Gerber lança 17 novas opções de vinis adesivos cast

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/05/2016
Mídias fazem parte da linha Gerber 220 High Performance

Mídias fazem parte da linha Gerber 220 High Performance

A fornecedora Gerber anunciou no mercado internacional a inclusão de 17 novas opções coloridas na linha Gerber 220 High Performance, composta por vinis adesivos cast fabricados pela 3M.

Vendidas em bobinas com largura de 15 ou 30 polegadas, as mídias foram desenvolvidas especificamente para otimizar a produção em impressoras Gerber Edge, oferecer corte de precisão e facilitar a aplicação. Os vinis contam com adesivo transparente que permite a marcação de duas vias em janelas e duração de até oito anos em aplicações externas.

Jay Dorman, diretor de vendas da Gerber, declarou: “Essas novas mídias possibilitam que empresas de sinalização expressem maior criatividade. Elas também oferecem mais opções para atender às exigências de cores dos clientes finais”.

Fonte: Gerber



Como escolher prensa térmica para sublimação

Por João Leodonio em 22/12/2017
Plana, cilíndrica e cônica: saiba qual é a mais adequada para o seu negócio

Plana, cilíndrica e cônica: saiba qual é a mais adequada para o seu negócio

Na hora de adquirir uma prensa para sublimação, pergunte-se: em qual mercado vou atuar e quais formatos e quantidades quero atender? Com base nas respostas, será muito mais fácil pensar no tipo de prensa mais adequado para o seu negócio.

A mídia (televisão e redes sociais) vende muitas “soluções mágicas” para ganhar dinheiro com prensa térmica. Mas atente-se a essas propostas. A decepção por um investimento ruim e sem orientação pode ser maior do que a empolgação no momento da compra. Portanto, gastar tempo com pesquisa é melhor que você pode fazer para não frustrar um negócio promissor.

Prensa térmica plana para pequenos formatos

Com formatos que variam entre 23cm x 35cm e 50cm x 70cm, essas prensas podem vir ou não suporte (na maioria sem, e o comprador deverá confeccionar uma bancada ou pé) com uma ou duas bandejas, nas voltagens 110v ou 220v (recomenda-se as de 220v, por serem mais econômicas). Elas podem ser manuais, pneumáticas ou elétricas.

Recomenda-se adquirir um equipamento que atenda as medidas máximas dos produtos a serem prensados, além de escolher a voltagem mais econômica e preferir as marcas nacionais, por geralmente oferecerem uma assistência técnica mais ágil.

Prensas planas podem ser manuais, pneumáticas ou elétricas

Prensa térmica plana para formatos grandes (sublimação total)

A partir do formato de 50cm x 70cm, há dezenas de opções de dimensões de prensas planas para grandes formato. Também são encontradas com ou sem suporte, com uma ou duas bandejas (laterais ou sobrepostas), nas voltagens 110v ou 220v. Podem ser manuais, pneumáticas ou elétricas.

Como trata-se de um investimento maior, recomenda-se pesquisar muito e levantar a relação custo x benefício antes de adquirir o equipamento. Indica-se evitar as marcas importadas, por conta da má ou ausência de assistência técnica.

Prensa térmica cilíndrica e cônica

Há uma grande oferta de prensas térmicas cilíndricas com adaptações para sublimar objetos cônicos, geralmente sem suporte e nas voltagens 110v e 220v.

Há muitas ofertas e fabricantes, porém é importante desconfiar. Como nos casos das prensas planas, recomenda-se fugir das prensas importadas por conta da assistência técnica falha ou inexistente. As nacionais são, normalmente, mais caras, porém são vendidas por empresas que oferecem reposição de peças e manutenção muito melhor do que as concorrentes importadas.

Recomenda-se evitar promoções de pacotes (8x1 e 5x1), pois nos kits oferecidos algum dos produtos vão servir apenas para desencalhar o estoque do fornecedor.

Sobre o autor: João Leodonio atua no segmento gráfico há 10 anos, como gerente de produção e consultor. Tecnólogo em produção gráfica, atuou como palestrante pela Imprensa Oficial, de Angola, e como consultor de processos produtivos. É proprietário da Pari Transfer Sublimático

 



Cursos de envelopamento de carro promovidos pela Alko

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/03/2013

Nos dias 23 de fevereiro e 02 de março, a Plásticos Alko ministrou cursos de envelopamento de carro, em São Paulo. Com a intenção de formar e qualificar profissionais do mercado, a marca criou a Academia de Envelopamento Alltak Tuning, que conta com uma equipe especializada no assunto.

Agora, a ideia é fazer com que a Academia percorra todo o país a fim de facilitar o dia a dia do aplicador, ensinando-o a reduzir o tempo de aplicação e otimizando o trabalho como um todo.

"É muito gratificante ver o empenho e a dedicação dos alunos que realizam exercícios de alto grau de dificuldade; coisa que nunca tinham feito antes", comentou Alessandro Campos, coordenador de marketing da Alko.

Participantes do curso de envelopamento de carro promovido pela Alko

Participantes do curso de envelopamento de carro promovido pela Alko

Do curso em São Paulo, participaram envelopadores de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Goiás, entre outros estados. "O mais legal de tudo é que os participantes saem do curso com vontade de aplicar as técnicas imediatamente", completou Campos.

A programação do curso foi baseada em dúvidas e problemas comuns da rotina do profissional de envelopamento. Para saber quando ocorrerão as próximas edições, acompanhe o InfoSign e o site da Alko.

Fonte: Alko. Texto: InfoSign