Nazdar lança tintas UV e solventes compatíveis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/02/2020
Insumos são vendidos em dispositivos plug-and-play

Insumos são vendidos em dispositivos plug-and-play

A fabricante Nazdar Ink Technologies incrementou seu portfólio de tintas digitais compatíveis e passou a disponibilizar as séries 565 e 184v2.

A série 565 é indicada para impressoras Oki ColorPainter M-64s e substitui as tintas ecossolventes da série SX. Com recurso plug-and-play, a 565 pode produz cores comparáveis ao conjunto original.

A série 184v2 oferece cores similares às tintas originais, a um preço mais baixo. Seus recursos plug-and-play permitem a substituição fácil da série BS4, usada em impressoras Mimaki. Os recipientes podem ser substituídos à medida que o insumo é consumido, o que economiza tempo e dinheiro, pois não há necessidade de executar procedimentos especiais para a troca das tintas.

A Nazdar também divulgou que está desenvolvendo uma variedade de tintas de cura dupla (UV LED e UV convencional), como a série 749 (para sistemas rolo a rolo) e a série 710 (para híbridos). Elas substituirão as linhas 730 e 731.

Fonte: Nazdar



EFI adquire empresa de software para impressão têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/06/2016
Especializada em softwares, a Optitex foi adquirida pela EFI

Especializada em softwares, a Optitex foi adquirida pela EFI

A EFI, fabricante de impressoras digitais, anunciou a aquisição da Optitex, desenvolvedora de aplicativos de design 3D. De capital privado, a empresa será integrada à unidade de negócios de software de produtividade da EFI.

De acordo com a fabricante, o software Optitex é indicado à indústria têxtil e permite uma melhora significativa no tempo de chegada ao mercado e nos ganhos de custo e eficiência, além de viabilizar novos recursos para atividades de marketing, vendas e design. 

O software faz simulações digitais em 3D de vestuários e também pode criar padrões 2D. Além disso, oferece soluções, como reproduzir designs em minutos, validar todas as coleções três semanas após o design, reduzir a amostragem em mais de 50%, diminuir custos de desenvolvimento do produto, reduzir os tempos de ciclo geral, apresentar amostras de vendas com mais rapidez e substituir fotografias por imagens digitais realistas e sob demanda, para comércio eletrônico, catálogos e pacotes. 

Fote: EFI



Fujifilm passa a vender mais três mídias para inkjet

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2013

A Fujifilm da América do Norte anunciou o lançamento de substratos para impressão fotográfica com equipamento a jato de tinta (grande formato). Segundo a empresa, as novas opções ampliam as oportunidades de negócios para birôs que trabalham com reproduções e displays para o varejo e fine arts.

Compatível com as impressoras Epson/Fujifilm Stylus Pro, os substratos são:

  • Photo Paper Pearl 260 (papel fotográfico): tem alto brilho e revestimento (resina). Confere uma aparência "metálica" às imagens reproduzidas. Esse papel está disponível em rolos de 60cm ou 112cm de largura, e seca instantaneamente ao toque;
  • Vivid Canvas Board (canvas): ideal para impressão fine art. É o mesmo canvas já vendido pela Fujifilm, porém vem acompanhado de uma moldura. A mídia confere um resultado semi-brilhante e está disponível em folhas de 45x55cm. A caixa contém 20 folhas;
  • JetFlex Display Film (filme de poliéster): película branca com um ultra brilho, para aplicações comerciais e resultado semelhante ao fine art. Possui camada não porosa que seca ao toque instantaneamente, permitindo o manuseio do material logo após a impressão. Disponível em rolos de 60cm ou 112cm de largura.

Os três substratos já estão sendo vendidos no mercado internacional.

Canvas, poliéster e papel da Fujifilm

Canvas, poliéster e papel: três novas mídias da Fujifilm para reprodução fotográfica

Fonte: Fujifilm. Texto: InfoSign