router CNC, pintura robótica, controle de produção, controle de qualidade, montagem de hardware, testes de equipamentos e muito mais. Agora, temos total controle sobre planejamento, produção, fabricação e teste, permitindo o desenvolvimento de produtos de ponta”.

Fonte: Fespa