Onyx Thrive chega como nova opção de software RIP

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/12/2012

Nova opção de software RIP, o Onyx Thrive baseia-se no Adobe PDF Print. Tem arquitetura de 32-bit e reconhece arquivos em PDF, PostScript e EPS.

Através de previews dos arquivos, elimina surpresas futuras no processamento, principalmente de erros em função de transparências, mistura de espaços de cores e manipulação de cores especiais.

Além disso, o RIP permite rodar oito APPEs simultaneamente, sem redução de velocidade de produção, independentemente do número de impressoras instaladas. Também é possível fazer uma cópia do Onyx Thrive para que seja instalada em oito APPEs em PCs diferentes, a fim de aumentar a independência e a flexibilidade dos dispositivos.

RIP Onyx

RIP Onyx Thrive: novidade

Ferramentas do RIP Onyx Thrive

  • Bibliotecas de cores: o programa possibilita a manipulação de cores Pantone Plus, RAL e HSK, além do branco e uma série de tons especiais.
  • Ferramentas avançadas de panelização e aproveitamento de substrato: para trabalhos em grandes formatos, para reduzir o desperdício de material.
  • Onyx Graphics Quick Set: define os passos que um trabalho deve seguir. Enquanto os arquivos estão rodando, o operador pode realizar outras tarefas, poupando tempo e trabalho.
  • Perfis ICC: algumas versões do RIP possuem um gerador de perfis de cores.
  • Thrive Production Manager: com interface de browser, permite aos usuários submeter e controlar trabalhos e dispositivos de seus PCs, Macintosh e até mesmo celulares.

Fonte: Onyx. Texto: InfoSign



Cientistas desenvolvem display OLED touch flexível

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/07/2013

Cientistas da Universidade da Califórnia desenvolveram um display com tela OLED que se destaca por ser touchscreen e flexível. De acordo com os responsáveis pelo projeto, não é preciso contar com dispositivos externos para que o equipamento funcione.

Chamada "E-Skin", a novidade pode ser aplicada em uma série de ambientes para sinalização digital e interação com o público. Segundo os pesquisadores, é possível usar o produto até mesmo em livros táteis e embalagens, uma vez que pode ser utilizado em superfícies irregulares.

Atualmente, os cientistas buscam meios para que o material possa reconhecer e reagir às mudanças de temperatura ou iluminação.

Display OLED touch flexível

Display OLED touch flexível

Fonte: Drupa



Kern Systems anuncia nova fonte de laser de 250W

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/07/2014

Equipamento é a nova máquina a laser flatbed da Kern

Nova fonte de laser pode cortar uma série de materiais rígidos

A Kern, fabricante norte-americana de equipamentos de corte e gravação, lançou no mercado internacional uma fonte de laser de 250W, capaz de cortar materiais como aço, aço inoxidável, espuma, acrílico, bem como madeira de espessura de até uma polegada.

Segundo a Kern, a fonte de 250W foi recém-adicionada ao portfólio da empresa e dá aos clientes uma opção que fica entre os lasers de 150W e 400W. Além disso, ela é mais brilhante e mais barata que a fonte de 400W, e mesmo assim é capaz de cortar acrílicos, aço e alumínio.

O usuário do laser de 250W tem dois anos de garantia.

Fonte: SGIA