Dicas para aplicar o envelopamento líquido (Power Revest, da Imprimax)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/01/2013

Desde o lançamento do Power Revest, produto desenvolvido pela Imprimax, muitos carros já receberam o envelopamento líquido. Na mesma proporção, muitos profissionais tiveram de aprender a utilizar a novidade, para aplicá-la corretamente, evitando desperdícios e otimizando o resultado do envelopamento.

Além de agitar bem a lata antes de utilizá-la e limpar a válvula (virando-a de cabeça para baixo e pressionando até cessar o jato), o aplicador deve atentar-se aos seguintes itens (recomendados pela própria fabricante, a Imprimax):

Dicas para aproveitar melhor o Power Revest

  •  A influência do processo de aplicação: com pincel, trincha ou rolo, ocorre uma perda de 5% a 15% do Power Revest. Já nas aplicações com pistolas convencionais, a perda é maior: em torno de 30%.
  •  Em pinturas feitas em ambientes externos: principalmente quando está muito quente ou ventando muito, pode-se perder o dobro das quantidades mencionadas no item anterior. E o caso da aplicação com pistola é o mais crítico.
  • A forma de aplicação: também influi no rendimento. Se o pintor não tiver treinamento, habilidade e experiência, ele pode desperdiçar tempo e material. Por exemplo: na distribuição do produto sobre a superfície do carro. Se ele for aplicado em excesso, para atingir uma determinada espessura, a camada vai ficar sem uniformidade, prejudicando o resultado da aplicação.
 
Dicas para melhorar a aplicação do envelopamento líquido

Dicas para melhorar a aplicação do envelopamento líquido

 Dicas para aplicação e rendimento

 
  • Recomenda-se a diluição (com Redutor Power Revest) de, no mínimo, 10% do volume (podendo variar).
  • Durante a pulverização, se aparecerem névoas, partículas ou teias, pare a aplicação. Esses problemas tem como causa a diluição. Portanto, a recomendação é fazer a adição de 10% de redutor. Em seguida, faça o teste. Se ainda ocorrer a formação de teias, misture mais redutor (de 10% em 10%) até que a formação de teias pare. Saiba que o redutor diminui a viscosidade e retarda a secagem da produto.
  • As aplicações "ásperas" ocorrem quando o produto está caindo "seco" sobre a superfície. Para evitar que isso aconteça, regule bem a pistola, após acertar a diluição do Power Revest. Experiências com regulagens auxiliam muito na aplicação.
  • Variação climática (isto é, dias muito quentes ou frios) influencia na secagem do produto. A dica, para esses casos, é aumentar a diluição do Power Revest. Depois, será necessária a aplicação de uma ou mais demãos além do normalmente recomendado.
  • Não é necessário cobrir as partes onde o material não será aplicado. Porém, se cobri-las, você terá maior economia e menos tempo de limpeza.

Tabela para quantidade de Power Revest a ser utilizado:

 
  Exemplosde modelos Quantidade total de Power Revest Quantidade de Redutor necessária
Motos Burgman, CG, Fazer, Twister, Ninja, R1, Hornet choppers e carenadas em geral. De 1/4 a 2/4 (de 900 a 1.800ml) 1 Litro
Carros pequenos Hatchs em geral, Gol, Uno, fiesta, Mini Cooper, Corsa, Golf, Punto, 206, Clio etc. De 7/4 a 8/4 (6.300 a 7.200ml) 3 Litros
Carros médios Sedans em geral, Honda, Corolla, Elantra, Vectra, Sandero, Voyage etc. De 8/4 a 9/4 (de 7.200 a 8.100ml) 3 Litros
Carros grandes Modelos SW em geral, Omega, Azzera, Sonata, Malibu, BMW 325, Mercedes 180, Fusion, Passat etc. De 10/4 a 11/4 (de 9.000 a 9.900ml) 4 Litros
SUVs SUVs em geral Grand Blazer, Captiva, Edge, Freemont, Land Rover, Santa Fé, IX35, Ecosport, Silverado etc. De 12/4 a 13/4 (de 10.800 a 11.700ml) 4 Litros
Rodas De aro 15 a 22 De 1/4 a 2/4 (de 900 a 1.800ml) 1 Litro

Observações:

  •  1/4 de Power Revest cobre até 0,80m², na espessura recomendada: entre 0,08 e 0,12micra (de 8 a 12 demãos);
  •  A tabela acima leva em conta os diversos equipamentos de pintura. A variação (da quantidade total do produto) ocorre em função do dispositivo e da forma de aplicação;
  •  1/4 de Power Revest equivale a 900ml.

Fonte: Imprimax. Edição do texto: InfoSign



3M expande linhas de vinis e filmes para laminação e envelopamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/06/2016
Linhas Wrap Overlaminate Series 8900 e Wrap Film Series 1080 foram expandidas

Linhas Wrap Overlaminate Series 8900 e Wrap Film Series 1080 foram expandidas

A desenvolvedora 3M anunciou a adição de cinco opções de películas à série Wrap Overlaminate Series 8900. Indicada para laminação de vinis aplicados em envelopamento de veículos, a linha passou a contar com as versões Frosty Silver, Mystic Silver, Starry Silver, Sunburst Gold e Ruby Red, além das já lançadas Brushed e Carbon Fiber.

Segundo a empresa, os filmes da série 8900 adicionam brilho extra e novas texturas aos envelopamentos coloridos de veículos. Além disso, são compatíveis com materiais de outras linhas da 3M, como a Series 1080 e a Controltac Graphic Film. As películas são vendidas em rolos de 60 polegadas e têm garantia 3M MCS Warranty.

A 3M também adicionou três opções (Gloss White Gold Sparkle, Gloss Ice Blue e Gloss Cinder Spark Red) à linha Wrap Film Series 1080, que atualmente é composta por 86 tipos de vinis adesivos para envelopamento de carros. Recentemente, os três novos filmes foram instalados em uma Lamborghini Gallardo pela empresa Brand Ink, com sede em Minneapolis, nos EUA. A base do envelopamento foi o vinil branco dourado, realçado com detalhes em azul e vermelho.

Aj Mehta, dono de uma Lamborghini envelopada, declarou: “O branco perolado realmente salta aos olhos com os detalhes em vermelho e azul, e a qualidade do material 3M é fenomenal”.

Fonte: 3M



Papel para grandes formatos é lançado nos EUA

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/12/2012

A Sihl Digital Imaging, fornecedora norte-americana de substratos, acaba de apresentar uma nova mídia para aplicações de comunicação visual e grandes formatos. Chamado 3157 Pacifica, o papel fosco criado pela marca visa atender às necessidades daqueles que trabalham com impressão digital.

Segundo a empresa, o papel é branco, brilhante e tem resistência a água e a arranhões. O material também conta com um revestimento que protege a base do material, evitando o atravessamento da tinta impressa, garantindo uma impressão que valoriza a densidade das cores. 3157 Pacifica é compatível com equipamentos látex, UV, solvente e ecossolvente. Pode, também, receber laminação fria ou quente.

A nova mídia é recomendada para os seguintes modelos de impressoras:

  • Agfa – Anapurna, Jeti;
  • CET – X-Press;
  • Durst – Rho;
  • EFI – Rastek, Vutek;
  • Epson - GS, SureColor;
  • Fujifilm – Acuity Advance, Acuity LED, Inca, UVSTAR;
  • Gandy Digital - Pred8tor;
  • Hewlett Packard – Design Jet, Latex, Scitex FB, Scitex, Scitex TJ, Scitex XP;
  • Mimaki – CJV, JF, JV33, JV34, JV5, UJF, UJV;
  • Mutoh – ValueJet;
  • Océ – Arizona;
  • Roland – AJ, SOLJET, VersaART, VersaCAMM, VersaUV;
  • Seiko – ColorPainter.
substratos para grandes formatos

Fonte:  Sihl. Texto: InfoSign