Caldera é adquirida pela Dover

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/04/2017
Aquisição faz parte da estratégia da Dover de expandir suas ofertas têxteis

Aquisição faz parte da estratégia da Dover de expandir suas ofertas têxteis

A Dover, fabricante global de diversos tipos de produtos industriais, anunciou ter adquirido a Caldera, desenvolvedora francesa de aplicativos para impressão digital. O valor da compra foi de aproximadamente 35 milhões de euros.

A Caldera operará dentro da plataforma de “Impressão e Identificação” da Dover, em conjunto com a MS Printing Solutions e o Grupo JK, que servem ao mercado global de impressão digital têxtil.

Com receita anual de 11 milhões de euros em 2016, a Caldera tem 25 anos de experiência na criação de softwares de processamento de imagem, gerenciamento de cores e fluxo de trabalho para os mercados têxteis e gráficos.

Sediada em Downers Grove, Illinois (EUA), a Dover tem faturamento anual superior a 7 bilhões de dólares. Entre suas marcas estão a J-Teck3, a Kiian Digital, a Sawgrass Industrial, a MS Printing, a OK International, entre outras.

Robert A. Livingston, presidente da Dover, declarou: “Estamos satisfeitos pela aquisição da Caldera. Vamos aumentar a nossa posição já forte na impressão têxtil digital, que começou com a aquisição da MS. Além disso, essa transação demonstra nosso desejo e compromisso de expandir nossas ofertas”.

Fonte: Dover



Soyang apresenta novos substratos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Mídias recobrem pisos e paredes

Mídias recobrem pisos e paredes

A Soyang, fornecedora de mídias para comunicação visual, anunciou o lançamento no mercado internacional de dois substratos, o G-Floor e o AlumiGraphics. O primeiro é uma película de PVC flexível e alta densidade, disponível em vários acabamentos, para personalização de pisos. Pode receber impressão digital UV ou solvente. Segundo a empresa, a mídia pode ser rapidamente instalada e é mais viável que os laminados convencionais para adesivação de piso.

O AlumiGraphics é uma material com base composta por foil de alumínio. Adequado para diversas aplicações, a mídia é compatível com grande variedade de tintas e pode ser utilizada sobre diferentes superfícies texturizadas, por ser maleável e fácil de moldar.

Andrew Simmons, diretor da Soyang na Europa, declarou: "Calçadas, passarelas, escadas rolantes, estacionamentos, elevadores e paredes podem ser cobertos com o AlumiGraphics, abrindo oportunidades de trabalhos em superfícies geralmente subutilizadas".

Fonte: My Print Resource



Tinta da Kiian recebe certificado Eco Passport

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/06/2017
Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

A fabricante Kiian anunciou que uma de suas tintas sublimáticas mais populares, a Digistar Hi-Pro, recebeu o selo Eco Passport, o qual certifica que o insumo pode ser utilizado na produção sustentável de tecidos.

O Eco Passport é obtido depois do produto passar por duas etapas de análise. Na primeira, a composição da tinta é escrutinada. Não pode haver nenhum material prejudicial ao meio ambiente. Na segunda etapa, um laboratório do instituto Oeko-Tex realiza testes de verificação para contaminantes e impurezas.

Alessandra Borghi, diretora da Kiian Digital, declarou: “Trata-se de um diferencial para quem escolhe a Kiian Digital. As certificações também aumentam as chances das empresas se tornarem parceiras de marcas que exigem credenciais de conformidade dos produtos utilizados em seus processos, para diminuir riscos ambientais”.

Fonte: Kiian