Durst Brasil fecha 2018 com crescimento de 32%

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2019
Foi o melhor ano da empresa no país

Foi o melhor ano da empresa no país

A filial brasileira da Durst, fabricante de impressoras digitais, anunciou um crescimento de 32% em seu faturamento em 2018 (em relação ao ano-base de 2017). Trata-se do melhor ano da empresa no país, e mais de 30 milhões de reais em máquinas comercializadas no período.

Em função do bom desempenho de 2018, a Durst Brasil está planejando fazer novos investimentos e lançar equipamentos em 2019. O primeiro anúncio é a chegada da P5, linha de impressoras digitais inkjet UV para comunicação visual. As máquinas vêm com sistema de impressão capaz de disparar gotas de tinta de 5 picolitros.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: “A Durst vem investindo fortemente em serviços. Teremos à disposição do cliente brasileiro o DPS, Durst Professional Services, que opera como uma nova empresa dentro do grupo e está focada em treinamentos e softwares. Gostaria de acrescentar, ainda, que o Repair Center continuará a receber investimentos. Trata-se do único centro de reparos de cabeças de impressão fora da sede da Durst na Itália. Hoje, ele permite a manutenção das cabeças das linhas Gamma e Rho. Em 2019”.

Fonte: Durst Brasil

Tags: Durst Brasil,


Fujifilm Dimatix anuncia impressora DMP-2850

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2016
Equipamento é dedicado a imprimir eletrônicos e aplicações industriais

Equipamento é dedicado a imprimir eletrônicos e aplicações industriais

A fabricante Fujifilm Dimatix anunciou no mercado internacional a Dimatix DMP-2850, impressora desktop inkjet desenvolvida para impressão de eletrônicos e outras mídias e aplicações especiais empregadas em trabalhos de pesquisa e desenvolvimento na indústria.

Segundo a empresa, o equipamento é uma versão melhorada da DMP-2831, impressora que se tornou uma das principais ferramentas para o desenvolvimento de deposição de fluidos, com aproximadamente mil unidades instaladas no mundo.

A DMP-2850 inclui um PC configurado com Microsoft Windows 8.1 e Drop Manager. Além disso, emprega duas câmeras de alta velocidade com resolução óptica refinada para fornecer imagens de qualidade superior em funções de controle de impressão.

A máquina também permite o monitoramento remoto das câmeras e do status dos trabalhos. Um sistema permite analisar o desempenho dos disparos de gotas e uma câmara fiducial facilita a inspeção e o registro de impressão com precisão.

A DMP-2850 é alimentada por cartuchos, que estão disponíveis em dois tamanhos de gota (1 e 10 picolitros). A máquina estará disponível a partir de setembro de 2016.

Fonte: Fujifilm Dimatix



Hollanders faz renovação em seu portfólio de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/10/2015
Divisão visa facilitar e atender melhor os diferentes segmentos do mercado de impresão digital têxtil

Divisão visa facilitar e atender melhor os diferentes segmentos do mercado de impresão digital têxtil

A Hollanders, fabricante europeia de equipamentos para impressão digital têxtil, separou seu portfólio, que passa a ter uma divisão para sistemas que estampam apenas um lado do tecido (single-side) e outra para máquinas que imprimem frente e verso (double-sided).

As plataformas de impressão de um lado são indicadas a birôs de sinalização e comunicação visual, para a produção de bandeiras, banners e displays. Entre as impressoras single-side vendidas pela Hollanders estão a ColorBooster 250 (com 2,5m de largura), a ColorBooster 320 (com 3,2m) e a ColorBooster XL (com 3,5m e estrutura industrial). Essas máquinas trabalham em conjunto com equipamentos de pré e pós-impressão, como o ColorFix 320 e o ColorWash 320.

Os dispositivos com função frente e verso são recomendados a indústrias têxteis, para produção em massa de tecidos para decoração e moda. Voltados a esse público estão a ColorBooster DS 210 (com 2,1m de largura) e a ColorBooster DS 320 (com 3,2m), sistemas que já incorporam unidade de fixação de tinta no tecido.

Todos os sistemas comercializados pela Hollanders oferecem a possibilidade de estampar diretamente ou empregar tintas sublimáticas para transferência térmica.

Jacco Aartsen Tuijn, CEO da Hollanders, declarou: “Os fabricantes de impressoras digitais têxteis têm sentido a necessidade de abordar os diferentes segmentos – decoração, moda e comunicação visual – com máquinas específicas para cada um deles. Isso vai ao encontro da nossa ideia de proporcionar maior variedade de equipamentos, tintas e produtos”.

Fonte: Hollanders