Impressora Acuity Advance Select é lançada no mercado internacional

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

A Fujifilm da América do Norte anunciou um novo modelo da linha Acuity®. Trata-se da impressora Advance Select, que vem com oito canais de tinta. Quatro deles são destinados ao padrão CMYK. Os demais canais podem trabalhar com outras opções de insumos.

Se o usuário escolher trabalhar com verniz e tinta branca, por exemplo, ele poderá imprimir em substratos transparentes e conferir, na mesma operação, o acabamento superficial ao impresso. Há também a possibilidade de utilizar dois canais somente para a tinta branca, a fim de produzir impressões com maior opacidade. Mas, segundo a empresa, se o usuário preencher os canais de tinta com cyan e magenta, ele poderá ter um acréscimo de 25% na produtividade da impressora.

Originalmente, a Advance Select vem com sistema plano (flatbed) de alimentação de substratos. Na mesa de apoio aos substratos, há áreas adicionais de vácuo, que ajudam na manipulação e carregamento dos materiais. Caso queira, o usuário pode adquirir um kit opcional para trabalhar com mídias flexíveis em bobina. É muito provável que a novidade chegue, também, ao mercado brasileiro.

Nova impressora UV plana da Fujifilm, a Advance Select vem com oito canais independentes de tinta

Fonte: Fujifilm USA. Texto: InfoSign.



Como envelopar retrovisores e capacetes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/09/2020
Conheça as técnicas para adesivar objetos com curvas positivas

Conheça as técnicas para adesivar objetos com curvas positivas

Depois de ganhar experiência nas adesivações de superfícies planas, o instalador sente que é a hora de envelopar objetos mais complexos, como capacetes e retrovisores, que por terem curvas positivas demandam lastro para executar corretamente a quebra de memória e a distribuição de tensão do vinil adesivo – essenciais para dar qualidade à aplicação e ao acabamento. Segundo Cleber Orsioli, gerente de marketing da Imprimax, é o acabamento caprichado que agrega valor e agrada ao cliente.

Passo a passo

Wagner Oliveira, instrutor técnico da Imprimax, ensina que, antes de começar a adesivar um retrovisor, é fundamental analisar em quais partes de sua superfície deverão ser dadas as quebras de memória do vinil. O instrutor também recomenda que, se possível, a peça seja desmontada. Com ela solta, o instalador consegue trabalhar melhor.

Primeiro passo: limpe toda a peça com álcool isopropílico, para remover vestígios de sujeira. Em seguida, destaque o frontal do liner e fixe-o na parte de trás do retrovisor (que fica mais próxima ao vidro da porta do veículo). Depois, cubra toda a parte superior da peça. Para isso, aqueça e estique o vinil com soprador e espátula. Zele para sempre dar uniformidade à aplicação e retirar eventuais bolhas de ar. Direcione o vinil para a área do retrovisor que se assemelha a uma quina, pois é aí onde o material excedente deverá ser removido com estilete. Também é onde deverá ser feita a emenda. Para concluir, aplique calor (entre 80ºC e 100ºC), com soprador sempre em movimento, em 3 sessões com duração entre 10 e 15 segundos.

Dica importante dos técnicos da Imprimax: antes da aplicação, cada objeto deve ser analisado individualmente. Há peças mais simples que poderão ser revestidas sem muitas dificuldades, em uma cobertura única. Porém, há objetos muito mais complexos que demandarão a aplicação de emendas.

Confira no vídeo abaixo detalhes do procedimento:

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante nacional de películas adesivas

 



Ofereça adesivos de piso para demarcar distanciamento social

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/04/2020
Vinis colados ao chão delimitam distância entre pessoas em fila

Vinis colados ao chão delimitam distância entre pessoas em fila

Birôs e gráficas digitais podem oferecer um tipo de produto impresso fundamental em tempos de pandemia de covid-19. É o vinil adesivo aplicado em pisos para delimitar a distância saudável entre pessoas em filas, em hospitais, mercados, shopping centers, agências bancárias, postos de saúde, entre outros estabelecimentos.

Os vinis específicos para aplicações em pisos podem ser impressos digitalmente por tecnologias solvente, látex e UV. Uma de suas principais características é a superfície antiderrapante, além do adesivo removível.

Alguns vinis de piso não precisam ser laminados. Porém, para aumentar a durabilidade dessas mídias, é recomendada a laminação superficial.

Trata-se de uma ótima ideia para manter as empresas de impressão ativas em tempos de quarentena.

Fonte: Grafiprint