Mimaki lançará impressora UV mais acessível (JFX200-2513)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/10/2013

A Mimaki, fabricante japonesa de impressoras digitais, prometeu para dezembro de 2013 o lançamento da JFX200-2513, impressora UV que, segundo a empresa, terá um preço mais acessível. Indicada para birôs e gráficas digitais, a máquina será distribuída para a Europa, Ásia e Américas. O valor da impressora ainda não foi divulgado. A fabricante garante que o equipamento apresenta uma série de qualidades técnicas, como o sistema de cura UV LED, cujas tintas (vendidas em frascos de 1 litro) geram poucos componentes orgânicos voláteis. Isso porque, para curar, elas não precisam de raios UV de curto comprimento de onda, que geram ozônio. Também não requerem ventilação especial. Além disso, o LED tem vida útil muito maior do que as lâmpadas UV.

Mimaki JFX200-2513 equipamento recomendado para quem quer entrar no segmento de impressão UV

Mimaki JFX200-2513: equipamento recomendado para quem quer entrar no segmento de impressão UV

A nova JFX200-2513 possui mesa de impressão de 2,5m x 1,3m e permite a impressão de até 1,22m x 2,44m, em materiais com espessura de até 50mm. Para a preparação e carregamento dos substratos, a impressora conta com um sistema de alinhamento de mídias.

Segundo a Mimaki, outro diferencial da máquina é o design, que foi projetado para que os principais dispositivos (painel, válvulas de vácuo e sistema de abastecimento de tinta) localizem-se na frente do equipamento. Assim, a maioria das operações (alteração de substratos, mudança de vácuo e substituição dos frascos de tinta) pode ser realizada por meio das funções colocadas na parte frontal da máquina.

A impressora vem equipada com a tecnologia MAPS II (Mimaki Advanced Pass System II), que ajuda a reduzir problemas de banding, pois dispersa melhor as gotas de tinta durante as passadas. A JFX200-2513 também poderá fazer impressões com pontos variáveis (três tamanhos diferentes), o que permite a reprodução de imagens com qualidade mais refinada.

Especificações técnicas
Cabeça de impressão Piezoelétrica
Área máxima de impressão 2,5m x 1,3m
Velocidade de impressão Número de cores 4 (CMYK) 4 (CMYK) + branco
Modo: alta velocidade 25m2/h 12,5m2/h
Modo: padrão 15m2/h 6m2/h
Modo: alta qualidade 7m2/h 2m2/h
Tinta Sistema de alimentação Frasco de 1 litro
Circulação de tinta MCT (Mimaki Circulation Technology, Tecnologia de Circulação da Mimaki); usada apenas para a tinta branca
Mídia Tamanho 2,5m x 1,3m

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mimaki



Fotoprodutos e brindes com impressão por sublimação (Parte 2)

Por Jimmy Lamb em 28/05/2013

Exemplos de celulares e tablets personalizados com sublimação

Exemplos de celulares e tablets personalizados com sublimação

Para se ter uma ideia dos mercados, materiais e custos dos fotoprodutos, vamos dar uma olhada em alguns exemplos interessantes, começando com capas de celular.

Fotoprodutos e brindes com impressão por sublimação (Parte 1)

Algumas capas de celular possuem placas removíveis de metal que podem receber imagens fotográficas com sublimação. Lembre-se que, em muitos casos, este é um produto personalizado que pode ser vendido a preço de varejo. Portanto, atente-se ao valor percebido pelo usuário final. E isso serve não apenas para capas de celulares, mas também para capas de tablets.

Produza fotoprodutos com imagens de bebês

Produza fotoprodutos com imagens de bebês

Você também pode fazer produtos com fotos de bebês. Nesse caso, basta criar um modelo gráfico com áreas editáveis ​​(para adicionar detalhes sobre o recém-nascido). Esse modelo é combinado com uma imagem para criar a arte final. Pense no valor desse presente especial. Não é apenas um produto, mas sim uma lembrança — e uma memória que vale a pena acalentar por muitos anos.

Há todos os tipos de oportunidades com os fotoprodutos. Por exemplo, pense em esportes: clubes, jogadores e campeonatos. A chave é fazer um produto de apelo emocional, como nos exemplos abaixo:

Esporte é um tema que pode ser explorado nos fotoprodutos

Esporte é um tema que pode ser explorado nos fotoprodutos

Precisa de mais ideias? A lista é longa quando se trata de produtos sublimados. Abaixo, estão alguns materiais a serem considerados:

  • Bandejas;
  • Caixas de joias;
  • Canecas;
  • Capas de interruptor de parede;
  • Chaveiros;
  • Enfeites de Natal;
  • Ímãs;
  • Jogos americanos;
  • Molduras;
  • Placas de porta;
  • Quebra-cabeças;
  • Relógios;
  • Suportes de guardanapo;
  • Tábuas de corte;
  • Teclados.

Saiba, entretanto, que os fotoprodutos não se limitam a materiais rígidos. Você também pode usar a sublimação para personalizar tecidos. Porém, ela só funciona com fibras de poliéster, o que limita o estilo de vestuário, mas isso não é problema, já que esse mercado vêm abrindo dezenas de possibilidades.

Com a sublimação, você pode reproduzir imagens com detalhes, clareza e alta resolução. Trata-se de um processo que emprega tintas com corantes, que se fundem às fibras do tecido, o que significa que você não sente a tinta na superfície da peça. Isso também significa que ela não vai rachar, descascar ou desaparecer quando as peças forem lavadas.

Com sublimação, você também pode personalizar camisetas

Com sublimação, você também pode personalizar camisetas

Potenciais consumidores de camisetas sublimadas são clubes e organizações esportivas, cujos membros têm a necessidade de fazer declarações personalizadas. E isso é apenas a ponta do iceberg, já que há muitas outras possibilidades que não se limitam ao vestuário. Ou seja, se você pode vender uma camiseta, pode vender várias outros produtos sublimados.

Para concluir, saiba que fotoproduto é muito mais do que uma foto na carteira ou uma bugiganga barata. Você vai descobrir que ele é um bom complemento para os seus negócios. Mais importante: o custo de sublimar fotoprodutos é baixo, tornando o retorno algo atraente. Você não precisa gastar muito. Você só precisa encontrar maneiras criativas para gerar altas margens a custos baixos — e o fotoproduto é a ferramenta perfeita para realizar esse objetivo.

 

Sobre o autor: Jimmy Lamb escreve e palestra sobre sublimação e impressão em tecidos mundo afora. Tem mais de 20 anos de experiência no negócio de vestuário e decoração. Atualmente, é o gerente de comunicação na Sawgrass Technologies.

Esse artigo técnico foi cedido, com exclusividade, pela Sawgrass ao portal InfoSign, que traduziu e adaptou o texto.



Diferencial da Fespa Brasil, Application Village é estande sustentável

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/02/2013

A Fespa Brasil 2013 promete muitas regalias aos seus visitantes. Assim como ocorre em outras edições internacionais do evento, a versão brasileira também será repleta de atrações, como o Wrap Cup (campeonato de envelopamento), o Congresso Internacional de Comunicação Visual e o Application Village (um estande infantil sustentável e reaproveitável).

Abordando temas como sustentabilidade e reaproveitamento de refugos, o Application Village mostra como materiais sustentáveis podem ser trabalhados (e determinados substratos, além de colaborar com o meio ambiente, são resistentes, duráveis e leves).

No estande será possível conferir uma séria de produtos de decoração infantil

No estande será possível conferir uma séria de produtos de decoração infantil

No estande — totalmente impresso em tecnologia UV —, será possível conferir uma séria de produtos de decoração infantil, além de uma televisão para o entretenimento das crianças.

Por ter a temática infantil, ao final do evento, o estande será doado para uma instituição de caridade que cuida de crianças. O Application Village conta com o patrocínio da Fujifilm e da Artwork.

Você encontra o Application Village na Rua 05.

A Fespa Brasil ocorre de 13 a 16 de março, das 13h às 20h (sábado, das 10h às 17h), no Expo Center Norte (Pavilhão Azul), em São Paulo (SP).

Fonte: Fespa Brasil