RIP da Wasatch chega à versão 7.1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/05/2014

Software da Wasatch tem ferramentas específicas para impressão digital em tecidos

Software da Wasatch tem ferramentas específicas para impressão digital em tecidos

A Wasatch, desenvolvedora de softwares gráficos, anunciou a versão 7.1 do RIP homônimo. Segundo a empresa, entre os aperfeiçoamentos do aplicativo estão o aumento da velocidade de processamento e a melhora no suporte de impressão sublimática e direta em tecido, além de novas opções de produção. O RIP Wasatch pode rodar várias impressoras simultaneamente e possui as seguintes ferramentas:

Analisador de cores

Suporta equipamentos de impressão sublimática e direta em tecidos e ajuda a reproduzir cores especiais. Com ele, é possível criar um alvo de cores específico, além de ser um complemento para o Color Atlas Generator.

Impressão direta em tecido (garment)

A versão 7.1 do Wasatch apresenta nova ferramenta de mascaramento (masking) e renderização, para a reprodução aprimorada de áreas pretas. O software suporta a impressora Epson SureColor F2000.

Opcional XML

Ferramenta que faz integração e permite construir fluxos de trabalho customizados. Com ela, é possível submeter trabalhos XML em hot folder, criando interfaces e capacidade de operações web-to-print.

Fonte: My Print Resource



HP e Alltak unem-se a designers na criação de mobiliário personalizado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/08/2018
Móveis serão expostos de 29 de agosto a 2 de setembro

Móveis serão expostos de 29 de agosto a 2 de setembro

Os designers Sergio e Jack Fahrer estão com uma nova coleção de móveis personalizados. É a Op+Memphis, que será exposta na Semana do DW-Design Weekend, de 29 de agosto a 2 de setembro, na Rua Wizard 157, São Paulo (SP).

A coleção é composta por 29 peças (poltronas, cadeiras, mesas, bancos, credenzas, luminárias e objetos) decoradas com motivos e imagens inspiradas nos movimentos Op Art e Memphis.

Para ajudar a concretizar os designs dos irmãos Fahrer, a Alltak, fabricante de películas adesivas, desenvolveu o novo Fusion, filme de alta performance exclusivo para decoração de mobiliário.

As películas receberam imagens impressas com equipamentos e tintas látex da HP, cujas características elásticas são recomendadas a mídias que serão moldadas a superfícies mais complexas.

A Acritec foi a responsável pela fabricação das estruturas das peças. A empresa usou um polímero moldável, que tem a facilidade de adquirir formas, pela sua leveza e alta resistência.

Op Art e Memphis

A Op Art, que atingiu seu auge na década de 60, e a Memphis, nascida na década de 80 em Milão, romperam com as estruturas, cores e linhas do design de suas épocas. As duas inspiraram os irmãos Sergio e Jack Fahrer a criar a coleção Op+Memphis.

A ideia da coleção é apresentar formas, peças e imagens que vão além dos padrões atuais da indústria. “O pressuposto de seguir somente o estilo daquilo que está em voga, de seguir tendência... Acho que precisamos mais do que isso, neste momento do mundo”, comenta Sergio.

A Memphis, como ficou conhecido o grupo liderado por Ettore Sottsass, começou na década de 80 e contrapunha-se ao movimento moderno, que priorizava a funcionalidade em detrimento da simbologia e da estética do objeto. A Op Art é a representação do movimento da imagem por meio de elementos gráficos, e simboliza um mundo que se modifica a cada instante.

Fonte: HP Brasil



Feira Serigrafia Sign (FuturePrint) 2019 tem data e local marcados

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2018
Aproximadamente 37 mil pessoas visitaram a feira em 2018

Aproximadamente 37 mil pessoas visitaram a feira em 2018

A edição de 2019 da feira Serigrafia Sign, que passou a se chamar FuturePrint, será realizada entre os dias 10 e 13 de julho, das 13h às 20h (de quarta a sexta-feira) e das 10h às 17h (sábado), no Expo Center Norte, em São Paulo.

De acordo com a organizadora, em 2018 o evento reuniu 600 marcas dos segmentos de serigrafia, sublimação, sinalização, impressão digital têxtil, grandes formatos, brindes e personalização. A feira também proporcionou mais de 100 horas de conteúdo técnico em palestras e workshops, como a Serigrafia em Ação, o Circuito de Impressão Digital Têxtil, o Fórum Serigrafia Sign e o DecorExpress.

Liliane Bortoluci, diretora da exposição, declarou: “A nossa feira está muito conectada com os setores que representamos e também com os participantes. Identificamos que precisávamos mudar para evoluir, por isso adotamos o nome FuturePrint. Desta forma, partimos para uma linguagem única que agrega diferentes mercados”.

Fonte: Serigrafia Sign (FuturePrint)