Confira a programação dos congressos da Fespa Brasil 2020

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/03/2020
São quatro dias de palestras sobre temas variados

São quatro dias de palestras sobre temas variados

A Fespa Digital Printing 2020, feira que ocorrerá entre os dias 18 e 21 de março, no Expo Center Norte, em São Paulo, oferecerá diversos congressos gratuitos sobre mercado, gestão, vendas, tecnologias e sustentabilidade para os visitantes e profissionais da área de impressão digital e comunicação visual. Confira a programação:

Dia 18/03: Fórum Fespa Digital Printing

Objetiva levar conhecimentos práticos para o empresário de impressão. Serão abordados conceitos como economia, evolução de processos, automação, impressão UV, baixas tiragens, custo e sustentabilidade.

Dia 19/03: Digital Textile Conference

A sexta edição do congresso de estamparia digital refletirá sobre o crescimento da impressão têxtil. Mostrará como começar e evoluir no mercado, além de apresentar opções de tinta e os setores que a tecnologia atinge.

Dia 20/03: Sales Experience Day

Os assuntos giram em torno de marketing digital, futuro das vendas, precificação x produtividade, inovação e novas possibilidades oferecidas na comunicação visual e impressão digital.

Dia 21/03: Impressão 360

Em parceria com a Faculdade de Tecnologia Senai Theobaldo de Nigris, contará com os professores da instituição para tratar de planejamento, formação de preço, produtividade, preparação de arquivo, controle de cor e comunicação visual.

Dias 18, 19, 20 e 21/03: Ilha da Sublimação

Com curadoria da ComunidadeWEB, a ilha terá palestras com profissionais ligados direta ou indiretamente ao mundo da sublimação e transfer. O participante saberá mais sobre técnicas para produção das artes, dicas de como vender suas criações e como elaborar os custos de trabalho.

Fonte: Fespa Brasil



SPGPrints apresenta linha de tintas sublimáticas Nebula

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2016
Nebula Sublimation é indicada para indústrias têxteis

Nebula Sublimation é indicada para indústrias têxteis

A SPGPrints, fornecedora de materiais para impressão digital, anunciou no mercado internacional a Nebula Sublimation, série de tintas sublimáticas desenvolvida e indicadas para uso em indústrias têxteis. De acordo com a empresa, a nova linha de insumos proporciona cores brilhantes e pode produzir pretos profundos.

A empresa declarou que a questão ambiental foi uma das motivações para o desenvolvimento das tintas sublimáticas, pois elas não exigem processamento de vaporização e lavagem, requisitos fundamentais em processos de impressão direta em tecidos.

A fornecedora também disponibiliza outros tipos de tintas para estamparia têxtil, como a Nebula Direct Disperse e a Nebula Reactive HD. Todos os insumos são compatíveis com cabeças Kyocera.

A SPGPrints tem uma planta na Holanda, onde desenvolve e produz suas próprias tintas. A fábrica completou recentemente uma série de programas de expansão cuja finalidade era dobrar o espaço de produção e instalar novos equipamentos.  

Fonte: SPGPrints



Austrália emprega papéis eletrônicos em sinalização de tráfego

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/08/2015
E-papers orientam e ajudam motoristas da cidade de Sydney

E-papers orientam e ajudam motoristas da cidade de Sydney

Os motoristas da cidade de Sydney, na Austrália, recentemente passaram a contar com uma nova forma de sinalização de tráfego. Trata-se de um tipo especial de papel eletrônico desenvolvido e instalado pelo Road and Maritime Services (RMS), órgão governamental australiano responsável pela gestão de rodovias e vias navegáveis, que trabalhou em parceria com a Visionect, empresa fornecedora de e-papers.

Segundo a Visionect, é a primeira vez no mundo que a tecnologia de “tinta digital”, também usada em e-books, foi empregada em sinalização de trânsito.

Além da instalação dos displays de e-papers pela cidade, a RMS desenvolveu outras tecnologias para tornar possível o uso inteligente das novas sinalizações digitais. É o caso de uma rede de comunicação sem fio por meio da qual é possível monitorar e detectar avarias nos displays de trânsito, o que possibilita consertos e reposições rápidas. A rede também ajuda a evitar problemas de funcionamento causados pelo calor do sol ou por paralisações durante quedas de energia.

Ainda de acordo com a Visionect, depois da instalação dos papéis eletrônicos, toda a sinalização de trânsito de Sydney passou a ser sustentável, pois os displays são alimentados por energia solar, recurso natural abundante na Austrália. Além disso, o material consome pouca energia e com eficiência.

Outra vantagem é a ótima visibilidade noturna oferecida pelos displays, que irradiam luz pela parte frontal do e-paper assim que começa a escurecer.

Fonte: Digital Signage Today