Clear Channel e jornal Metro unem-se em campanha inusitada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

Clear Channel equipou 10 mil abrigos de ônibus com tecnologias QR e NFC

Clear Channel equipou 10 mil abrigos de ônibus com tecnologias QR e NFC

No Reino Unido, a Clear Channel, especializada em comunicação visual, fez uma parceria com o jornal Metro para fornecer notícias e informações por meio das publicidades instaladas em abrigos de ônibus.

A ação permite que os usuários do transporte público acessem o conteúdo do Metro, desde que tenham leitores NFC ou QR em seus smartphones.

Chris Pelekanou, diretor comercial da Clear Channel, comentou: "Estamos muito satisfeitos com nossa plataforma móvel, que oferece uma forma inovadora de os proprietários de conteúdo, como o Metro, distribuírem suas publicações".

Composta por uma rede de comunicação que permite às marcas acompanhar o desempenho das propagandas, a plataforma da Clear Channel foi lançada no início de 2013 e permite interatividade e atualização constante de conteúdo.

Bryan Scott, diretor de marketing do Metro, observa: "Mais de 50% do nosso tráfego do site vêm de dispositivos móveis. E essa parceria dá a chance de aumentar nosso público leitor".

Fonte: Clear Channel



Neschen lança película verde para composição de lousas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
Com adesivo à base d’água, película adere a muitos tipos de superfícies

Com adesivo à base d’água, película adere a muitos tipos de superfícies

A Neschen, fabricante de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional uma nova película verde para compor lousas. Sobre o filme, é possível escrever com giz, que pode ser limpo com pano ou esponja úmida.

Indicada para escolas, empresas e domicílios particulares, a película pode receber impressão digital solvente, látex e UV, para criar um design exclusivo. No entanto, é necessária a aplicação de tinta branca, para criar uma reprodução de cor realista.

De PVC, o filme tem 180µm de espessura e possui o easy dot, adesivo à base d’água isento de solventes que garante uma boa aderência em muitas superfícies. A mídia também possui canais de ar que permitem a aplicação e o reposicionamento sem bolhas.

A película para composição de lousas está disponíveis em rolos com 10m ou 30m de comprimento e 137,2cm de largura.

Fonte: Neschen



Mimaki e a Internet das Coisas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/09/2018
Solução foi desenvolvida com a empresa alemã Robominds GmbH

Solução foi desenvolvida com a empresa alemã Robominds GmbH

A Mimaki estará presente na Fakuma, feira internacional que ocorre entre os dias 16 e 20 de outubro, na Alemanha. Durante o evento, a fabricante promete apresentar soluções de impressão UV LED em plásticos. O destaque será um dispositivo automatizado criado em parceria entre a Mimaki e a empresa alemã Robominds GmbH. Trata-se de uma unidade da UJF-7151plus que emprega um braço robótico com a função de carregar e descarregar mídias, o que reduz os tempos de preparação e aumenta a eficiência do equipamento. A solução foi desenvolvida para operar em rede e conectada a um fluxo de trabalho industrial mais amplo, de acordo com os preceitos da Internet das Coisas.

Ao trabalhar com o conceito da Internet das Coisas, o objetivo da Mimaki é ajudar seus clientes a usar sistemas de impressão para produzir trabalhos sob demanda e personalizados. Para tanto, cria soluções que integram robôs e outros dispositivos. Entre eles, os comandos MDL e o Mimaki Job Controller.

Os MDL são usados para controlar as impressoras Mimaki por meio de sistemas e periféricos. Eles assumem o controle da máquina, iniciam a produção e ajustam a posicionar a altura da mesa de substrato. Além disso, fornecem informações sobre os níveis de tinta e relatam erros de impressão.

O Mimaki Job Controller é um software que se comunica com a impressora para transmitir dados de produção. Ele também pode iniciar a produção automaticamente e cria elos entre impressoras e robôs, sobretudo para a alimentação de mídias.

Uwe Niklas, gerente de marketing e vendas da Mimaki Alemanha, declarou: “Com base na Internet das Coisas, buscarmos criar soluções integradas de fluxo de trabalho para a indústria de plásticos. Estamos mostrando oportunidades de aplicação inovadoras que demonstram o potencial de nossos sistemas”.

Fonte: Mimaki