Avião ganha envelopamento especial para divulgar filme O Hobbit

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/11/2012

envelopamento avião

Hobbits pegam carona no Boeing da Air New Zealand

Um dos aviões da companhia aérea Air New Zealand recebeu uma imensa adesivação para celebrar o lançamento do filme "The Hobbit: Unexpected Journey" — o primeiro de uma trilogia assinada por Peter Jackson.

A produção, gravada na Nova Zelândia, está contando com uma enorme publicidade mundo afora — e o Boeing 777-300ER faz parte desse projeto. "É maravilhoso ver uma imagem tão deslumbrante celebrando nosso filme em um dos aviões da companhia", exultou Jackson.

O "outdoor voador" deu tão certo que a empresa já planeja fazer um envelopamento similar para divulgar o segundo filme da série: "The Hobbit: The Desolation of Smau" (ainda sem tradução para o português).

envelopamento de avião

"Outdoor voador" divulga filme baseado na obra de Tolkien

Como foi o envelopamento

O birô neozelandês Admark, que já havia decorado aeronaves para a divulgação da trilogia "O Senhor dos Anéis", foi o responsável por imprimir e aplicar 830mde vinil no avião da Air New Zealand (com 73 metros de comprimento).

Laurie Pilling, diretora de marketing da Admark, disse que o projeto empregou 400 horas, 126 quilos de vinil adesivo e 28 pessoas, incluindo designers, impressores e adesivadores. O trabalho todo se resumiu em dividir a imagem gigantesca em várias partes, imprimi-las em películas e juntá-las na aplicação, realizada na cidade de Auckland.

O vinil usado no envelopamento foi especialmente desenvolvido pela 3M, testado pela Força Aérea dos Estados Unidos e aprovado pela Autoridade Federal de Aviação desse mesmo país. O material tem capacidade de resistir a alta pressurização e velocidades acima de 1.000 quilômetros por hora. A película da 3M também suporta enormes variações de temperatura: de -60ºC (a 35.000 pés de altura) a 60ºC (nos tórridos verões de países como os EUA).

Interessado em mais informações? Assista ao vídeo dos "Hobbits voadores":

.
Fonte: Admark. Texto: InfoSign
.



Caldera lança drivers para impressora Roland VersaExpress RF-640

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/07/2014

Softwares GrandRIP+ e CopyRIP passam a dar suporte para impressora Roland VersaExpress RF-640

Softwares GrandRIP+ e CopyRIP passam a dar suporte para impressora Roland VersaExpress RF-640

A Caldera, desenvolvedora de softwares, anunciou o lançamento de um conjunto de drivers para a nova impressora Roland VersaExpress RF-640. Compatíveis com os aplicativos GrandRIP+ e CopyRIP, os dispositivos garantem a operação contínua do equipamento e foram desenvolvidos para suportar tintas ecossolvente e à base d’água. Além disso, asseguram que o gerenciamento de cores e outros dados de RIP sejam traduzidos para a máquina.

Entre os novos drivers está o RF640-ESOL, que suporta as tintas Roland Eco-Sol Max2 e ajuda o equipamento a operar em velocidade de 48,5m2/h (em resolução de 360dpi) ou de 3,6m2/h (em 1.440 x 720dpi).

Já o driver Roland-RF640-WBASE-4C lida com as tintas Roland FPG Aqueous, para trabalhos em velocidade de 56,8m2/h (360dpi) e 5,4m2/h (1.440 x 720dpi).

Os drivers oferecem suporte para Mac e oferecem diversas opções de configuração de tintas e aplicações de impressão de grande formato.

Fonte: Large Format Review



Roland DG anuncia ter vendido 420 mil plotters de recorte no mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2015

Fabricante japonesa começou a produzir equipamentos de recorte em 1988

Fabricante japonesa começou a produzir equipamentos de recorte em 1988

A Roland DG, fabricante japonesa de equipamentos para comunicação visual, recentemente anunciou ter vendido 420 mil unidades de suas plotters de recorte. A empresa produz e comercializa esse tipo de equipamento desde 1988, quando lançou a linha CAMM-1.

Segundo a fabricante, a introdução das plotters de recorte no mercado internacional foi um divisor de águas para diversos setores, sobretudo para aqueles que produzem etiquetas, decalques, sinalização, pisos e decoração. Antes da chegada dos equipamentos, esses trabalhos eram feitos à mão, sendo mais demorados e dispendiosos.

Outro ponto significativo na história da empresa foi o lançamento da linha STIKA, em 1990. Desenvolvidas para consumidores e escritórios, as plotters da série produziam materiais para decoração de automóveis e lojas de varejo, além de sinalização de escritório e ponto de venda (PDV).

Yuko Maeda, gerente geral da Roland DG para produtos de sinalização, declarou: "Acreditamos que a necessidade do uso das plotters ainda é grande. Portanto, continuamos empenhados em superar as expectativas dos clientes ao produzir tecnologia líder de mercado. A venda de 420 mil equipamentos é prova do nosso sucesso".

Fonte: Large Format Review