Zünd cria dispositivo para aumentar produtividade de mesas de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/03/2018
Over Cutter Camera OCC captura marcas de registro simultaneamente

Over Cutter Camera OCC captura marcas de registro simultaneamente

A Zünd, fabricante suíça, anunciou o Over Cutter Camera OCC, sistema de captura simultânea de marcas de registro que pode ser adicionado a mesas de corte da linha Zünd G3.

Com o objetivo de aumentar a produtividade no acabamento de peças impressas, o sistema OCC emprega uma câmera e é operado pelo software Zünd Cut Center ZCC, que compensa as possíveis distorções nas imagens e realiza o acabamento dos impressos.

Segundo a empresa, a Over Cutter Camera OCC é uma inovação para a substituir a abordagem tradicional de captura de marcas de registro. Além disso, dispensa a intervenção manual dos operadores.

Fonte: Zünd



Grátis: Fespa Brasil 2015 promove a segunda edição do congresso sobre comunicação visual e impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/03/2015

Confira as palestras que serão ministradas no congresso que ocorre dentro da Fespa Brasil 2015

Confira as palestras que serão ministradas no congresso que ocorre dentro da Fespa Brasil 2015

Durante a Fespa Brasil 2015, feira que ocorre de 18 a 21 de março, em São Paulo, o visitante poderá assistir gratuitamente às palestras da segunda edição do Congresso Internacional de Comunicação Visual e Impressão Digital. O interessado em participar deve se cadastrar por meio do site.

Ministrado por empresários, líderes e especialistas do mercado, o evento é promovido pela APS, empresa que tem mais de uma década na organização de eventos, e a Fespa, entidade europeia com mais de 50 anos de experiência dedicados à comunicação visual, impressão digital e serigrafia.

Confira a programação do evento:

Dia 18 de março:

  • 13h40 às 14h40 – Qual o seu custo e o seu preço de venda? Aprenda a elaborar
  • 15h às 16h – O Futuro da Impressão Solvente
  • 16h às 17h – Gerenciamento de Cores para Grandes Formatos – Saiba como seu trabalho ficará quando impresso, antes de imprimi-lo
  • 17h às 18h – Diversificação – O novo paradigma do mercado de impressão digital de grande formato
  • 18h às 19h – Impressão Digital como Tendência para Comunicação e Decoração

Dia 19 de março:

  • 14h às 15h – Mercado e História da Impressão Digital Têxtil
  • 16h às 17h – Gerencie melhor seu negócio e cresça
  • 17h30 às 19h30 – Primeiro debate de estratégias de mercado da comunicação visual no Brasil

Dia 21 de março:

  • 11h às 12h – Indústria digital: da impressão à solda, passando pela moda, eis a comunicação Visual no modo eletroeletrônico
  • 12h às 13h – Desafio do Mercado de Livros: Continuar com a estocagem ou produzir sob demanda?
  • 13h às 14h – Como ganhar dinheiro com outsourcing de impressão térmica
  • 14h às 15 – Impressão Sublimática e seus mercados
  • 15h às 16h – Como obter o melhor custo-benefício na produção

A HP é patrocinadora do evento. Para a empresa, "participar do Congresso Internacional é uma excelente oportunidade para compartilhar o trabalho de desenvolvimento de mercado que temos realizado".

Fonte: Fespa Brasil



Como são reproduzidas cópias oficiais das obras de Van Gogh

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2019
Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Localizado em Amsterdã, na Holanda, o Museu Van Gogh abriga a maior coleção de obras do pintor homônimo. O visitante da exposição pode admirar uma coleção permanente de obras-primas de um dos pintores mais famosos e apreciados no mundo.

O museu abriga uma loja de lembranças onde é possível comprar objetos temáticos e itens colecionáveis. Entre ele, estão reproduções autenticadas (com certificado) e de alta definição das pinturas de Van Gogh.

Todas as imagens das obras-primas foram digitalizadas com scanners de alta resolução, que capturaram detalhes finos, texturas de pinceladas, protuberâncias de tinta e texturas das superfícies dos quadros. Por isso, as reproduções são quase idênticas aos originais.

Para estampar as imagens, o Museu Van Gogh utiliza uma Canon imagePrograf, capaz de produzir impressões de alta qualidade (na resolução de 2.400 x 1.200dpi) em papel ou canvas. A máquina emprega um conjunto de 12 tintas inkjet pigmentas, nas cores: preto fotográfico, preto fosco, ciano, magenta, amarelo, ciano fotográfico, magenta fotográfico, cinza, fotográfico cinza, vermelho, azul e otimizador cromático.

Para proteger reproduções de obras de arte, recomenda-se usar um vidro de proteção em cima das impressões, para para protegê-las da luz. Pode-se optar por envernizar o material com um revestimento que ressalte as cores e proteja a peça contra arranhões.

Após a impressão e o envernizamento, as imagens são montadas em uma base. As impressões em papel podem ser fixadas em poliestireno, papelão, placas de alumínio ou qualquer outra superfície plana. As telas tambpem podem ser esticadas à mão sobre uma moldura de madeira, para que o quadro fique com um aspecto mais artesanal. É aconselhável que as molduras de madeira tenham certificação PEFC e FSC, para garantir o manejo florestal sustentável. Existem muitos tipos de molduras, mas o mais importante é que ela reflita a qualidade da impressão.

Qualquer um pode adquirir uma reprodução autenticada das obras de Van Gogh

Fonte: Flaar