Características dos principais tipos de papéis transfer

Por João Leodonio em 05/12/2017
Saiba quais são os papéis transfer disponíveis atualmente

Saiba quais são os papéis transfer disponíveis atualmente

Os papéis transfer são conhecidos principalmente por serem boas alternativas para aplicação de imagens em tecidos de algodão e poliéster. Alguns deles apresentam um fundo branco, que permite imprimir peças coloridas sem prejudicar as estampas originais. Trata-se de sobreposição, ou seja, da adesão ao tecido por termocolagem.

Por questões de preço e disponibilidade, os papéis transfer mais utilizados são o OBM e o Dark, também encontrado no mercado com outros nomes. Além deles, listamos abaixo as caraterísticas do Ink Pro e do INNEO.

Para todos os casos, recomenda-se que as peças que receberam as aplicações fiquem em descanso por, pelo menos, 24 horas, antes de serem lavadas. Além disso, é importante que elas não sejam lavadas em tanques e não sejam torcidas à mão. Se utilizar água quente, a temperatura máxima deve ser de 40°C. A água não pode ter alvejante, e deve-se passar pelo avesso. Esses procedimentos são muito importantes para manter a integridade do transfer por mais tempo.

Papel Transfer OBM

Característica: o lado da impressão possui revestimento de poliéster (para sublimação). O outro lado é emborrachado termocolante (fundo branco).

Aplicações: em tecidos claros ou escuros de algodão ou poliéster. É indicado para estampas que não precisam de recorte, pois a plotter não suporta esse material, que é bem difícil de ser cortado à mão. Após aplicado, ele oferece um toque menos discreto, porém, confere relevo à peça.

Camiseta preta com aplicação em OBM

Papel Transfer INNEO

Característica: papel transfer importado.

Aplicações: em tecido branco de algodão. Esse papel é indicado para impressora laser colorida de alta velocidade, sem óleo e com temperatura interna de até 200°C.

Papel Transfer Ink Pro

Característica: papel transfer impresso por equipamentos a jato de tinta.

Aplicações: em algodão. Esse material exige que as tintas utilizadas na impressão devem ser originais, de preferência. Isso porque as tintas paralelas não oferecem um resultado de boa qualidade.

Papel Transfer Dark

Característica: o lado da impressão é de papel sulfite resistente a temperatura (impressão a laser). O outro lado é emborrachado termocolante (fundo branco).

Aplicações: em tecidos claros ou escuros de algodão ou poliéster. Esse papel não confere 100% de qualidade da definição, mesmo que sejam usados arquivos em alta resolução. Porém, ele oferece um toque mais discreto.

Camiseta preta com Dark Film com fundo branco

 

Sobre o autor: João Leodonio atua no segmento gráfico há 10 anos, como gerente de produção e consultor. Tecnólogo em produção gráfica, atuou como palestrante pela Imprensa Oficial, de Angola, e como consultor de processos produtivos. É proprietário da Pari Transfer Sublimático 

 



Neschen expande portfólio de laminadoras

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/12/2017
EcoLam 1650 é a mais nova laminadora a frio da Neschen

EcoLam 1650 é a mais nova laminadora a frio da Neschen

A Neschen, fabricante de equipamentos e materiais para comunicação visual, lançou na Europa a EcoLam 1650, laminadora a frio que processa mídias com largura de até 1.650mm.

O equipamento integra um rolo com ajuste manual que permite o processamento de uma grande variedade de substratos. Além disso, possui painel frontal com controle ergonomicamente projetado e fácil de usar.

Com capacidade de produzir na velocidade máxima de 4m/min, a laminadora conta com ajustes manuais de pressão e velocidade.

O equipamento é indicado a empresas com baixo nível de produção de laminados.

Fonte: Neschen



Segunda edição do Mimaki Week começa dia 23 de agosto

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/08/2016
Evento grátis ocorre em Recife e oferecerá três dias de palestras

Evento grátis ocorre em Recife e oferecerá três dias de palestras

Entre os dias 23 e 25 de agosto, a Mimaki promoverá em sua filial nordestina a segunda edição do Mimaki Week, que conta com palestras nas quais serão apresentadas ideias inovadoras e criativas que agreguem valor às empresas dos participantes.

Nos três dias, às 9h, será oferecido também café da manhã de recepção. Todos os participantes receberão certificado após o fim das palestras. A filial da Mimaki localiza-se na avenida 17 de Agosto, 656, Recife. O interessado deve fazer sua inscrição por meio deste link para o formulário. Confira a agenda:

Dia 23 de agosto (terça-feira):

  • Das 10h às 11h: Processos de manutenção e limpeza das máquinas UV. Palestrante: Lucas Shigueru, da Mimaki;
  • Das 11h às 12h: Custos de impressão/precificação de produtos UV. Palestrante: Daiane Lima, da Mimaki;
  • Das 14h às 15h: Impressão UV: vantagens, benefícios e aplicações. Palestrante: Daiane Lima, da Mimaki;
  • Das 15h às 17h: Let’s be Makers. Palestrante: Edgard Andrade, do FabLab.

Dia 24 de agosto (quarta-feira):

  • Das 10h às 11h: Processos de manutenção e limpeza das máquinas UV. Palestrante: Lucas Shigueru, da Mimaki;
  • Das 11h às 12h: Custos de impressão/precificação de produtos solvente/ecossolvente. Palestrante: Danilo Ribeiro, da Mimaki;
  • Das 14h às 17h: Processo de criação e fechamento de arquivos (Corel Draw e Ilustrator). Palestrante: Adriano Medeiros, Pixel Dots.

Dia 25 de agosto (quinta-feira):

  • Das 10h às 11h: Processos de manutenção e limpeza das máquinas UV. Palestrante: Lucas Shigueru, da Mimaki;
  • Das 11h às 12h: Panorama do mercado têxtil. Palestrante: Haroldo Silva, da Abit;
  • Das 14h às 15h: Custos de impressão/cálculo de ROI/precificação. Palestrante: Marcelo Ribeiro, da Mimaki;
  • Das 15h às 17h: Processo criativo de estamparia digital. Palestrante: Mannu Guedes, Phytoplankton.

Fonte: Mimaki