Impressora digital (grande formato): dicas para escolher a ideal

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

Não, escolher uma impressora digital não é fácil. O empresário, além de correr inúmeros riscos ao investir num equipamento, depara com centenas de modelos, entre novos e usados, na hora de adquirir a máquina. O assédio dos fornecedores é grande. A concorrência é acirrada. Então, o que fazer para acertar — ou diminuir as incertezas — na hora de escolher a impressora? O InfoSign mostra algumas dicas rápidas, mas não rasteiras, principalmente para os empresários iniciantes.

Conheça a sua clientela

Comprar uma nova impressora para quê? Fazer e responder a essa questão é o primeiro passo. A sua empresa tem essa necessidade para atender quais clientes e demandas? Se você não souber, corra imediatamente atrás dessas informações. Quanto mais foco e clareza você tiver, melhor. Há muitas possibilidades de aplicações. E saiba que não existe uma impressora que dê conta de todas elas.

Qual é o tipo de serviço que o seu cliente demanda? PDV é opção

A verba que você dispõe para o investimento

Ok, você já conhece o seu foco. Por exemplo: estamparia e personalização de tecidos. Ao saber disso, você naturalmente vai restringir as suas possibilidades de investimento (o que aumenta as suas chances de acerto). Porém, há outras limitações, como o montante que a sua empresa dispõe para o investimento.

E mais: não pondere apenas o preço da máquina. O investimento vai além: há gastos com periféricos (no-break e computador, por exemplo) e instalação (aterramento, ar condicionado, sala de impressão, entre outros). Se você dispõe de 50 mil reais, por exemplo, gastará aproximadamente 20 mil reais para a correta acomodação do equipamento. O restante do valor fica para a impressora (esse é apenas um exemplo; há muitos outros).

Conheça as impressoras e as tecnologias agregadas

Aprenda o máximo possível sobre impressoras digitais e suas aplicações. Aos olhos do leigo, parece não haver muita diferença entre as tecnologias UV e látex. Mas quem as conhece a fundo sabe que ambas têm características bem particulares.

É fundamental dominar informações sobre dispositivos, auxiliares, periféricos, softwares, tipos de tintas, sistemas de alimentação de substratos, entre outros elementos essenciais de uma impressora. Saiba, também, que a tecnologia digital está em evolução constante e que as máquinas entram em rápida defasagem. Portanto, use mídias, como o InfoSign, para conhecer mais a tecnologia e se manter atualizado.

Conheça o mercado: fabricantes, distribuidores, concorrentes e parceiros

Procure empresas com as quais você possa fechar uma parceria. Tenha em vista que a compra de uma impressora não envolve apenas a negociação, mas também toda uma série de atividades pós-venda, como entrega, instalação, assistência técnica entre outros serviços.

Busque conhecer empresas que tenham credibilidade e solidez. Para tanto, consulte empresários que já adquiriram impressoras digitais. Colha informações. Não hesite em ir aos show rooms das fornecedoras. Converse com os vendedores e técnicos. Visite feiras de negócios e eventos nos quais você possa ter contato com profissionais da área, além de poder ver as impressoras em ação.

Feiras oferecem ótimas oportunidades para pesquisar e comprar impressoras



HP apresenta novas impressoras HP Latex 3600 e 3200

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Séries HP Latex 3600 e 3200 são indicadas para birôs grandes

Séries HP Latex 3600 e 3200 são indicadas para birôs grandes

A HP aproveitou a Fespa 2017, feira que ocorreu entre os dias 8 e 12 de maio, na Alemanha, para lançar as novas séries HP Latex 3600 e 3200, compostas por impressoras com 3,2m de largura.

Indicada para gráficas e birôs grandes, a impressora HP Latex 3200 produz uma ampla gama de aplicações com alta produtividade para lojas de varejo, eventos, exposições, envelopamentos e decoração de interiores.

Já a HP Latex 3600 é indicada para birôs ainda maiores, que demandam impressão ininterrupta de largas tiragens. Segundo a empresa, a máquina pode lidar com picos de produção de até 35 mil metros quadrados por mês, sendo recomendada para estampar banners, backlits, papéis de parede e sinalizações de varejo e eventos.

A empresa também destacou outras novidades nas impressoras, como o modo especial de panelização, a ferramenta de redução de desperdício de mídias (pode economizar até um metro linear por rolo, usando o HP Latex Media Saver), a manutenção automática das cabeças de impressão, os cilindros mais robustos para suportar rolos mais pesados (e demandar menos mudanças de bobinas) e os tanques de 10 litros de tinta (HP Latex 3600).

Fonte: HP



EUA sediam maior exibição de obras de arte ao ar livre do mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/08/2014

Diversos tipos de aplicações foram usadas para exibir algumas das mais emblemáticas obras de arte dos EUA

Diversos tipos de aplicações foram usadas para exibir algumas das mais emblemáticas obras de arte dos EUA

Painéis digitais por toda Times Square, em Nova York, EUA, exibirão no mês de agosto imagens de 58 trabalhos clássicos e contemporâneos de arte norte-americana. Trata-se de parte da Art Everywhere US (Arte em Toda Parte dos EUA), exposição ao ar livre que emprega aproximadamente 50 mil instalações (estáticas e digitais) espalhadas por 50 estados dos EUA. O projeto emprega outdoors de ruas e estradas, pontos de ônibus, plataformas de metrô, placas em aeroportos, vídeos em cinemas, entre outras formas de comunicação visual.

Segundo a OAAA (Outdoor Advertising Association of America), entidade responsável pelo trabalho, a Art Everywhere US é a maior exposição de arte ao livre já realizada no mundo.

As 58 imagens, que cobrem 230 anos de arte, foram tiradas de coleções de cinco grandes museus do país, que colaboraram com a associação para viabilizar o projeto. Artistas, estados, fundações e agências de direitos também ajudaram.

Nancy Fletcher, presidente da OAAA, declarou: "Art Everywhere US é mais um marco da nossa indústria na contribuição de recursos para o serviço público. Estamos gratos aos museus que permitiram mostrar o patrimônio artístico dos EUA ao povo".

Confira algumas das instalações da exposição:

Displays de sinalização digital exibirão dezenas de obras de artes norte-americanas durante o mês de agosto

Displays de sinalização digital exibem dezenas de obras de arte norte-americanas durante o mês de agosto

Outdoors espalhados pelos EUA exibiram o melhor da arte do país

Outdoors espalhados pelos EUA apresentam o melhor da arte do país

A exposição também chegou aos pontos de ônibus

A exposição também chegou aos pontos de ônibus

Aproximadamente 50 mil instalações foram realizadas para o Art Everywhere US

Aproximadamente 50 mil instalações foram realizadas para o Art Everywhere US

Cidade de Nova York destacou imagens clássicas e contemporâneas

Cidade de Nova York destacou imagens clássicas e contemporâneas

Fonte: Digital Signage Connection