Características das películas adesivas de piso para sinalizar distanciamento social

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/04/2020
Aderência e resistência são duas qualidades obrigatórias às películas coladas ao chão

Aderência e resistência são duas qualidades obrigatórias às películas coladas ao chão

Os gráficos de piso são cada vez mais usados para orientar, com segurança, o público em vários espaços, sobretudo durante a pandemia de covid-19, em que o distanciamento social é fundamental.

Ao lembrar as pessoas de manter distância, os gráficos de piso desempenham um papel indispensável na manutenção de um fluxo seguro e eficiente. No entanto, não é qualquer mídia que pode ser colada ao chão, e deve-se utilizar um produto criado especificamente para esta aplicação. Isto é, um material testado que tenha resistência ao escorregamento.

Há diferentes normas para o exame de resistência ao escorregamento. Nos EUA, por exemplo, tanto a ANSI A137.1/A326.3 quanto a ASTM E303 são utilizadas. Na Europa, as referências são a EN 13036-4 ou a DIN 51130. Já na Austrália, são a HB198:2014 e a AS/NZS 4586. A comparação entre os padrões é difícil, pois cada um deles difere um pouco no método de teste, porém todos medem a mesma caracterítica: o atrito.

A norma DIN 51130 especifica classificações. Um produto classificado como R9, por exemplo, é adequado apenas para ambientes internos secos, como escritórios. A R10 é adequada para áreas secas, mas com potencial para derramamentos, como corredores de supermercados. Já a R11 é indicada para áreas que podem molhar, como passarelas externas, banheiros e áreas de serviço.

É importante considerar cuidadosamente todas as condições às quais o gráfico de piso estará sujeito. Contaminantes como o óleo, por exemplo, afetam o atrito mais do que a água. Os pisos com gradiente são diferentes dos pisos nivelados. Já o tráfego afetará a vida útil do material.

O fabricante ou fornecedor da mídia poderá informar a classificação do escorregamento e a classificação de incêndio do material (as normas de incêndio também são aplicáveis nesse caso).

Por questão de segurança, a mídia de piso não pode rasgar nem enrolar nas bordas. Portanto, o material deve ter suportar o tráfego intenso sem ser danificado. Também deve ser removido de forma fácil e limpa, sem deixar resíduos que podem causar tropeços.

É importante manter os gráficos de piso limpos, sobretudo se eles contêm informações de segurança e direcionamento. Deve-se tomar cuidado especial para diminuir a exposição do adesivo a água e a produtos de limpeza, pois eles podem degradar a aderência ao piso. Se as bordas do material estiverem vedadas, o risco de descolamento será menor.

A própria imagem impressa deve resistir a produtos de limpeza. Também devem ser resistentes à luz UV, pois ela pode desbotar a tinta.

Fundamentais na educação e orientação, as películas adesivas de piso têm uma função primordial em tempos em que a segurança e a saúde das pessoas estão em risco.

Fonte: Drytac Europe



Sun Chemical lança tintas inkjet para a indústria de decoração

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/05/2013

Tintas Dimoda utilizam pigmentos específicos

Tintas Dimoda utilizam pigmentos específicos

A Sunjet, uma divisão da Sun Chemical (fabricante de insumos gráficos), anunciou o lançamento da Dimoda, uma nova marca de tinta inkjet para uso na indústria de decoração.

A empresa afirma que a novidade serve para uma grande variedade de aplicações, incluindo decoração de painéis e placas laminadas, para as indústrias de pisos e móveis.

"É evidente que as aplicações de decoração têm alguns processos que demandam produtos inkjet específicos, e desenvolvemos soluções digitais que suprissem essa demanda", comentou Phil Jackman, executivo de vendas da Sunjet.

As tintas Dimoda estão disponíveis em formulações UV ou à base d’água, para as principais cabeças piezo. Elas utilizam pigmentos específicos para otimizar o desempenho em materiais para decoração, como papéis, madeiras e placas de fibra, além de laminados, polímeros e rodapés.

Fonte: Large Format Review



Mutoh lança solução web-to-print

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2013

Novidade da Mutoh

Novidade web-to-print da Mutoh

A Mutoh, fabricante de equipamentos para o mercado de sign, anunciou uma parceria com a PrintSites, empresa de e-commerce, para oferecer um novo serviço web-to-print aos seus clientes. Combinando impressoras Mutoh ValueJet e soluções de web da PrintSites, a novidade intitula-se "Mutoh’s Virtual Storefront (VSF) Powered by PrintSites".

"Esta parceria combina tecnologias que vão ajudar os signmakers a ganhar dinheiro nesse crescente mercado de grande formato", afirmou Patrick George, CBDO da PrintSites.

Rick Rockman III, CEO da PrintSites, complementou: "Hoje, as empresas estão sendo obrigadas a fazer mais com menos. Estamos em condições de oferecer isso aos clientes da Mutoh, que agora têm a possibilidade de obter a ‘Mutoh Virtual Storefront (VSF) powered by PrintSites’, e em vários pacotes diferentes."

Se você é cliente da Mutoh e ficou interessado em explorar a novidade oferecida pela fabricante, veja como obter a ferramenta nessa página (em inglês) especialmente criada para a Virtual Storefront (VSF).

Fonte: MyPrintResource. Texto: InfoSign