Impressoras da série HP Latex 500 terão compatibilidade com RIP Caldera V11

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/10/2016
Testes comprovaram a consistência do Caldera V11 em impressoras HP Latex 500

Testes comprovaram a consistência do Caldera V11 em impressoras HP Latex 500

A HP anunciou que o recém-lançado RIP Caldera V11 passou por uma série de testes de impressão necessários para obter a certificação para uso em equipamentos da linha HP Latex 500. A avaliação teve como objetivo garantir que o software seja compatível com os modelos da série mencionada, inclusive os novos 560 e 570.

Os testes foram realizados em condições controladas e envolveram a reprodução de arquivos de imagens TIF, JPEG, EPS, PDF e PNG. A certificação aplica-se a toda suíte Caldera V11, que inclui aplicativos como GrandRIP+, VisualRIP+, TextilePro e vários outros.

Segundo a empresa, os testes demonstraram que a transferência de dados e a reprodução de cores são precisas. Além disso, o Caldera V11 é capaz de relatar erros de sistema e problemas de impressão para que sejam solucionados rapidamente.

Um dos principais benefícios do credenciamento é os usuários poderem ter certeza de que o Caldera V11 oferece um novo recurso de sincronização, com o qual é possível usar as mesmas configurações de RIP em diferentes impressoras e locais. Isso reduz o tempo de instalação, pois a mesma configuração é empregada em diversas estações.

Arnaud Fabre, gerente de produto da Caldera, declarou: “Os testes demonstraram que os proprietários podem contar com o software Caldera para transferir fielmente instruções e dados de produção para suas impressoras látex. Escolher um RIP da Caldera significa escolher um sistema de software independente e otimizado para Linux ou Mac”.

Fonte: Caldera



Global Inkjet Systems lança placa gerenciadora de impressão USB 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

A Global Inkjet Systems (GIS), desenvolvedora de drivers e peças eletrônicas para cabeças de impressão, acrescentou a tecnologia USB 3.0 à sua família de placas gerenciadoras de impressão (Print Manager Boards, PMB). Com isso, a empresa passa a produzir e vender a nova PMB-C8-3.

Segundo a companhia, o novo dispositivo aumenta a taxa de transferência de dados para mais de 2.700Mb/s, permitindo o gerenciamento de um número maior de cabeças de impressão, o que reduz a quantidade de conexões no sistema de produção.

A nova PMB-C8-3 é também compatível com USB 2.0 e não substitui outros produtos da empresa. Mas a fabricante espera que ela seja mais utilizada em sistemas que empregam cabeças de alta resolução e alta velocidade, como a Kyocera KJ4, a Konica Minolta 1800i e a Ricoh Gen 5.

Nick Geddes, CEO da GIS, comenta: "As impressoras, principalmente as de única passada, têm empregado um número cada vez maior de cabeças, para proporcionar mais velocidade e resolução. Por isso, estamos sempre procurando melhorar todo o sistema. Ao adotar a tecnologia USB 3.0, estamos aumentando a confiabilidade das impressoras e dando início à próxima geração dessa tecnologia".

Fonte: Global Inkjet Systems



Plotter de recorte: guia para instalação de vinis adesivos recortados

Por Eduardo Yamashita em 12/10/2014

Saiba como garantir a qualidade da aplicação de vinis recortados por plotters

Saiba como garantir a qualidade da aplicação de vinis recortados por plotters

A instalação de imagens em vinil adesivo recortado por plotter é um processo simples e rápido. Mas não tenha pressa. Com concentração e paciência, é possível instalar imagens com facilidade e qualidade.

Siga as recomendações e os procedimentos abaixo para que o vinil seja corretamente aplicado – e garanta uma instalação profissional.

Preparação da superfície

Todas as superfícies devem ser cuidadosamente limpas antes da aplicação de vinis adesivos. Para tanto, siga os procedimentos de limpeza abaixo:

  • Plástico e vidro

Limpe a superfície com detergente neutro. Remova qualquer matéria seca, como cola e fita adesiva, com uma lâmina de estilete. Se estiver planejando usar acrílico, remova a proteção do material 24 horas antes da aplicação, para dissipar as bolhas de ar (desgaseificação). Se isso não for observado, pode ocorrer a formação de bolhas de ar sob o vinil em alguns dias. Para aplicar em cima de outro vinil adesivo, use álcool isopropílico para desengordurar a superfície.

  • Superfícies pintadas e metais básicos

Essas superfícies podem ser limpas com solventes como nafta, xilol, heptana ou desengraxante comercial. No caso de paredes, use álcool isopropílico. Seque a superfície com um pano sem fiapos antes de evaporar. Superfícies recém-pintadas devem ser secas e curadas pelo menos 72 horas antes da aplicação do vinil.

Requisitos de temperatura

A temperatura do ambiente e a da superfície a ser adesivada devem estar entre 10ºC e 25ºC, para que os melhores resultados sejam obtidos. Alta umidade (acima de 90%) pode afetar o processo de aplicação.

Materiais necessários

  • Estilete;
  • Mistura de detergente neutro e água (proporção: uma colher de sopa de detergente para cada litro de água);
  • Espátula plástica;
  • Pano seco e limpo;
  • Fita de papel crepada.

A imagem recortada é composta por:

  • Máscara de transferência de papel;
  • Vinil autoadesivo recortado;
  • Liner.

Passo a passo da instalação:

1. Use pequenos pedaços de fita adesiva para posicionar a imagem na superfície. Isso assegura o posicionamento adequado da imagem.

1. Use pequenos pedaços de fita adesiva para posicionar a imagem na superfície. Isso assegura o posicionamento adequado da imagem.

2. Aplique uma única faixa horizontal de fita adesiva na parte superior da imagem. A tira será utilizada como dobradiça (articulação), que fixa a imagem durante o processo de aplicação.

2. Aplique uma única faixa horizontal de fita adesiva na parte superior da imagem. A tira será utilizada como dobradiça (articulação), que fixa a imagem durante o processo de aplicação.

3. Mantenha a borda inferior do gráfico articulada (esticada) para longe da superfície e, aos poucos, remova o liner para expor o lado do adesivo do vinil à superfície. Cuidado: não deixe que o adesivo toque a superfície, pois ele tem forte aderência e poderá aderir à superfície de forma irregular. A remoção da imagem para a recolocação vai ser difícil ou impossível.

3. Mantenha a borda inferior do gráfico articulada (esticada) para longe da superfície e, aos poucos, remova o liner para expor o lado do adesivo do vinil à superfície. Cuidado: não deixe que o adesivo toque a superfície, pois ele tem forte aderência e poderá aderir à superfície de forma irregular. A remoção da imagem para a recolocação vai ser difícil ou impossível.

4. Sobre a superfície, pulverize a mistura de água e sabão, que reduz a aderência do vinil, permitindo levantar e recolocar o gráfico, se necessário.

4. Sobre a superfície, pulverize a mistura de água e sabão, que reduz a aderência do vinil, permitindo levantar e recolocar o gráfico, se necessário.

5. Mantenha a imagem esticada para longe da superfície. Com uma espátula plástica, inicie a aplicação para aderir a imagem na superfície. Trabalhe de cima para baixo. Não deixe que toda a imagem toque a superfície. Se rugas aparecerem, levante a imagem e volte a espatulá-la.

5. Mantenha a imagem esticada para longe da superfície. Com uma espátula plástica, inicie a aplicação para aderir a imagem na superfície. Trabalhe de cima para baixo. Não deixe que toda a imagem toque a superfície. Se rugas aparecerem, levante a imagem e volte a espatulá-la.

6. Uma vez que a imagem está na posição correta e adesivada sobre a superfície, comece a reespatular a imagem para retirar toda água. A partir do centro para fora, use movimentos firmes com a espátula para remover a água debaixo das letras individuais e dos elementos contidos na imagem.

6. Uma vez que a imagem está na posição correta e adesivada sobre a superfície, comece a reespatular a imagem para retirar toda água. A partir do centro para fora, use movimentos firmes com a espátula para remover a água debaixo das letras individuais e dos elementos contidos na imagem.

7. Depois de remover a água, retire a máscara da imagem. Para removê-la, borrife a mistura de água e sabão. Espere um ou dois minutos, para que o papel-máscara encharque. Remova cuidadosamente a máscara. Tenha cuidado para não puxar o vinil acima com o papel máscara.

7. Depois de remover a água, retire a máscara da imagem. Para removê-la, borrife a mistura de água e sabão. Espere um ou dois minutos, para que o papel-máscara encharque. Remova cuidadosamente a máscara. Tenha cuidado para não puxar o vinil acima com o papel máscara.

8. Usando o pedaço de sobra do liner, espatule toda a imagem para remover resíduos de água e pequenas bolhas. Coloque o pedaço de liner (que foi retirado na imagem) com o lado brilhante de frente para você. Continue a aplicar pressão com a espátula no sentido para fora, para remover água e bolhas de ar.

8. Usando o pedaço de sobra do liner, espatule toda a imagem para remover resíduos de água e pequenas bolhas. Coloque o pedaço de liner (que foi retirado na imagem) com o lado brilhante de frente para você. Continue a aplicar pressão com a espátula no sentido para fora, para remover água e bolhas de ar.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual