Software Onyx certificado para impressoras Latex R

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/07/2018
HP Latex R2000 Plus rodou com o aplicativo Onyx durante a Fespa Print Expo 2018

HP Latex R2000 Plus rodou com o aplicativo Onyx durante a Fespa Print Expo 2018

A desenvolvedora Onyx anunciou que seu software homônimo foi certificado pela HP para rodar as recém-lançadas impressoras da série Latex R, composta por equipamentos híbridos capazes de trabalhar com mídias flexíveis e rígidas.

O programa de certificação da HP define um conjunto de critérios de desempenho e recursos exclusivos das tecnologias látex da marca. O certificado chancela os produtos que atingem um determinado nível de integração, compatibilidade e performance com um dispositivo específico da HP. Apenas as empresas em conformidade com esses critérios recebem o selo.

Para as impressoras da série de HP Latex R, a Onyx projetou drivers para incluir configurações especiais para tornar as operações com tinta branca mais fáceis. Uma das ferramentas é a Spot Layer, que gera camadas brancas específicas para aplicações de sinalização e exposição.

Bryan Manwaring, diretor de marketing da Onyx, declarou: “O software Onyx certificado pela HP e sua compatibilidade com impressoras látex recria a definição de imagens com tinta branca em mídias transparentes e coloridas. Os clientes da série HP Latex R que utilizam o Onyx podem sentir confiança em saídas consistentes e operações eficientes da impressora”.

Fonte: Onyx



Insumos para a limpeza de cabeças de impressão e para acabamento superficial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/12/2012

Toda impressora digital precisa de manutenção a fim de evitar problemas e manter um bom estado de funcionamento. Para tanto, existem procedimentos e insumos específicos. No caso das cabeças de impressão, é preciso utilizar fluidos de limpeza capazes de eliminar refugos de tinta que ficam dentro das câmeras e dos nozzles. E há muitos deles no mercado. Portanto, fique atento: é preciso escolher o material correto. A Gênesis Tintas publicou recentemente um artigo técnico detalhando alguns desses insumos fundamentais na vida de qualquer operador de impressora digital. Veja abaixo alguns dos tópicos abordados no texto:

Limpador (cleaner) para cabeças piezolétricas (solvente)

Trata-se de um glicol (solvente) que, dentro das indústrias de tintas, passam pelo processo de filtragem, responsável por conferir características especiais ao insumo, garantindo que ele passe — e limpe — pelas câmeras e nozzles das cabeças de impressão. Normalmente, impressoras digitais com cabeças piezoelétricas precisam desse limpador para manutenções diárias.

Limpador (cleaner) para cabeças Epson Micro PiezoTM (ecossolvente)

As impressoras que empregam cabeças da marca Micro Piezo, da Epson, usam solvente (glicóis) que também passam pela filtragem. O seu uso é bem menos frequente. Isso porque é a própria tinta que elimina os resquícios deixados nos nozzles e canais das cabeças já citadas, restando ao solvente apenas a limpeza mais "pesada".

insumo para impressão digital

A devida manutenção nas cabeças de impressão garante melhor funcionamento do equipamento

Solvente desentupidor (flush) de cabeças (solvente)

Mais forte do que os limpadores citados nos tópicos anteriores, o desentupidor, basicamente, derrete os resquícios das tintas que se alojam nas cabeças. Por ser mais agressivo, seu uso frequente pode danificar as peças. Depois de aplicá-lo, recomenda-se fazer a limpeza com o solvente (cleaner) e, posteriormente, o operador deve realizar testes de impressão.

Limpadores (cleaner) para cabeças de tinta sublimática

Formado por glicóis, água, aditivos e tensoativos, esse tipo de limpador passa, antes de ser vendido, pela destilação (que elimina as impurezas), desionização (elimina os minerais) e filtragem (retira fungos e bactérias do local).

Desentupidor (flush) de cabeças de tinta sublimática

O material que promove uma limpeza mais potente e garante o desentupimento completo das cabeças. Apesar de não ser corrosivo, ele trabalha com elementos tensoativos e água, que garantem a desobstrução dos canais.

Insumo de conversão de tintas solventes e sublimáticas

Usado em impressoras que suportam os dois tipos de tintas, o insumo é responsável por realizar a limpeza dos canais e fazer a conversão da tinta solvente para a sublimática e vice-versa.

Acabamento

Eles também estão nas salas de impressão de qualquer birô que se preze. São os insumos para acabamento superficial, como a laca (verniz para conferir diferenciais estéticos aos impressos) e o solvente para acelerar a secagem da tinta à base de solvente (novidade exclusiva da Gênesis Tintas).

insumo para secagem rápida

Quer secagem mais rápida? Use insumos que aceleram o processo

Laca para acabamento

Esse tipo de verniz pode ser usado no substrato impresso com a intenção de obter resultados estéticos. É possível deixar o material brilhante ou fosco, por exemplo. Além disso, a laca tem a função de proteger a superfície dos materiais sobre os quais ela foi aplicada.

Solvente para secagem instantânea

O produto aplicado às tintas solventes é vendido exclusivamente pela Gênesis Tintas e auxilia na rápida secagem do impresso. Mais aderência e resistência também são dados ao material.

Fonte: Gênesis. Texto: InfoSign



Inca Onset S20i chega ao mercado de impressoras inkjet industriais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/11/2012

A Fujifilm, em parceria com a Inca Digital, anunciou o lançamento de mais uma impressora plana UV. Chamada Inca Onset S20i, a máquina conta com 26 cabeças de impressão e pode atingir velocidade máxima de 310m2/h. Trabalha com resoluções entre 600dpi e 1000dpi, que podem ser aplicadas em imagens para instalações comerciais, como displays e pontos de venda (PDV).

A impressora consegue detectar a altura dos substratos e vem equipada com tecnologia que monitora a dose de radiação ultravioleta (UV). A Onset S20i dá a possibilidade de configurações diversas de produção e pode ser operada manual ou automaticamente. Além disso, fornece ao operador informações sobre manutenções.

Inca Onset S20i

Inca Onset S20i: para alta produtividade, chegando a atingir velocidade de 310 metros quadrados por hora

De acordo com Heather Kendle, diretor de marketing da Inca Digital, a impressora conta com funções diferenciadas. "Desenvolvemos e introduzimos melhorias de software e hardware". O custo-benefício também é destacado pelo representante da marca. "Os recursos adicionados à S20i fornecem aos usuários maior flexibilidade e ainda ajudam a garantir um retorno de investimento mais rápido", concluiu Kendle.

A série Inca Onset, que também conta com o modelo S40i (lançado em maio de 2012), visa atender empresas que necessitam de velocidade de produção, para materiais flexíveis e rígidos. Para a linha Inca, a fabricante recomenda o uso das tintas originais Fujifilm Uvijet.

Fonte: Inca. Texto: InfoSign