Como aplicar vinis adesivos em pisos

Por Eduardo Yamashita em 01/09/2015
Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

A decoração de pisos é uma atividade em potencial para qualquer birô ou gráfica digital. Então por que não começar a oferecer esse tipo de serviço? A experiência em instalação de vinis e envelopamento de veículos certamente ajudará na execução de trabalho em pisos, que, no entanto, reserva algumas particularidades.

Por exemplo, se as bordas da película começam a levantar antes do término da vida útil do produto (que não é superior a seis meses), o trabalho deverá ser refeito. E por que as bordas levantam? Porque o piso não foi devidamente preparado antes da aplicação do vinil adesivo.

Assim, é melhor gastar alguns minutos para preparar a superfície do que ter de refazer o trabalho. Portanto, é importante saber como posicionar a imagem, como preparar a superfície e como instalar a imagem.

Onde posicionar a imagem

Antes da instalação, é preciso ter certeza de que o vinil vai aderir ao revestimento do piso, que pode ter superfície encerada, de concreto selado, mármore, azulejos de cerâmica ou madeira selada. Mas essa não é a única condição. A superfície do piso deve estar presa e em boas condições. Não adesive sobre peças soltas e irregulares. Além disso, a superfície deve estar protegida, sem reboco (rejunte) solto e livre de rachaduras e lascas. Também deve estar isenta de silicone, pois ele inibe a adesão do adesivo.

Certifique-se de que o piso está bem fixado. Isso porque revestimentos de assoalho colados irregularmente podem se soltar, o que resulta no levantamento prematuro da imagem. Além disso, o revestimento do assoalho pode sair com o vinil durante a retirada do material.

1
Por razões de segurança e para manter a integridade da imagem, é importante colocá-la numa área de trânsito moderado, longe das portas principais

É importante também ressaltar que a imagem fica escorregadia quando molhada. Portanto, é melhor escolher um local onde não chova.

Ao instalar a imagem em um armazém, as empilhadeiras e os motores de reboque podem comprometer a integridade da imagem por derramar óleo e sujeira de rastreamento sobre a película adesivada.

Antes da instalação, pergunte-se: Qual é o volume de tráfego de pés e quanto tempo a imagem deve durar? Imagens em piso de um estádio durarão e permanecerão vibrantes e sem levantar as bordas?

Isso depende de quantas pessoas caminharão sobre a imagem. Esse é o lado negativo. O lado positivo é que há muitos pisos e superfícies para adesivar com anúncios.

Preparação da superfície

Depois de determinar o local apropriado para a imagem, é necessário preparar a superfície para a aplicação do vinil autoadesivo. Caso contrário, a durabilidade da imagem poderá ser comprometida. Em suma, a superfície de aplicação deve estar limpa, lisa e seca.

Limpeza do piso

Em primeiro lugar, pulverize a área onde a imagem será aplicada. Use uma solução com 20 gotas de detergente por litro de água. Não use sabonetes ou detergentes enzimáticos. Limpe a área e, em seguida, limpe uma área 20cm maior do que a imagem total.

Depois, limpe novamente. Com o chão limpo, seque-o com um papel toalha que não solte fiapos. Certifique-se de remover toda a poeira sem deixar sujeira em seu rastro.

Para obter o resultado desejado, é imprescindível limpar corretamente o piso antes da adesivação

Remoção de óleo e graxa

É preciso enfatizar: é necessário limpar o chão com uma toalha de papel sem fiapos umedecida e álcool que não contenha loções ou aromas. O álcool isopropílico é o melhor - não utilize álcool em gel.

Para evitar deixar resíduos, limpe a superfície completamente seca com uma toalha de papel sem fiapos antes de evaporar o álcool.

A superfície brilhante é melhor, mas nem sempre será possível trabalhar com esse tipo de superfície.

Antes de trabalhar com pisos pintados, realize um teste para ter certeza de que a tinta do chão não será removida caso o vinil seja reposicionado ou retirado. Considere o seguinte: a maioria das imagens de piso tem adesivo permanente, que é extremamente agressivo.

Armado com essas informações, você muito provavelmente obterá uma instalação bem-sucedida. Uma dica final: sempre preste muita atenção às orientações específicas dos fabricantes dos vinis. Alguns requisitos adicionais podem fazer grande diferença na aplicação final.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual
Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

 



Tendências e números do mercado global de impressão de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2017
Estudo internacional aponta direções sobre o segmento que não para de crescer

Estudo internacional aponta direções sobre o segmento que não para de crescer

A Keypoint Intelligence, consultoria internacional especializada em análises de mercado, publicou informações de seu estudo Wide format forecast 2016-2021 (Previsões para grandes formatos, de 2016 a 2021), que contém tendências globais que deverão afetar o segmento nos próximos anos. Um dos apontamentos do estudo revela que o crescimento de vendas de hardwares tem diminuído, ao passo que a produtividade dos dispositivos continua a crescer. No entanto, as vendas de mídias e tintas continuam a aumentar. Além disso, as impressoras de grande formato sublimáticas, UV e látex têm contribuído para a expansão da estamparia têxtil digital. Os segmentos gráfico e de decoração são os que mais contribuem para crescimento do mercado.

Principais pontos do estudo

Tecnologia UV: o estudo previu uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 11% para as impressoras UV e UV LED no período de 2015 a 2020, e o mesmo crescimento foi esperado entre 2016 e 2021. As inovações na cura LED têm permitido que esses sistemas estampem maior gama de mídias, tornando-os mais atraentes aos investidores.

Látex: as tintas látex à base d’água continuam a penetrar no segmento. De acordo com o estudo, a látex tende a aumentar cerca de 6% nos próximos cinco anos.

Sublimação: as vendas de material sublimático para sinalização (soft signage) experimentaram um crescimento de 26% em 2016. Atualmente, os tecidos sublimados digitalmente oferecem maior durabilidade em ambientes outdoor. As tintas pigmentadas, sublimáticas, látex e UV podem ser usadas para a impressão têxtil, cada qual com suas características e aplicações.

Eventos: feiras e exposições estão evoluindo com o setor, em constante expansão. Neles, é comum ver tecnologias de pequenos formatos UV, impressoras de grandes formatos para sublimação e revestimentos de parede impressos com tintas de látex, além de vários outros sistemas de impressão digital.

Amadurecimento: embora fusões e aquisições tenham diminuído, o mercado de impressão de grande formato continua a mostrar sinais de maturidade mesmo com a desaceleração geral nas vendas de impressoras. Apesar desse declínio, o estudo aponta que os volumes de impressão de grande formato na América do Norte aumentem de forma constante até 2021.

Única passada: a tecnologia aumentou sua presença em toda a indústria de impressão de grande formato, e segmentos industriais abraçaram completamente essa tecnologia. Somente na América do Norte, espera-se que as máquinas de única passada com tinta aquosa demonstrem uma CAGR de mais de 41% até 2021.

Tintas digitais: o segmento experimentou crescimento em 2016. Impressoras maiores e mais rápidas começaram ser introduzidas no mercado. Novas tintas pigmentadas também deverão ser lançadas. Embora comuns na impressão direta para vestuário (DTG), elas entraram lentamente na indústria têxtil. Tecnologias látex e UV: as vendas de hardware de látex continuam a aumentar, substituindo parte da base instalada de tecnologias solventes. Espera-se que a UV atinja uma CAGR de 6% entre 2016 e 2021.

Tendências

Sofisticação dos provedores de serviços de impressão

Gráficas e birôs de impressão continuam a expandir seus negócios de grandes formatos, e alguns se tornaram muito sofisticados. Por exemplo, a FedEx e a FastSigns estão fornecendo impressões digitais em uma variedade crescente de substratos. A Amazon também entrou no jogo: em janeiro de 2017, a empresa passou a comercializar vestuário personalizado por meio do serviço Merch.

Embalagens

Aplicações de ponto de vendas (PDV) e embalagens para varejo estão permitindo a entrada de birôs com impressoras UV no mercado de embalagens. Há um movimento recente de integração entre os segmentos. Por exemplo: a ISA de 2017, feira de sinalização que aconteceu em abril nos Estados Unidos, foi realizada em conjunto com a Collaboration in Packaging Production, exposição de convertedores de rótulos, etiquetas e embalagens. Essa é uma tendência global.

Impressoras UV de mesa

Recentemente, uma série de impressoras LED UV de mesa foram lançadas no mercado. Mais acessíveis, elas podem estampar artigos diversos, como bolas de golfe e capas de smartphones. Algumas podem acomodar peças de madeira compensada, papelão ou qualquer outro material que se encaixe na mesa de impressão. São aplicações que combinam com lojas de brindes.

Novas opções de mídias

A mídia têxtil pode ser usada para produzir muitas aplicações, como bandeiras e sinalizações retroiluminadas. São produtos que estão cada vez mais populares no mundo, e imitam o desempenho de filmes translúcidos. Os fornecedores de mídias continuam a expandir suas ofertas, e muitos tipos de substratos (canvas, ​poliéster, linho, tapetes de feltro, carpetes etc.) estão mais disponíveis. Há empresas que oferecem uma variedade de mídias especiais para aplicações em janelas, pisos e madeiras. Com o passar do tempo, a impressão em mídias especiais provavelmente aumentará.

Indústria 4.0

Os fabricantes mais experientes de equipamentos estão trabalhando para melhorar a eficiência operacional das máquinas que vendem, para que elas integrem todos os elementos da produção em um único painel de controle, que fornece informações detalhadas sobre qualidade e produtividade. A combinação de dados e automação permitirá que gráficas e birôs maximizem a lucratividade e melhorem a satisfação do cliente. Novos serviços baseados em nuvem suportam componentes de impressão de grande formato, como mídia, design e RIP. Funções como acabamento, rastreamento, arquivamento e revisão também podem ser suportadas por meio dessas ferramentas virtuais.

Acabamento

O acabamento tornou-se mais complexo e pode ser um gargalo. Muitas mesas de corte e routers atualmente fazem corte de contorno, corte de madeiras e metais e até mesmo dobras para criar projetos de embalagens de papelão. Para a impressão de tecidos, são necessárias prensas térmicas. A demanda por costura também está aumentando, mas ela pode ser concretizada por costureiras externas. A robótica também está começando a suportar o carregamento de mídias de grande formato.

Tintas digitais

Inovações em tintas látex, pigmentadas, sublimáticas e UV provavelmente remodelarão o mercado de grande formato nos próximos anos. O desenvolvimento desses insumos permitirão uma produção mais abrangente de aplicações. Por exemplo: a durabilidade melhorada da tinta de látex criará mais possibilidades para aplicações outdoor de alta permanência. Novas tintas pigmentadas criação revestimentos repelentes à água. Novas tecnologias de sublimação oferecerão melhor saturação de cores e menos desperdícios. Em função do alto alongamento, as UV curadas por LED estão se tornando mais aceitas, oferecendo uma alternativa às tintas solventes. Enquanto isso, as últimas tintas de gel prometem cores mais vivas, menores camadas de deposição de tinta e custos mais baixos.

Opinião

O segmento de grandes formatos é diferenciado. Abrange muitas indústrias, suporta uma gama cada vez maior de aplicações e mostra sinais de amadurecimento. À medida que as impressoras e tintas continuam a evoluir, o setor evolui. O crescimento saudável e o crescente número de tipos de dispositivos significam que nunca houve um momento melhor para que as gráficas e birôs entrarem para o mercado de impressão de grande formato.



DSI inaugura showroom em Maringá

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/03/2018
Empresa distribui equipamentos Epson

Empresa distribui equipamentos Epson

A DSI, distribuidora de impressoras digitais, realizou no dia 15 de março um open house para inaugurar seu showroom na cidade de Maringá (PR). O novo espaço conta com soluções da marca Epson para os segmentos de tecidos, sublimação, comunicação visual e etiquetas.

A DSI atua no mercado desde 1992. Inicialmente, prestou serviços de estamparia e impressão. Mais tarde, passou a vender equipamentos e suprimentos e prestar assistência técnica. Então, em 2002, a empresa firmou parcerias internacionais para trazer ao Brasil produtos de impressão sublimática digital.

Com matriz no Rio Grande do Sul, a DSI atualmente distribui impressoras de grande formato da Epson e conta com equipe técnica qualificada. Além do novo showroom em Maringá, a empresa tem unidades em São Paulo (SP), Campina Grande (PB) e Belém (PA).

Fonte: DSI

Tags: DSI, Epson,