EFI apresenta novos modelos de impressoras VUTEk

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/02/2024
Híbridas, VUTEk h3+ e VUTEk h5+ oferecem recursos aprimorados de impressão e manuseio de mídia

Híbridas, VUTEk h3+ e VUTEk h5+ oferecem recursos aprimorados de impressão e manuseio de mídia

A fabricante EFI anunciou versões atualizadas de impressoras da série VUTEk h+. São os modelos VUTEk h3+ e VUTEk h5+, com melhorias no manuseio de mídia, como a nova mesa de vácuo (dobro da força) que permite o controle de substratos mais espessos e materiais com bordas finas.

A série VUTEk h+ também oferece novas configurações de cores: CMYKcmyk+W+Verniz, CMYKx2+2W, CMYKx2+Verniz. Ou seja, são duas novas opções de verniz. Há também uma nova opção de verniz, a EFI VUTEk Endura Clear, que possui um acabamento mais “duro” e aumenta as qualidades de proteção.

O verniz pode ser empregado para aprimorar uma imagem inteira (total) ou áreas selecionadas (pontuais) para adicionar destaque às cores ou efeitos especiais. Ele é aplicado em linha, simultaneamente à impressão, com acabamento brilhante ou fosco.

O modo de impressão “Gloss+”, novo recurso de software exclusivo que regula o processo de cura, pode ser usado para adicionar um efeito brilho às impressões, para agregar valor a trabalhos especiais de curta tiragem, sem o uso de tinta transparente.

A EFI Transform-TF, tinta para termoformagem, também pode ser utilizada nas impressoras da série VUTEk h+. Com alongamento, ela mantém a adesão e a opacidade quando submetida a dobras e acabamentos.

Fonte: EFI



Barbieri lança solução de gerenciamento de cores para estamparia têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/05/2019
Spectro LFP qb Textile Edition é espectrofotômetro para medir cores em tecidos

Spectro LFP qb Textile Edition é espectrofotômetro para medir cores em tecidos

A Barbieri, fornecedora de soluções eletrônicas, apresentou no mercado internacional o Spectro LFP qb Textile Edition, espectrofotômetro para gerenciamento de cores em tecidos estampados digitalmente.

De acordo com a empresa, para medir as cores de um tecido estampado, ele deve ser fixado em uma superfície uniforme e com o apoio branco. Porém, há muita dificuldade nesse procedimento. Isso porque, durante as medições, o tecido acaba se distorcendo e fazendo com que a medição automatizada não seja possível. Para esse transtorno, a Barbieri desenvolveu o Spectro LFP qb Textile Edition. Ele garante uma fixação fácil e segura do tecido e mede de forma automática. Para tanto, novos suportes têxteis foram criados para a fixação. Além disso, o dispositivo vem com um sistema de sopro de ar que impede que fibras têxteis contaminem a óptica.

Ainda segundo a empresa, o novo recurso mais importante é o sistema de reconhecimento automático de patches, compostos por algoritmos especiais e unidade de detecção. Uma vez conhecidas as coordenadas de cada patch, o dispositivo inicia as medições e os gráficos, mesmo distorcidos, serão medidos de forma totalmente automática.

Com abertura de medição de até 8mm e geometria 45°/0°, o novo espectrofotômetro da Barbieri também é capaz de medir tintas fluorescentes na impressão têxtil.

Fonte: Barbieri



LaserPro 290LS, máquina para corte de metais, está disponível

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/12/2012

Máquina da GCC

Nova máquina a laser da GCC, para corte de metais

A GCC, fornecedora de equipamentos para a indústria de comunicação visual, anunciou que a LaserPro 290LS 200W já está disponível no mercado internacional. Ideal para o corte de chapas de metal (aço inoxidável, alumínio e cobre), a máquina usa gases como o nitrogênio e o oxigênio para trabalhar os substratos. Também usa um feixe muito fino de laser, que consegue maior precisão no corte.

Segundo a empresa, a GCC LaserPro 290LS, de 200W, é compacta e consome menos energia do que outras máquinas similares, isso porque ela usa uma tecnologia diferente, a de fibra, para criar o feixe de laser. Segundo a empresa, esse sistema também tem maior vida útil do que os equipamentos que empregam tubo de CO2.

Veja tabela produtiva:

Material Espessura do corte Gás Pressão (PSI)
Aço inoxidável Acima de 1,5mm Nitrogênio 400~480
Alumínio Acima de 0,5mm Nitrogênio 200~460
Cobre Acima de 0,5mm Oxigênio 200~280

Fonte: GCC. Texto: InfoSign



Clicky