Xaar apresenta estudo sobre sistema de recirculação de tinta inkjet

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2020
Tecnologia TF foi o objetivo da pesquisa

Tecnologia TF foi o objetivo da pesquisa

A fabricante Xaar realizou uma série de experimentos de laboratório para demonstrar a eficácia do sistema de recirculação da tecnologia TF, criada há mais de uma década.

Os resultados dos experimentos foram apresentados no documento “What goes around, comes around”, que, entre outros tópicos, compara a recirculação de tinta da tecnologia TF com técnicas alternativas usadas por outros fabricantes de cabeça de impressão.

O documento mostra também que as tecnologias não são iguais e que a arquitetura da cabeça determina a qualidade da recirculação de tinta.

De acordo com a empresa, a tecnologia TF é um elemento chave da plataforma ImagineX, recentemente anunciada pela Xaar e que impulsionará os próximos 30 anos de inovação em vários segmentos da inkjet.

Junto com a arquitetura exclusiva Hybrid Side Shooter, a tecnologia TF permite que a tinta e outros fluidos passem diretamente pela parte de trás do nozzle durante o disparo da gota em taxas de fluxo muito altas. Isso mantém a cabeça operacional e a tinta em movimento constante, o que evita a sedimentação e o bloqueio dos nozzles, especialmente em tintas pigmentadas. Bolhas de ar e partículas indesejadas da tinta também são expelidas, melhorando a confiabilidade do sistema.

Lançada em 2007, a tecnologia XF possibilitou aplicações como a impressão de tinta pigmentada branca de alta opacidade para etiquetas e se tornou um requisito da indústria inkjet.

Angus Condie, diretor de tecnologia da Xaar e um dos autores do estudo, declarou: “Nossa pesquisa prova que as soluções de recirculação de tinta variam de acordo com seus projetos arquitetônicos, produzindo resultados muito diferentes. A tecnologia TF supera suas rivais e continua sendo uma a referência, além de oferecer a mais ampla janela de operação em impressão inkjet”.

Fonte: Xaar



Ilford lança três novos tipos de canvas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/04/2013

A Ilford, fornecedora europeia de mídias, anunciou a expansão de sua linha Omnijet ao introduzir novos tipos de canvas. As novidades foram desenvolvidas para suprir as necessidades dos setores de decoração e sinalização. "A demanda por canvas comerciais só cresce — e as novas mídias da Omnijet ajudarão a atender essa expectativa", declarou Jane Dixon, diretora de marketing global da Ilford.

Confira mais informações sobre as três novidades:

  • OMNIJET Bright White Solvent Canvas 335g/m2: branco, brilhante e livre de PVC, feito de algodão e com acabamento acetinado, para o uso em impressoras solvente e ecossolvente. Ideal para decoração, PDV, pontos comerciais e reprodução de imagens de alto impacto. Disponível em rolos de 20m de comprimento;
  • OMNIJET Natural White Solvent Canvas 380g/m2: mistura de algodão e poliéster. Livre de branqueamento óptico, garante uma tonalidade natural, compatível com impressoras solvente e ecossolvente. Podem ser usadas em decoração, fine arts, retratos e exposições comerciais. Disponível em rolos de 18m de comprimento;
  • OMNIJET Production Canvas 345g/m2: mistura de algodão e poliéster. Também compatível com tintas látex, possui baixa drenagem e pode ser aplicado em sinalizações, gráficos de exposição e displays de PDV. Seus rolos têm 18m de comprimento.
Canvas, mídia usada para fine arts

Canvas, mídia usada para fine arts

Fonte: Large Format Review



Imprimax lança vinis adesivos decorativos jateados

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/06/2015

Treze opções de películas fazem parte da linha Color Max

Treze opções de películas fazem parte da linha Color Max

A Imprimax, fabricante brasileira de películas autoadesivas, anunciou treze novas opções de vinis da linha Color Max, composta por filmes com acabamento jateado para comunicação visual, decoração de ambientes (vidros e chapas), laminação fria, sinalização, recorte eletrônico e corte/vinco.

Segundo a empresa, a durabilidade do material, que também protege contra estilhaçamento em manuseio e estocagem, é de até cinco anos em ambientes externos ou internos.

As mídias da série possuem frontal de PVC monomérico calandrado de 80 micra de espessura (exceto o Pisomax, que tem 120 micra), cola acrílica aquosa permanente e liner de papel couché de 120g/m2 ou 140g/m2 (em películas com largura de 1,52m).

Vendidos em bobinas com larguras de 1m, 1,22m ou 1,52m, os vinis aceitam impressão serigráfica (UV e convencional), flexográfica (UV), offset UV e digital (ecossolvente, solvente, UV e látex).

O lançamento da linha de vinis jateados Color Max faz parte da série de mais de 150 produtos recém-anunciados pela Imprimax.

Fonte: Imprimax