Nova geração de plotters de recorte Roland CAMM-1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2017
GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

A fabricante Roland DG anunciou três novos modelos de plotters de recorte da linha CAMM-1 GR: o 640 (com 1,62m de largura), o 540 (com 1,37m) e o 420 (com 1,06m). Segundo a empresa, a série foi redesenhada para oferecer mais precisão e velocidade e maior variedade de mídias.

Entre as novidades dos equipamentos está o design ergonômico do suporte e da máquina em formato "L", que dá mais estabilidade na produção. Além dele, o carro redesenhado, o suporte da lâmina e outros mecanismos permitem que as plotters operem em velocidade máxima de 1.485mm/s.

Para trabalhar com maior variedade de aplicações e mídias, a série GR oferece a função de ajuste de pressão dos roletes eletrônicos. As plotters também possuem uma ferramenta que permite o corte de sobreposição em substratos difíceis. Também há a função de emulação tangencial, que oferece maior precisão de corte de contornos para letras em mídias espessas.

Os equipamentos rodam com o software Roland CutStudio, que possui função de corte de perfuração indicada (para adesivos e decalques) e de corte por cor (útil em saídas de desenhos com várias folhas coloridas). O programa ainda inclui um plug-in que permite integração com Adobe Illustrator e CorelDRAW.

Yohei Shinomura, gerente de produto do negócio de impressão digital da Roland DG no Japão, declarou: “A indústria está mais diversificada. Além de sinalização, o corte agora pode ser utilizado para adesivação de janelas e veículos, proteção para automóveis, vestuário personalizado, etiquetas e decalques, protótipos de embalagem e muito mais. A amplitude de aplicações proporciona a oportunidade de uso de uma ampla gama de materiais, como películas para janelas, materiais refletivos de alta intensidade, materiais de termotransferência, papelão e máscara de jateamento”.

Desde 1988, a Roland DG vendeu mais de 440 mil plotters de recorte no mundo.

Fonte: Roland DG Brasil



Como escolher a resolução para a sua impressora digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/12/2012

resolução impressão

A escolha da resolução depende de fatores como a distância de visualização

Em dúvida sobre qual resolução usar na sua impressora? Então faça o seguinte: pergunte ao seu cliente onde o impresso será instalado e por quem e como ele será visualizado.

Se o impresso for visualizado a grandes distâncias, use resoluções menores. Isso porque, quanto mais o observador se afasta, mais dificuldade ele tem de enxergar os pequenos pontos que compõem a imagem. Ocorre uma ilusão óptica.

Já quando o impresso for visualizado a distâncias pequenas, use resoluções maiores, porque os observadores conseguem enxergar os detalhes da imagem.

Portanto, há uma relação inversamente proporcional: maior distância, menor resolução. Menor distância, maior resolução.

Sabendo disso, fica fácil aplicar a seguinte tabela:

Distância de visualização (metros) Resolução (dpi)
Mais de 15 75
Entre 3 a 15 Entre 150 e 300
Entre 1,5 a 3 Entre 360 e 720
Entre 0,5 a 1,5 Entre 720 a 1440
Menos que 0,5 Mais de 1440

Observação: ao escolher a resolução da sua impressora, também leve em consideração o gasto de tempo e de tinta. Existe uma relação diretamente proporcional: quando você opta por usar resoluções maiores, mais tempo e tinta você gastará para imprimir — o que vai encarecer o seu trabalho.

Por exemplo: um dada impressora trabalha na velocidade de 35m2/h, na resolução de 360 dpi, gastando 3ml/m2 de tinta. Se ela operar com 720dpi, gastará 5ml/m2 e vai imprimir na velocidade de 7,5m2/h (frisa-se que esse é apenas uma exemplo para fins didáticos).

O que é resolução de impressão

Segundo o "Guia Xaar para inkjet industrial", a resolução está relacionada com a precisão ou apuro visual de uma imagem. Ou seja, a habilidade de separar visualmente os objetos contidos numa imagem (e os seus limites). Para uma pessoa com acuidade visual média, isso significa distinguir uma par de objetos que compreendem um ângulo visual de 1 arco-minuto (1/60 de grau).

A resolução de impressoras digitais é medida em dpi (dots per inch — pontos por polegada). Se a resolução máxima de uma impressora é de 600dpi, isso quer dizer que ela imprime até 600 pontos (lado a lado) em uma polegada linear. Uma polegada equivale a 2,5cm.

Observação importante: não confundir resolução de impressão (medida em dpi) com resolução de dispositivos de visualização (como monitores), medida em ppi (pixel per inch — pixel por polegada).

Esse artigo é de autoria do InfoSign. Pulicado originalmente no dia 15 de dezembro de 2012.



Zünd lança Zünd Cut Center 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/12/2017
ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

A Zünd, fabricante de mesas de corte, anunciou a versão 3.0 do Zünd Cut Center (ZCC). O software passou a oferecer métodos de registro aprimorados e um painel de controle adicional, para acesso remoto às informações de produção.

O ZCC 3.0 inclui algoritmos para capturar as marcas com mais precisão. Assim, a câmera ICC visa apenas marcas críticas, ignorando as demais. Isso gera economia de tempo e aumenta a produtividade.

A dashboard é outro destaque da nova versão do aplicativo. Por meio dela, é possível visualizar os dados de desempenho das mesas de corte Zünd, para gerenciamento e acesso remoto a todos os dados de produção. O status do trabalho em tempo real pode ser visualizado a qualquer hora e em qualquer lugar. As estatísticas fornecem uma visão clara e instantânea da produção.

O Cut Queue do ZCC 3.0 oferece uma paleta de ferramentas de planejamento de produção e gerenciamento de tarefas. Muitas configurações podem ser manipuladas manualmente ou automaticamente por meio de hot folders, através do Cut Editor.

Os hot folders geram automaticamente arquivos para programas de CAD e layout. Isso acelera a preparação e elimina as etapas manuais. O software também otimiza automaticamente os dados de corte, para diminuir o tempo de processamento.

O Cut Editor também oferece funções de corte, vinco e nesting.

Fonte: Zünd