Roland DG está com site renovado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/10/2017
Ferramenta pretende intensificar a comunicação com clientes

Ferramenta pretende intensificar a comunicação com clientes

A Roland DG, fabricante de plotters e impressoras digitais, renovou seu site. Segundo a empresa, o objetivo da mudança é intensificar e aprimorar a comunicação com clientes e refrescar constantemente seu conteúdo. Mais intuitiva e interativa, a nova página contém informações de mercado, aplicações, blog e vídeos tutoriais.

Anderson Clayton, gerente de Marketing da Roland DG Brasil, declarou: “O site terá vídeos e fotos de aplicações dos produtos da empresa, além de serviços, como o Roland DG Care, solicitação de orçamentos, downloads gratuitos e muito mais. Queremos falar diretamente com os consumidores e, ao mesmo tempo, conhecer suas necessidades. Trata-se de uma ferramenta para facilitar a vida das pessoas e aprimorar constantemente nossos equipamentos e serviços”.

Acesse o site renovado: www.rolanddg.com.br.

Fonte: Roland DG Brasil



Mimaki Brasil lança série de impressoras CJV150

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2015

CJV150 é impressora ecossolvente capaz de reproduzir cores metálicas

CJV150 é impressora ecossolvente capaz de reproduzir cores metálicas

A Mimaki, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento no Brasil da série de impressoras CJV150, composta pelos modelos CJV150-75 (largura de impressão de 800mm), CJV150-107 (1090mm), CJV150-130 (1361mm) e CJV150-160 (1610mm).

Rolo a rolo, os equipamentos da série trabalham na resolução máxima de 1400dpi, com tinta ecossolvente ou sublimática e paleta com quatro ou oito cores. Além disso, as máquinas contam com recorte integrado à impressão.

Funções de impressão e corte

Os equipamentos da linha CJV150 possuem dispositivo que detecta automaticamente marcas de registro estabelecidas pelo software RasterLink6 e realiza o corte das linhas de contorno com precisão.

Outra função do sistema detecta marcas de registro intermediárias e permite correções para cada segmento, o que garante o corte de contorno preciso de impressões de comprimento mais longo, mesmo que a imagem esteja distorcida.

Cores metálicas

Para usuários que pretendem trabalhar com cores metálicas, a Mimaki disponibiliza a SS21, tinta ecossolvente prata. Com o insumo, é possível imprimir até 648 tons, disponíveis na biblioteca de cores do software RIP RasterLink6.

Tecnologia de impressão

Para que os pontos sejam corretamente posicionados no substrato, a Mimaki desenvolveu uma tecnologia que permite às cabeças de impressão disparar gotas de tinta em ângulos de jato adequados. Além disso, o volume das gotas pode variar, de 4 a 35 picolitros.

Unidade de verificação de nozzle

As impressoras CJV150 possuem sensores que monitoram as gotas de tintas e detectam o entupimento dos nozzles. Quando isso acontece, eles são expurgados automaticamente, o que reduz desperdícios e mantém a qualidade da impressão.

Aquecedores de mídia

Para garantir a adesão e o formato adequado dos pontos, a mídia deve estar em temperatura ideal durante a impressão. Os modelos da série CJV150 vêm equipados com três aquecedores de substratos (de pré-impressão, intermediário e de pós-impressão), os quais mantêm a correta temperatura das mídias durante o processo.

Fonte: Mimaki



Roland DG Brasil inaugura o novo Creative Center

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2013

Em solenidade realizada no dia 12 de março, foi inaugurado, na sede da Roland DG Brasil, em Cotia, o novo Creative Center — um espaço dedicado a exibir aplicações executadas por meio das máquinas e soluções fabricadas pela empresa.

O objetivo do centro é apresentar (a empresários, técnicos e clientes) as potencialidades dos equipamentos, que não se limitam a trabalhar apenas com banners de lona e envelopamentos de vinis adesivos.

Novo Creative Center, da Roland, é repleto de produtos saídos de impressoras digitais

Novo Creative Center, da Roland, é repleto de produtos saídos de impressoras digitais

A ideia do espaço foi plantada em 2007, durante uma reunião, no Brasil, com executivos de várias subsidiárias internacionais da Roland. Na ocasião, o então presidente da Roland brasileira, Takao Shirahata, apresentou diversas aplicações incomuns, criativas e personalizadas desenvolvidas por birôs e gráficas digitais do país.

Tomando a ideia emprestada, os executivos da Roland italiana montaram o primeiro Creative Center do mundo. Bem-sucedida, a proposta espalhou-se entre as subsidiárias da fabricante japonesa, até ser colocada em prática no país que a inspirou, o Brasil.

Ambiente apresenta objetos personalizados para decoração e arquitetura

Ambiente apresenta objetos personalizados para decoração e arquitetura

Segundo Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, o Creative Center serve como referência não apenas para os clientes, mas também às revendas dos equipamentos da marca. "A ideia é reunir todas as aplicações que as máquinas conseguem fazer, mostrando como expandir negócios e abrir mercados", declara Clayton.

Na solenidade, também estiveram representantes de revendas Roland. Entre os presentes, estava Cláudio Gurgel, da Textos e Contextos, parceira da marca japonesa desde 1998. O executivo disse ter grande interesse em implantar, também, um espaço similar ao Creative Center no show room da empresa, a fim de expor materiais diferenciados aos seus clientes no Rio de Janeiro.

Envelopamentos e adesivação não podiam faltar ao Creative Center

Envelopamentos e adesivação não podiam faltar ao Creative Center

O espaço, atualmente, agrega as seguintes instalações e produtos:

  • Itens de vestuário (personalizados com sublimação);
  • Itens de vestuário (personalizados com sublimação);
  • Itens de decoração, como puffs, almofadas e adesivos de parede;
  • Brinquedos personalizados;
  • Quadros: reprodução de fotografias e obras de arte (fine arts);
  • Móveis: mesas e cadeiras customizadas;
  • Rótulos e etiquetas em garrafas e embalagens;
  • Artigos para festas;
  • Pisos decorados.

Fonte: Roland DG Brasil