Nazdar reformula marcas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

Identidade das divisões da Nazdar foram recaracterizadas

Identidade das divisões da Nazdar foram recaracterizadas

A Nazdar, fabricante de tintas digitais, anunciou um novo direcionamento em sua estratégia de marca. Segundo a empresa, a mudança permite que o consumidor identifique com mais clareza a estrutura da Nazdar e conheça o nome e o propósito de cada divisão.

Foram combinados modelos e elementos gráficos a fim de criar uma nova relação visual entre as ramificações da empresa. As cores relacionadas às divisões foram redefinidas da seguinte forma: a SourceOne é identificada pela tonalidade azul, a Ink Technologies, pela verde e a Consulting Services, pela roxa.

Tais mudanças destinam-se a destacar as diferenças entre as divisões e, ao mesmo tempo, mostrar a unidade da empresa.

Por mais de 90 anos, a Nazdar tem criado parcerias com diversas empresas de impressão no mundo, oferecendo produtos e serviços técnicos que aumentem a produtividade dos fornecedores gráficos.

Fonte: Nazdar



Esko lança mesa de corte Kongsberg C66

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2017
Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

A Esko, fabricante de equipamentos para produção digital, anunciou a Kongsberg C66, mesa de corte e acabamento de mídias corrugadas para sinalização e embalagens.

Com área de trabalho de 3.210mm × 4.800mm, a máquina pode rodar na velocidade de 100m/min e, segundo a empresa, oferece desempenho até 40% maior que outros equipamentos similares com 3m de largura.

A Kongsberg C66 suporta a produções de múltiplas zonas, que asseguram o processamento ininterrupto dos materiais. Isso porque enquanto uma zona da mesa está em ação, o operador pode configurar a outra zona, limpando a peça acabada e carregando uma nova peça. Assim, a máquina pode trabalhar com mídias de 2,2m × 3,2m ou chapas de 2,5m × 4,8m.

O equipamento roda com o software i-cut Production Console (iPC), que controla as funcionalidades da máquina e inclui recursos como controle de câmera, configuração de produção e reconhecimento, calibração e ajustes de ferramentas. Projetado para orientar o operador, o aplicativo incorpora uma série de recursos lógicos e de fácil utilização, como a interface gráfica baseada em ícones. Combinado com o Device Manager, ele oferece o gerenciamento remoto de produção e fornece estimativas do tempo de corte com base nas características dos trabalhos.

A Esko também fornece uma grande variedade de ferramentas opcionais, que podem ser montadas rapidamente e preparadas para cortar e terminar um trabalho específico.

Tom Naess Esko, gerente de produto da Esko, declarou: “A Kongsberg C66 foi projetada para atender a demanda materiais rígidos de grande formato. Ela aumenta a produtividade e, quando combinada a recursos robóticos, garante produção ininterrupta, o que permite a realização rápida e eficiente de embalagens em tiragens mais curtas, sem comprometer a qualidade”.

Fonte: Esko



HP informa ter instalado mais de 30 mil impressoras látex no mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/12/2015
Portfólio de impressoras látex da HP conta com modelos de entrada e de alta produtividade

Portfólio de impressoras látex da HP conta com modelos de entrada e de alta produtividade

A HP, desenvolvedora de tecnologias, afirmou recentemente que mais de 30 mil impressoras látex de grande formato já foram vendidas e instaladas em diversos países do globo. Sobre o assunto, Joan Perez Pericot, diretor de marketing mundial da HP Large Format Printing, declarou: “É um marco fenomenal. A versatilidade da tecnologia látex da HP permitiu que nossos clientes fossem pioneiros em novas aplicações de alta rentabilidade, em que os consumidores são sensíveis ao uso de tecnologias ecossolvente, solvente ou de cura UV”.

No portfólio de equipamentos látex da HP estão os modelos 310, 330, 360 e 370, indicados a empresas que pretendem expandir seus serviços de impressão de grande formato, sobretudo com aplicações indoor que não podem ser executadas por tecnologias solvente. Já as impressoras HP Latex 3100 e 3500 são recomendadas a birôs com produção de alto volume e prazos de entrega curtos.

De acordo com a companhia, as impressoras látex estão se firmando como um novo padrão tecnológico para a indústria, o que tem sido apoiado por diversas empresas de fornecimento de mídias e materiais. Atualmente, mais de 72 fornecedores e mais de 360 substratos já foram certificados HP Latex.

Fonte: HP