Caldera cria plataforma on-line de personalização de máscaras

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/07/2020
MaskFactory foi criada para ajudar birôs em momento de dificuldade

MaskFactory foi criada para ajudar birôs em momento de dificuldade

A desenvolvedora Caldera criou a MaskFactory, uma iniciativa que ajudará a suprir a crescente demanda de máscaras de proteção contra o coronavírus. A ação também visa apoiar gráficas e birôs em dificuldades.

Com base no SportsFactory, lançado na Fespa Berlim 2018, a MaskFactory é uma microfábrica on-line por meio da qual os consumidores criam máscaras personalizadas e confeccionadas de acordo com as normas francesas da AFNOR. Os clientes precisam apenas escolher suas imagens e padrões, disponíveis na plataforma, para estampar cores e adicionar seus nomes.

Os funcionários da Caldera tiveram a ideia de criar a MaskFactory ao perceber que havia uma escassez no fornecimento de máscaras certificadas e ao reconhecer que as máscaras disponíveis não são atraentes ao gosto das crianças.

Sébastien Hanssens, vice-presidente de marketing, operações e TI da Caldera, explica: “Como pais, estávamos achando difícil conseguir máscaras com as quais as crianças se sentissem felizes e confortáveis. A ideia por trás da MaskFactory é que, ao tornar a proteção do rosto divertida e colorida, podemos trazer um pouco de leveza à situação difícil em que vivemos”.

A Caldera espera que, com a MaskFactory, seus clientes compensem perdas de receita devido à crise da covid-19, dando-lhes novas oportunidades de negócios. “É uma situação em que todos saem ganhando. Nossos clientes podem continuar desenvolvendo seus negócios nesse período difícil, e famílias poderão obter máscaras seguras e personalizadas”, comentou Sébastien.

A Caldera está trabalhando com parceiros na Europa e nos EUA para começar a oferecer o serviço MaskFactory o mais rápido possível.

Estampadas com impressão sublimática, as máscaras são compostas por um forro de poliéster e um forro interno de polipropileno não tecido. Todos os materiais são fabricados na Europa.

Fonte: Caldera



Como sua empresa de impressão pode sobreviver à crise do coronavírus

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2020
Empresários australianos compartilham estratégias para manter a perspectiva em tempos de pandemia

Empresários australianos compartilham estratégias para manter a perspectiva em tempos de pandemia

Em meio à crise causada pela pandemia de covid-19, empresas do setor estão se mobilizando para ajudar a comunidade de impressão internacional. Uma das maiores gráficas digitais da Austrália, a Mediapoint compartilhou algumas das suas estratégias para atravessar esse momento difícil:

Saúde dos colaboradores

A saúde dos profissionais, bem como de suas famílias, vem em primeiro lugar. Certifique-se disso. Seus clientes entenderão esse ponto.

Conheça seu status atual

Você precisa conhecer seu capital de giro atual, para determinar quanto tempo você pode realmente sobreviver. Você também precisa calcular quanto dinheiro seus clientes estão devendo, além de saber o que você deve aos seus fornecedores.

Descobrir seu ponto de equilíbrio

Descubra quais são suas despesas gerais essenciais e quais os direitos da equipe que você precisa pagar no caso de um “lockdown”.

Por quanto tempo seu negócio pode se manter?

Divida seu capital de giro pelo ponto de equilíbrio mensal e veja quantos meses você pode durar.

Você está confortável?

Se você não se sentir confortável com o tempo que sua empresa pode se manter, você pode enxugar despesas gerais? Você pode pedir ajuda ao banco? Você pode estender os pagamentos? Você precisa tomar decisões duras? A cada 10% economizado mensalmente em seu fluxo de caixa, você ganha 10% mais de tempo de operação.

Funcionários

Cuide de sua equipe o máximo que puder, para que ela possa sobreviver. Mas a prioridade número um é garantir que seus colaboradores tenham um local de trabalho para quando voltarem. Quando a pandemia chegar ao fim, mais pessoas ficarão desempregadas; portanto, quanto mais vagas você puder manter, melhor.

Mantenha a calma

Esta é a melhor oportunidade que você terá para mudar seus negócios, então use-a com sabedoria.

Fonte: Mediapoint



Epson anuncia nova impressora de camisetas SureColor F2100

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2018
SureColor F2100 faz parte da nova geração de equipamentos Epson de impressão direta em camisetas

SureColor F2100 faz parte da nova geração de equipamentos Epson de impressão direta em camisetas

A fabricante Epson anunciou no mercado internacional a SureColor F2100, impressora digital de camisetas sucessora da SureColor F2000.

Segundo a empresa, a máquina pode operar no dobro da velocidade da impressora da geração anterior e estampa diretamente peças de algodão (100%) e com misturas de tecido (50%/50%), como camisetas, jaquetas, sacolas, entre outras.

Com cabeça TFP PrecisionCore e tinta UltraChrome DG, a SureColor F2100 trabalha com as cores CMYK e branco e apresenta melhorias, como a mesa com carregamento de mídia mais rápido e o novo software Epson Garment Creator (disponível para MacOS e Windows, o aplicativo oferece ferramentas para layout, gerenciamento de cores, controle de tinta, estimativa de custos, entre outras funções).

A máquina vem com um novo sistema de autolimpeza projetado para reduzir o tempo de manutenção. A solução limpa a cabeça de impressão com um dispositivo de tecido e um cartucho em linha, e o sistema autônomo integrado permite que o equipamento realize manutenção diária, para reduzir o tempo de inatividade. Além disso, a tinta branca é filtrada antes de atingir a cabeça, projetada para reduzir o entupimento do nozzles.

Outra tecnologia exclusiva da SureColor F2100 é a PrecisionDot, que dá saída em imagens com detalhes e gradações tonais mais suaves e preserva a peça de vestuário. Ela também oferece novos modos de impressão, como o Light Garment e o Highlight White (que estampa brancos mais brilhantes ao aplicar uma segunda camada de tinta, ao mesmo tempo que imprime as tintas coloridas).

Fonte: Epson