HP informa ter instalado mais de 30 mil impressoras látex no mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/12/2015
Portfólio de impressoras látex da HP conta com modelos de entrada e de alta produtividade

Portfólio de impressoras látex da HP conta com modelos de entrada e de alta produtividade

A HP, desenvolvedora de tecnologias, afirmou recentemente que mais de 30 mil impressoras látex de grande formato já foram vendidas e instaladas em diversos países do globo. Sobre o assunto, Joan Perez Pericot, diretor de marketing mundial da HP Large Format Printing, declarou: “É um marco fenomenal. A versatilidade da tecnologia látex da HP permitiu que nossos clientes fossem pioneiros em novas aplicações de alta rentabilidade, em que os consumidores são sensíveis ao uso de tecnologias ecossolvente, solvente ou de cura UV”.

No portfólio de equipamentos látex da HP estão os modelos 310, 330, 360 e 370, indicados a empresas que pretendem expandir seus serviços de impressão de grande formato, sobretudo com aplicações indoor que não podem ser executadas por tecnologias solvente. Já as impressoras HP Latex 3100 e 3500 são recomendadas a birôs com produção de alto volume e prazos de entrega curtos.

De acordo com a companhia, as impressoras látex estão se firmando como um novo padrão tecnológico para a indústria, o que tem sido apoiado por diversas empresas de fornecimento de mídias e materiais. Atualmente, mais de 72 fornecedores e mais de 360 substratos já foram certificados HP Latex.

Fonte: HP



Caldera 13.1 recebe upgrades

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2020
Atualização 200623 melhora o desempenho do RIP da fornecedora francesa

Atualização 200623 melhora o desempenho do RIP da fornecedora francesa

A desenvolvedora Caldera atualizou a versão 13.1 de seu RIP homônimo. O novo upgrade confere ao software uma variedade de novos recursos, além de ter corrigido bugs e suportar um novo espectrofotômetro da X-Rite.

As inúmeras correções de bugs têm como objetivo ajudar os usuários do CalderaRIP a otimizar seus fluxos de trabalho e economizar tempo nas operações diárias. Além disso, esta nova versão oferece novos drivers de equipamentos Graphtec e Summa. O aplicativo também passou a suportar o formato de arquivo DXF (Drawing eXchange Format) R14, que inclui curvas de Bezier para linhas de corte arredondadas mais suaves.

Outra novidade é que a versão atualizada do CalderaRIP passou a dar suporte ao X-Rite i1iO3, que é um sistema de leitura automatizado para gerenciamento de cores.

Arnaud Fabre, gerente de produto da Caldera, declarou: “A crise da covid-19 ainda afeta muitos de nossos clientes, e a Caldera pode ajudá-los no aprimoramento de suas capacidades produtivas”.

Fonte: Caldera

Tags: Caldera, RIP,


Durst está fabricando máscaras de proteção contra o novo coronavírus

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/04/2020
Empresa tem larga experiência com sistemas filtrantes

Empresa tem larga experiência com sistemas filtrantes

A fabricante Durst está produzindo “máscaras comunitárias” em seu show room na Itália. As peças têm destino certo: primeiro, para os funcionários do Durst Group e da Alupress. Em seguida, serão disponibilizadas para outras empresas.

Christoph Gamper, CEO e co-proprietário do Durst Group, declarou: “A produção é digital e automatizada. Em uma loja virtual, que tem um editor especial, as máscaras podem ser personalizadas com gráficos, imagens e textos. Depois, nosso software de fluxo de trabalho envia o arquivo diretamente para a impressora. Em seguida, o material impresso é processado por um sistema de corte. O anúncio de nossa iniciativa apenas nas mídias sociais gerou uma grande demanda e os fornecedores de serviços de impressão em todo o mundo estão adaptando nosso conceito”.

As máscaras produzidas pela Durst possuem uma membrana com alta eficiência de filtração, além de terem uma permeabilidade ao ar muito boa. De poliéster e com uma estrutura de três camadas, elas são confortáveis e laváveis. A membrana do filtro pode ser desinfetada com álcool e reutilizada.

A Durst tem muitos anos de experiência com filtragem. A empresa desenvolve sistemas que filtram micropartículas nos dispositivos de suprimento de tinta, para que as cabeças de impressão não entupam e estejam sempre prontas para uso.

A membrana de filtragem das “máscaras comunitárias” foi submetida a um teste de eficácia nos laboratórios da Durst. Os valores medidos serão verificados por um instituto independente.

Fonte: Durst

Tags: Durst,