Nova geração de plotters de recorte Roland CAMM-1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2017
GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

A fabricante Roland DG anunciou três novos modelos de plotters de recorte da linha CAMM-1 GR: o 640 (com 1,62m de largura), o 540 (com 1,37m) e o 420 (com 1,06m). Segundo a empresa, a série foi redesenhada para oferecer mais precisão e velocidade e maior variedade de mídias.

Entre as novidades dos equipamentos está o design ergonômico do suporte e da máquina em formato "L", que dá mais estabilidade na produção. Além dele, o carro redesenhado, o suporte da lâmina e outros mecanismos permitem que as plotters operem em velocidade máxima de 1.485mm/s.

Para trabalhar com maior variedade de aplicações e mídias, a série GR oferece a função de ajuste de pressão dos roletes eletrônicos. As plotters também possuem uma ferramenta que permite o corte de sobreposição em substratos difíceis. Também há a função de emulação tangencial, que oferece maior precisão de corte de contornos para letras em mídias espessas.

Os equipamentos rodam com o software Roland CutStudio, que possui função de corte de perfuração indicada (para adesivos e decalques) e de corte por cor (útil em saídas de desenhos com várias folhas coloridas). O programa ainda inclui um plug-in que permite integração com Adobe Illustrator e CorelDRAW.

Yohei Shinomura, gerente de produto do negócio de impressão digital da Roland DG no Japão, declarou: “A indústria está mais diversificada. Além de sinalização, o corte agora pode ser utilizado para adesivação de janelas e veículos, proteção para automóveis, vestuário personalizado, etiquetas e decalques, protótipos de embalagem e muito mais. A amplitude de aplicações proporciona a oportunidade de uso de uma ampla gama de materiais, como películas para janelas, materiais refletivos de alta intensidade, materiais de termotransferência, papelão e máscara de jateamento”.

Desde 1988, a Roland DG vendeu mais de 440 mil plotters de recorte no mundo.

Fonte: Roland DG Brasil



Fogra comprova que impressoras UV LED da EFI consomem menos energia

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2014

Vutek GS3250LX foi a impressora da EFI testada pela Fogra

Vutek GS3250LX foi a impressora da EFI testada pela Fogra

A Fogra, associação alemã de tecnologia gráfica, realizou avaliações de consumo de energia em impressoras UV LED da EFI Vutek. Os teste mostraram que os equipamentos empregam 82% menos energia que máquinas de lâmpadas com arco de mercúrio (para cura de tinta).

Os testes da entidade concluíram que o modelo Vutek GS3250LX Pro consome 0,22 kW/m2, ao passo que uma impressora similar que usa lâmpadas convencionais consome 1,18 kW/m2.

No comparativo, os cálculos da Fogra, realizados por meio do método Energy Efficiency Project (Projeto de Uso Eficiente de Energia), demonstram que é possível economizar cerca de 16 mil euros por ano.

Scott Schinlever, gerente geral de soluções inkjet da EFI, comentou: "Embora tenhamos avaliado o consumo de energia durante o processo de desenvolvimento das nossas impressoras, os resultados da Fogra confirmam com imparcialidade essa característica dos equipamentos".

Fonte: EFI



Durst Brasil expande serviços de centro de manutenção

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2018
Centro de Reparos de Módulos passa a oferecer manutenção para cabeça da linha Rho

Centro de Reparos de Módulos passa a oferecer manutenção para cabeça da linha Rho

A filial brasileira Durst, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou que seu centro de reparos passou a oferecer serviços de manutenção para cabeças da família Rho. Até então, o núcleo, que fica em Campinas (SP) e é o único existente fora da matriz italiana, oferecia esse tipo de serviço apenas para os equipamentos Gamma, voltados à produção cerâmica. Portanto, clientes com impressoras industriais UV Rho de norte a sul do país também poderão usufruir das manutenções oferecidas pela marca.

Guilherme Poggianelli, gerente de operações da Durst Brasil, declarou: “Com a nova capacidade do Repair Center, queremos oferecer agilidade, velocidade e qualidade nos serviços de suporte técnico e reparo de cabeças de impressão para nossos clientes do segmento de comunicação visual. Através da estrutura atual, temos condições de realizar reparos nas cabeças de impressão Rho em dois ou três dias e de reinstalar o módulo no equipamento do cliente em tempo menor do que se houvesse a necessidade de importar esse item, e a um custo muito inferior ao de se comprar uma cabeça nova”.

Fonte: Durst Brasil