Envelopamento líquido: como aplicá-lo em seu carro (passo a passo)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/11/2015

Já ouviu falar em envelopamento líquido, mas não tem ideia de como ele é aplicado? Então siga o passo a passo abaixo:

Aos olhos do leigo, envelopar um carro pode parecer fácil. Porém, a atividade exige conhecimento e muita habilidade dos profissionais (os adesivadores). Eles precisam saber escolher o vinil adequado, imprimi-lo corretamente (quando for o caso) e aplicá-lo com cuidado, a fim de evitar bolhas, arranhões e acabamentos mal feitos.

Sabendo de todos esses empecilhos, a Imprimax, fabricante nacional de películas adesivas, desenvolveu uma tecnologia que visa facilitar e melhorar todo esse trabalho: o Power Revest. Trata-se de uma substância líquida que, depois de aplicada por meio de um spray, forma uma película na superfície do veículo. Por isso, a tecnologia ganhou também o nome de envelopamento líquido.

Além da facilidade de aplicação, ele tem outra grande vantagem: confere um acabamento uniforme e sem remendas. Ficou interessado? Assista também ao vídeo:

Fonte: Imprimax. texto: InfoSign



Aplike anuncia cinco novas opções de vinis da linha AplikDecor

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/08/2016
Filmes simulam efeito de madeira, mármore, tijolo, pedra e couro

Filmes simulam efeito de madeira, mármore, tijolo, pedra e couro

A Aplike, fabricante nacional de vinis adesivos, anunciou o lançamento de mais cinco de opções de filmes da linha AplikDecor (com texturas que simulam efeito de madeira, mármore, tijolo, pedra e couro).

Indicados para decoração e arquitetura (corporativa, residencial e comercial) e reforma de móveis, os vinis podem personalizar diversos ambientes, como bancos, escritórios, restaurantes, hotéis, lojas, elevadores, entre outros.

Com adesivo reposicionável, as películas podem ser aplicadas em superfícies lisas, curvas, retas ou com cantos de 90º. Além disso, os filmes têm qualidade blockout e podem ser recortados em plotter;

Vendidas em bobinas com largura de 1,22m e comprimento de 15m, as mídias são compostas por frontal de PVC calandrado (de 0,15mm) e liner de papel siliconado de 150g/m2. Podem durar três anos em aplicações internas. 

Fonte: Aplike



Propaganda de rua volta a ser utilizada em São Paulo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/01/2013

Os novos pontos de ônibus instalados na cidade de São Paulo prometem aquecer o mercado publicitário. As propagandas, anteriormente vetadas pela "Lei Cidade Limpa", agora voltam às ruas da cidade nestes locais que abrigam quem espera pela condução.

A veiculação do material ocorre a partir de março. O design inovador dos pontos permite a inclusão de anúncios sem que haja poluição visual.

Relógios que marcam o horário e a temperatura local também voltam a ter mensagens publicitárias, mas apenas no mês de maio. Para que as propagandas sejam espalhadas pelas ruas, cerca de mil novos relógios serão instalados na Capital pela empresa francesa JCDecaux – que venceu na justiça pelo direito de utilizar este meio.

Vigente desde 2007, a "Lei Cidade Limpa" proíbe propagandas em forma de outdoors, cartazes e faixas em estabelecimentos.

As propagandas em pontos de ônibus, anteriormente vetadas pela

As propagandas em pontos de ônibus, anteriormente vetadas pela "Lei Cidade Limpa", voltam às ruas de São Paulo

Fontes: Prefeitura de São PauloFolha de São Paulo