Tecnologia HP leva cor à vida de pacientes infantis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/10/2015
F9 e HP criam arte interativa para crianças internadas em hospital infantil

F9 e HP criam arte interativa para crianças internadas em hospital infantil

A F9, gráfica digital curitibana de comunicação visual, instalou recentemente um papel de parede para pintar no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (Paraná). A parede decorada (impressa com tecnologia látex da HP) foi doada pela F9 e desenvolvida para que as crianças pudessem colorir com giz de cera, canetinha ou tinta guache, a fim de levar diversão para os pequenos que passam por momentos difíceis de internação.

Os desenhos são assinados pela artista plástica paranaense Lucile Justus e a cor ficou por conta dos pequenos artistas. A arte foi impressa com a HP Látex 260 e segue os padrões de livros para colorir. A mídia (papel de parede para pintar) substitui adesivos e papéis convencionais. É antimofo, antibolor e resistente à chama.

HP e F9
Parede pôde ser rabiscada à vontade

Ety Cristina Forte Carneiro, diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, declarou: “A possibilidade de pintar uma parede agrada qualquer criança - é algo inusitado. A surpresa e o prazer de colorir vai deixar uma marca da sua passagem no hospital. Será o grande diferencial desta ação, que com certeza trará muita diversão. É o que elas precisam”.

Para Luis Otavio Palacios, diretor de marketing e vendas da área de impressão de grandes formatos da HP do Brasil, “a HP Látex é a tecnologia de impressão mais versátil e com a maior quantidade de certificações ecológicas do mercado de comunicação visual e decoração, desenvolvida com preocupação ambiental, tintas à base d’água sem cheiro e sem poluentes de ar nocivos à saúde, entre outros benefícios”.

HP e F9
Brincadeira trouxe diversão e alívio às crianças

Fontes: HP e Complexo Pequeno Príncipe



Serilon lança vinis coloridos para uso em plotters de recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/01/2013

Adesivo Mania Colorido da serilon

Disponível em 17 cores, os vinis da linha Adesivo Mania Colorido devem ser usados em plotters

Fornecedora de insumos e equipamentos para comunicação visual, a Serilon começa o ano fazendo um lançamento voltado aos profissionais que trabalham com plotter de recorte. Trata-se da "Adesivo Mania Colorido", uma linha de adesivos desenvolvidos para serem recortados em máquinas da marca Silhouette Cameo, também vendidas pela Serilon.

A fornecedora sugere utilizar o material (que é da marca Starpac) em superfícies planas e curvas leves, para aplicações em letreiros, brindes, decoração de paredes, entre outras instalações.

A novidade tem dimensão de 30cm x 5m e durabilidade de dois anos. E está disponível em 17 cores:

  • Azul Noturno;
  • Azul Marinho;
  • Azul Royal;
  • Amarelo Girassol;
  • Amarelo Ouro;
  • Branco;
  • Cinza Claro;
  • Lilás;
  • Laranja;
  • Marrom;
  • Preto;
  • Prata;
  • Rosa Claro;
  • Verde Abacate;
  • Verde Bandeira;
  • Vermelho Radiante;
  • Vermelho Tomate.

Fonte: Serilon. Texto: InfoSign



Impressora para estamparia digital, MTEX500 ganha novo distribuidor

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/12/2012

impressora estamparia digital

MTEX500 tem 1,8m de largura de impressão e cinta para transporte de tecidos

Recém-lançada na feira Viscom, em Frankfurt (Alemanha), a MTEX500, voltada para impressão direta em tecido, foi adicionada ao portfólio da Digital Print Innovations (DPI), fornecedora britânica de máquinas para estamparia digital e comunicação visual.

A máquina de 1,8m de largura de impressão é resultado de um contrato OEM entre a japonesa Mimaki e a POD, da Europa. Destaque nesse continente, a MTEX500 trabalha com as seguintes soluções de tintas:

  • Dispersa (para poliéster): atende o mercado de sinalização e comunicação visual;
  • Reativa (algodão): tecidos para lar e vestuário;
  • Ácida (seda e nylon): moda esporte e praia;
  • Pigmentada (tecidos mistos): guarda-sol, moda e indústria automobilística.

A MTEX500 emprega cabeças de impressão Ricoh Gen5, capazes de produzir pontos de tamanhos variados. A impressora pode usar o conjunto de quatro ou oito cores e trabalha com resolução máxima de 1.200dpi e velocidade máxima de 100m2/h.

Um grande diferencial da impressora fica por conta do sistema de alimentação de substrato. Trata-se de uma tecnologia de cinta adesiva — sincronizada com o grupo de impressão — que carrega o material pela máquina. Ela é capaz de trabalhar até mesmo com os tecidos difíceis de serem transportados, como a lycra. A cinta possui um sistema de limpeza (lava e seca) que funciona durante toda a operação, evitando a contaminação dos tecidos por poeira, resíduos e marcas d’água.

Stewart Bell, gerente de vendas da DPI, comenta: "A MTEX3200 é uma solução completa para estamparia digital, que prescinde de calandra, e pode causar impactos no mercado têxtil tradicional. Em breve, estaremos apresentando a máquina tanto na Fespa Digital quanto na Sign and Digital. Teremos também um novo site".

Fonte: DPI. Texto: InfoSign