Fespa anuncia campeão do World Wrap Masters 2017

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/05/2017
O sueco Jonas Sjöström foi o vencedor da competição de envelopamento de carros

O sueco Jonas Sjöström foi o vencedor da competição de envelopamento de carros

A Fespa anunciou os vencedores da World Wrap Masters 2017, competição de envelopamento de carros que ocorreu entre os dias 8 e 11 de maio, na Alemanha.

O campeão foi o sueco Jonas Sjöström. Em segundo lugar ficou Martynas Bertulis, da Irlanda. Já o terceiro posto foi obtido por Ruan Greef, da África do Sul. Os três receberam prêmios em dinheiro.

A edição de 2017 do World Wrap Masters agregou campeões de competições regionais de todo o mundo. No primeiro dia do evento (8 de maio), a peleja ficou entre 24 instaladores europeus, que acabou sendo vencida por Chris Hooper, do Reino Unido.

Nos dias 10 e 11 de maio, ocorreram as etapas finais nas quais o representante europeu competiu com os campeões regionais da África, Ásia, Brasil, Turquia e México. Nesta fase final, os participantes foram desafiados a envelopar um carro de Fórmula 4 e um lado de uma lancha em 60 minutos.

Sjöström, campeão do World Wrap Masters 2017, declarou: “Estou muito orgulhoso. Eu não esperava ganhar. Participei desta competição com o objetivo de conhecer novas pessoas na indústria e compartilhar ideias, técnicas e oportunidades de negócios. Eu fiz amigos de todas as partes do mundo”.

Fonte: Fespa



RIP da Wasatch chega à versão 7.1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/05/2014

Software da Wasatch tem ferramentas específicas para impressão digital em tecidos

Software da Wasatch tem ferramentas específicas para impressão digital em tecidos

A Wasatch, desenvolvedora de softwares gráficos, anunciou a versão 7.1 do RIP homônimo. Segundo a empresa, entre os aperfeiçoamentos do aplicativo estão o aumento da velocidade de processamento e a melhora no suporte de impressão sublimática e direta em tecido, além de novas opções de produção. O RIP Wasatch pode rodar várias impressoras simultaneamente e possui as seguintes ferramentas:

Analisador de cores

Suporta equipamentos de impressão sublimática e direta em tecidos e ajuda a reproduzir cores especiais. Com ele, é possível criar um alvo de cores específico, além de ser um complemento para o Color Atlas Generator.

Impressão direta em tecido (garment)

A versão 7.1 do Wasatch apresenta nova ferramenta de mascaramento (masking) e renderização, para a reprodução aprimorada de áreas pretas. O software suporta a impressora Epson SureColor F2000.

Opcional XML

Ferramenta que faz integração e permite construir fluxos de trabalho customizados. Com ela, é possível submeter trabalhos XML em hot folder, criando interfaces e capacidade de operações web-to-print.

Fonte: My Print Resource



Kornit promete lançar impressora de camiseta de alta produtividade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/10/2015
Fabricante apresentará a impressora Vulcan pela primeira vez na feira ITMA 2015

Fabricante apresentará a impressora Vulcan pela primeira vez na feira ITMA 2015

A Kornit, fabricante de equipamento para estamparia têxtil digital, estará presente na feira ITMA, que ocorre entre os dias 12 e 19 de novembro de 2015, em Milão, Itália. Durante o evento, a empresa pretende mostrar em primeira mão a Kornit Vulcan, impressora inkjet de camisetas e peças de roupa (direct-to-garment) capaz de rivalizar com sistemas serigráficos em termos de velocidade em produções de médias e altas tiragens.

Segundo a empresa, em comparação com outros sistemas da própria empresa, a Vulcan reduz custos por impressão em até 40%. Além disso, um número maior de empresas têxteis pode se beneficiar de vantagens como tempos de resposta reduzidos, recursos de personalização em massa e custos de instalação menores.

A Kornit Vulcan é capaz de produzir até 250 peças por hora (roupas escuras ou claras podem ser impressas com a mesma velocidade). De acordo com a empresa, isso significa mais que o dobro da taxa de transferência efetiva dos sistemas anteriores comercializados pela Kornit. Além disso, a nova impressora será capaz de reproduzir imagens com qualidade fotorrealista (seis cores e branco), por contar com 60 cabeças de impressão e um sistema de recirculação de tinta avançado.

O sistema pode trabalhar com peças de até 70cm x 100cm e emprega tintas NeoPigment, patenteadas pela empresa. São insumos à base d’água compatíveis com uma variedade de fibras naturais, sintéticas ou misturadas. Após a impressão, as peças são curadas com um secador de ar quente.

Oded Kraft, vice-presidente da Kornit, declarou: “A Vulcan expande significativamente o segmento de impressão digital direct-to-garment, por ser uma alternativa real à produção serigráfica de larga escala. A Kornit tomou a decisão de criar um sistema versátil capaz de executar pequenos, médios e grandes lotes a velocidades extremamente altas. Por oferecer baixo custo de impressão, é uma forma muito eficiente de produzir quantidades acima de 100 camisas personalizadas”.

A Kornit anunciou que colocará em funcionamento algumas versões de teste da máquina nos próximos meses, com o intuito de realizar ajustes finos na tecnologia. Em meados de 2016, a fabricante pretende começar a vender o produto para o mercado.

Fonte: Kornit