Avery começa a produzir películas com liner de PET reciclado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/08/2018
Material é introduzido nos mercados europeus

Material é introduzido nos mercados europeus

A Avery Dennison, fabricante de películas adesivas, passou a comercializar na Europa materiais com liner feito de PET reciclado (rPET), que usa resíduos de pós-consumo cuidadosamente selecionados.

Como a disponibilidade do liner de rPET é atualmente limitada, a oferta inicial do produto será pequena. No entanto, em breve, a empresa aumentará a produção do material, que poderá ser uma opção para todas as películas do portfólio da marca.

Jasper Zonnenberg, diretor global de filmes da Avery Dennison, declarou: “Estabelecemos oito metas ambiciosas de sustentabilidade, que estamos comprometidos a alcançar até 2025. Estamos focados na redução de desperdícios, não apenas em nossas operações, mas também em toda a cadeia. Estamos determinados a ser pioneiros no setor. Temos o prazer de introduzir em nosso portfólio o liner de rPET, que é mais fácil de reciclar e é feito de materiais reciclados”.

O executivo também explicou que há uma nova demanda por materiais com liner de PET, que oferece robustez e resistência. O rPET é uma evolução desse material, por aliar a performance de produtividade com a sustentabilidade.

Fonte: Avery Dennison



Fisher Textiles lança mídia GF 8880

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/10/2014

GF 8880 apresenta três camadas de tecido

GF 8880 apresenta três camadas de tecido

A Fisher Textiles, fornecedora de substratos para impressão digital, anunciou no mercado internacional a GF 8880, mídia têxtil com ambas as faces brancas e uma camada preta entre elas.

Com largura de 125 polegadas, o material permite a impressão frente e verso e é certificado pela norma AATCC 148-1989. Segundo a empresa, a mídia é composta por tecido que transmite 1,3% da luz e bloqueia 98,7% dela.

Formada por três camadas de tecido, a mídia é indicada para aplicações como banners, displays e materiais para os mercados de varejo, eventos e comunicação visual.

Fonte: My Print Resource



Epson aumenta produção de equipamentos com cabeças PrecisionCore

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2014

A Epson, fabricante japonesa de impressoras digitais, anunciou que aumentará a produção das cabeças de impressão PrecisionCore, empregadas atualmente em equipamentos inkjet industriais e de escritório.

Segundo a empresa, serão investidos aproximadamente 10 bilhões de ienes entre abril de 2014 e março de 2015 na linha de produção sediada no Japão.

PrecisionCore começou a ser produzida em junhode 2013 no Japão

PrecisionCore começou a ser produzida em junho de 2013 no Japão

A PrecisionCore tem controles individuais para cada nozzle, que pode disparar com precisão 50 mil gotas de tinta por segundo. Esse nível de desempenho só é possível em função da fabricação robotizada. Além disso, a empresa domina uma tecnologia inkjet refinada há mais de duas décadas e processos de microfabricação com precisão de milésimo de milímetro.

Ao produzir as cabeças PrecisionCore inteiramente no Japão, a Epson pretende acumular experiência para desenvolver a próxima geração da tecnologia, construir uma base sólida de produção e aumentar a vantagem competitiva da empresa.

A Epson promoverá o uso das novas cabeças em outras plataformas, de modo a aumentar ainda mais a competitividade e o crescimento do negócio da unidade inkjet.

Fonte: My Print Resource