Marbor e Roland DG Brasil fecham parceria

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/05/2013

Com a intenção de fortalecer suas marcas no mercado têxtil, a Marbor, distribuidora nacional de soluções para tecidos, e a Roland DG Brasil, fabricante de impressoras digitais, selaram um acordo vigente desde o início de abril.

A partir desse mês, a Marbor passa a revender impressoras sublimáticas da marca japonesa. "Nesse ano, vamos dar foco na impressão sublimática, o que vai ao encontro das intenções da Roland DG, que terá grandes novidades para o segmento. Também esperamos crescer com a parceria", comentou Marcos Pinhata, gestor de produto da Marbor.

Por sua vez, a Roland DG busca ter maior penetração no ramo industrial têxtil, segmento no qual a Marbor atua há mais de 50 anos. A marca japonesa pretende atingir esse objeto não apenas com suas linhas já clássicas de impressoras, mas com novidades como o modelo RE-640S, recém-apresentado na feira Fespa Brasil 2013.

Objetivo da parceria é ampliar força das empresas no mercado industrial têxtil

Objetivo da parceria é ampliar a força das empresas no mercado industrial têxtil

Fonte: Roland DG Brasil



Konica Minolta lança no Brasil bizhub PRESS C71cf

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/12/2017
bizhub PRESS C71cf é novo modelo de impressora digital de rótulos e etiquetas

bizhub PRESS C71cf é novo modelo de impressora digital de rótulos e etiquetas

A Konica Minolta, fabricante de impressoras digitais, apresentou ao mercado brasileiro o bizhub PRESS C71cf, equipamento para estampar médios e pequenos volumes de rótulos e etiquetas.

Com tecnologia toner Simitri HDE, a impressora possui quatro canais (CMYK) e trabalha na resolução de 1200 x 1200dpi e na velocidade máxima de 18,9m/min (de acordo com o tipo de papel). Além disso, apresenta formato máximo de impressão de 1195 x 320mm e comporta mídias com largura máxima de 330mm e gramaturas variadas (de 60g/m2 a 250g/m2).

Segundo a empresa, a bizhub PRESS C71cf reproduz imagens, códigos de barras e caracteres com grande precisão, para os segmentos cosmético, alimentício, de bebidas, etiquetas com especificações ou avisos sobre uso e armazenamento.

A máquina está equipada com sistema de processamento de imagem SEAD, que permite rasterizar imagens para impressão de modo estável. Tanto para impressos coloridos quanto P&B, as imagens são processadas no padrão de resolução 1200x8bits, com 256 gradações aplicadas em 1 pixel.

Além de contar com um design compacto, a bizhub PRESS C71cf mantém o mesmo princípio de operação intuitiva dos demais equipamentos da Konica Minolta. Tarefas e configurações de saída podem ser facilmente aplicadas por meio de um monitor integrado com tela touch de 15 polegadas.

Ronaldo Arakaki, gerente geral da Konica Minolta Business Solutions do Brasil, declarou: “Estamos muito felizes por poder apresentar a bizhub PRESS C71cf ao mercado brasileiro. Nos últimos anos, o Brasil vem se destacando na produção de rótulos e etiquetas com forte apelo visual. Estou certo de que nossa solução permitirá aos impressores do segmento label se diferenciar em qualidade e produtividade através de um equipamento compacto, flexível e robusto, que incorpora o melhor de nossa tecnologia de impressão e imagem”.

Fonte: Konica Minolta



InfoTrends faz estudo sobre fornecedores do setor de grandes formatos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

Estudo visa identificar falhas e acertos dos fornecedores de tecnologia do setor

Estudo visa identificar falhas e acertos dos fornecedores de tecnologia

A InfoTrends, consultoria internacional especializada no mercado gráfico, iniciou uma pesquisa (que envolverá contato por e-mail e telefone) para levantar informações relacionadas à cadeia de fornecimento de tecnologia no mercado de grandes formatos. . Com esse trabalho espera-se:

  • quantificar rentabilidade e custos desse segmento da indústria;
  • identificar gargalos e fontes de atrito na cadeia de fornecimento de produtos gráficos;
  • identificar oportunidades de e-commerce e gestão da cadeia de suprimentos;
  • mostrar empresas que estão desenvolvendo estratégias alternativas e bem-sucedidas no fornecimento de suprimentos;
  • descrever práticas que aumentam a rentabilidade dos fornecedores e distribuidores;
  • identificar programas de vanguarda para o desenvolvimento do mercado.

Sobre o assunto, Tim Greene, diretor do InfoTrends, declarou: "Na gestão eficaz da cadeia de suprimentos, é preciso assegurar que os materiais estejam sempre disponíveis aos usuários, mas com preços corretos. Os fabricantes têm de desenvolver estratégias para lidar com diferentes contas, nas diferentes regiões geográficas, com os diferentes tipos de distribuidores".

Fonte: Image Reports Mag