Coralis disponibiliza cartilha grátis sobre gerenciamento de cores

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/03/2014

A ideia da publicação é derrubar os mitos sobre gerenciamento de cores na impressão digital

A ideia da publicação é derrubar certos mitos sobre gerenciamento de cores na impressão digital

A Coralis, especializada em soluções de gerenciamento de cores, está disponibilizando gratuitamente um documento informativo intitulado "Queda dos 10 mitos do gerenciamento de cores na impressão digital".

De autoria de Matheus Pimentel, o material desmistifica tópicos desvirtuados sobre o gerenciamento de cores em birôs e gráficas digitais, respondendo às seguintes questões:

  1. O número de passadas aumenta o consumo de tinta?
  2. A extensão do arquivo pode interferir no resultado de cor?
  3. O que é um perfil de cor genérico?
  4. Preciso ter meus aplicativos sincronizados?
  5. O perfil ICC resolve tudo?
  6. Se reduzir a resolução ganho em velocidade, mas posso comprometer o resultado de cor?
  7. Matéria-prima de baixa qualidade pode comprometer o resultado das cores?
  8. Por que devo utilizar um software RIP e qual é configuração ideal dele?
  9. Sou bom de olho. Isso ajuda?
  10. O meu CMYK é igual ao seu CMYK?

O para obter o material, basta fazer um cadastro simples no site da Coralis.

Fonte: Coralis



Agfa lança impressoras digitais Jeti Titan S e HS

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/02/2014

Agfa incrementa portfólio de impressoras UV para alta produtividade

Agfa incrementa portfólio de impressoras UV de alta produtividade

A Agfa, fabricante de produtos gráficos, anuncia o lançamento de dois modelos (S e HS) da linha Jeti Titan, composta por impressoras UV flatbed (planas). As máquinas são indicadas para birôs que trabalham com prazos muito apertados e alta produtividade.

Os equipamentos empregam cabeças de impressão Ricoh Gen 5 de 1.280 nozzles, que disparam gotas com volume de 7 picolitros, permitindo a reprodução de textos com 4 pontos. A Jeti Titan S vem com apenas uma linha de cabeças, que pode ser duplicada, tornando a máquina mais produtiva.

Além da paleta de cores CMYKLcLm, as máquinas apresentam o branco duplo (WW) e possibilitam a produção em diferentes modos de produção, para a sobreposição do branco ou reprodução de cores especiais (spot colors), tanto em mídias flexíveis quanto rígidas.

A mesa apresenta estrutura de aço, área de 2m x 3m e sistema de movimentação. Como opção, o usuário pode instalar um sistema flat-to-roll de alimentação de substratos, para impressão de mídias flexíveis com até 3,2m de largura.

As máquinas utilizam software Asanti e tintas Anuvia.

Fonte: What They Think



Summa apresenta geração S2 de plotters de recorte S-Class

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/12/2012

A Summa, fábrica belga de equipamentos de corte e gravação, acaba de lançar, no mercado internacional, mais um produto de sua linha "S-Class". Intituladas "S-Class 2" (S2), as novas plotters de recorte da marca prometem ser mais versáteis e rápidas do que seus pares antecessores. A novidade conta, por exemplo, com um processador mais ágil.

Seu novo sistema de conexão padrão permite uma comunicação mais veloz, além de possibilitar a operação remota da máquina. Com um menu melhorado, seu painel ganhou mais cores e tornou-se mais amigável e intuitivo.

Painel das novas plotters de recorte

Plotter de recorte Summa S2 tem interface melhorada

Mais informações sobre a família de plotters de recorte

Erwin Vandousselaere, gerente geral da Summa, comentou sobre o lançamento: "As novas S2 usam tecnologias mais recentes e estão prontas para atender às novas exigências do mercado de sinalização".

As plotters da linha S-Class vêm equipadas com uma tecnologia de corte tangencial, diferente das facas giratórias, comumente encontradas no mercado. Segundo a empresa, essas peças garantem um trabalho mais preciso. As máquinas, além de aplicar 600 gramas de força, também contam com um sistema patenteado que evita rebarbas do vinil enquanto ele é cortado.

Fonte: Summa. Texto: InfoSign