Mimaki faz breve balanço de suas operações internacionais em 2012

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/12/2012

foto impressora mimaki

Primeira impressora látex com tinta branca, a Mimaki JV400LX foi lançada mundial em fevereiro de 2012

Dezembro chegou. Mês em que empresas e profissionais fazem análises e balanços do ano que está terminando. Algo fundamental para avaliar o sucesso de ações, lançamentos e investimentos. Um retrospecto que a Mimaki, fabricante japonesa de impressoras e equipamentos, tem feito e divulgado para a mídia internacional. A empresa também já tem declarado algumas intenções e estratégias para 2013. Anunciou, por exemplo que vai expandir seus negócios na Europa, Oriente Médio e África. Para tanto, tem contratado funcionários especializados para as áreas de vendas, marketing e suporte técnico. Com o crescente aumento na procura de seus produtos nesses locais, a marca sentiu a necessidade de dar uma atenção maior a clientes dessas regiões.

Quanto ao balanço de 2012, o histórico da companhia é bem rico. A começar pela apresentação, feita em fevereiro durante a FESPA Digital, da JV400LX, primeira impressora látex que utiliza tinta branca. Em meados de 2012, na Europa, a Mimaki anunciou a JFX500-2131, nova geração de impressoras de cura UV LED. Já em setembro, entrou para o mercado fotográfico com a UJF-6042 (novo formato A2 de impressora UV LED) e a UJF-3042 (impressora de mesa). No mesmo mês, além de se destacar na feira de sustentabilidade Ecoprint, a fabricante japonesa apresentou aos clientes do continente europeu suas SWJ-320, equipamentos de grande formato com 3,2m de largura de impressão.

A Mimaki  SWJ-320, impressora de 3,2m de largura de impressão, foi uma das novidades da fabricante japonesa em 2012

Outro grande destaque da fabricante foi a série de impressora JV400SUV, que marca um novo patamar na tecnologia UV da empresa.

A aceitação dos produtos da marca no mundo mostra o quanto 2012 foi decisivo. Segundo Mike Horsten, gerente de marketing da Mimaki na Europa, as respostas às máquinas apresentadas têm sido "muito positivas". Para 2013, a empresa pretende expandir ainda mais os negócios oferecendo aos novos clientes o mesmo nível de serviço e suporte técnico já disponível aos mais antigos.

Fonte: Large Format Review. Texto: InfoSign



Museu londrino usa sinalização digital em mostra

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

As mídias de sinalização digital já fazem parte do nosso cotidiano, não apenas em cafés e restaurantes, mas em locais como museus e galerias. Prova disso é uma recente mostra realizada no Victoria and Albert Museum, de Londres (Inglaterra).

Para a exibição "British Glamour Since 1950", o museu fez uma instalação inusitada: contou com projetores Projectiondesign F32 para apresentar imagens na parte superior das quatro alcovas do ambiente (construído na segunda metade do século XIX, o edifício conta com formas abaloadas em seu interior).

O sistema desenvolvido pela Sysco em parceria com a Electrosonic usou o software Watchout (da Dataton), para ajustar as imagens projetadas.

"As alcovas do museu têm curvaturas que produzem uma superfície de projeção incomum, por causa disso foi preciso deformar as imagens projetadas, para que elas casassem perfeitamente com o ambiente".

Para Fredrik Svahnberg, diretor da de marketing da Dataton, essa foi uma boa oportunidade para mostrar o quanto a sinalização digital pode enaltecer um local público: "Estão usando a nossa tecnologia como um meio de explorar a beleza da arquitetura", concluiu.

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Fonte: ScreenMedia. Texto: InfoSign



Soyang apresenta novos substratos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Mídias recobrem pisos e paredes

Mídias recobrem pisos e paredes

A Soyang, fornecedora de mídias para comunicação visual, anunciou o lançamento no mercado internacional de dois substratos, o G-Floor e o AlumiGraphics. O primeiro é uma película de PVC flexível e alta densidade, disponível em vários acabamentos, para personalização de pisos. Pode receber impressão digital UV ou solvente. Segundo a empresa, a mídia pode ser rapidamente instalada e é mais viável que os laminados convencionais para adesivação de piso.

O AlumiGraphics é uma material com base composta por foil de alumínio. Adequado para diversas aplicações, a mídia é compatível com grande variedade de tintas e pode ser utilizada sobre diferentes superfícies texturizadas, por ser maleável e fácil de moldar.

Andrew Simmons, diretor da Soyang na Europa, declarou: "Calçadas, passarelas, escadas rolantes, estacionamentos, elevadores e paredes podem ser cobertos com o AlumiGraphics, abrindo oportunidades de trabalhos em superfícies geralmente subutilizadas".

Fonte: My Print Resource