Sensient lança tinta sublimática ElvaJet Opal

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
ElvaJet Opal é indicada para produções industriais

ElvaJet Opal é indicada para produções industriais

A fabricante Sensient lançou no mercado internacional a ElvaJet Opal, tinta digital sublimática fabricada com tecnologia de dispersão. Industrializado em Morges, na Suíça, o insumo foi desenvolvido para uso em impressoras com cabeças piezoelétricas, para aplicações em moda, roupas esportivas e tecidos domésticos.

Mike Geraghty, presidente da Sensient Colors, declarou: “Nossa equipe de desenvolvimento de tintas criou o ElvaJet Opal empregando uma revolucionária tecnologia de dispersão. Nós aumentamos a força de cor dessas tintas, que oferecem consistência de cor lote a lote, assegurando o equilíbrio ideal entre nitidez, contraste, tempo de secagem e transferência de todo tipo de papel. Essas propriedades permitirão que nossos clientes se beneficiem de economias significativas de custo de produção”.

Segundo a empresa, a ElvaJet Opal é a próxima geração de tinta de sublimação industrial, fácil de instalar e imprimir em longas séries de produção e baixos requisitos de manutenção.

Fonte: Sensient



Como são reproduzidas cópias oficiais das obras de Van Gogh

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2019
Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Localizado em Amsterdã, na Holanda, o Museu Van Gogh abriga a maior coleção de obras do pintor homônimo. O visitante da exposição pode admirar uma coleção permanente de obras-primas de um dos pintores mais famosos e apreciados no mundo.

O museu abriga uma loja de lembranças onde é possível comprar objetos temáticos e itens colecionáveis. Entre ele, estão reproduções autenticadas (com certificado) e de alta definição das pinturas de Van Gogh.

Todas as imagens das obras-primas foram digitalizadas com scanners de alta resolução, que capturaram detalhes finos, texturas de pinceladas, protuberâncias de tinta e texturas das superfícies dos quadros. Por isso, as reproduções são quase idênticas aos originais.

Para estampar as imagens, o Museu Van Gogh utiliza uma Canon imagePrograf, capaz de produzir impressões de alta qualidade (na resolução de 2.400 x 1.200dpi) em papel ou canvas. A máquina emprega um conjunto de 12 tintas inkjet pigmentas, nas cores: preto fotográfico, preto fosco, ciano, magenta, amarelo, ciano fotográfico, magenta fotográfico, cinza, fotográfico cinza, vermelho, azul e otimizador cromático.

Para proteger reproduções de obras de arte, recomenda-se usar um vidro de proteção em cima das impressões, para para protegê-las da luz. Pode-se optar por envernizar o material com um revestimento que ressalte as cores e proteja a peça contra arranhões.

Após a impressão e o envernizamento, as imagens são montadas em uma base. As impressões em papel podem ser fixadas em poliestireno, papelão, placas de alumínio ou qualquer outra superfície plana. As telas tambpem podem ser esticadas à mão sobre uma moldura de madeira, para que o quadro fique com um aspecto mais artesanal. É aconselhável que as molduras de madeira tenham certificação PEFC e FSC, para garantir o manejo florestal sustentável. Existem muitos tipos de molduras, mas o mais importante é que ela reflita a qualidade da impressão.

Qualquer um pode adquirir uma reprodução autenticada das obras de Van Gogh

Fonte: Flaar



Mutoh atualiza seu app para impressoras digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

O aplicativo móvel ValueJet Status Monitor (VSM), da Mutoh, fabricante de equipamentos para comunicação visual, chegou à versão 1.03. Com a atualização, o app conta agora com um novo design, além de uma função que permite controlar remotamente (e de forma mais simples) uma determinada impressora.

Dedicada aos modelos mais novos da linha ValueJet, o VSM 1.03 está disponível gratuitamente para os sistemas Android e iPhone. Com ele, através do celular, é possível verificar o status de produção das impressoras, acompanhar o processo da impressão, monitorar a quantidade de tinta disponível e ainda receber notificações de problemas — tudo em tempo real.

Após realizar a instalação do app e fazer o registro da impressora a ser monitorada, é possível verificar as informações via smartphone. Caso deseje, o usuário também pode receber os dados por e-mail.

"A Mutoh continua adicionando recursos ao VSM com a intenção de torná-lo cada vez mais amigável aos usuários", contou David Conrad, gerente de marketing da fabricante. Para ele, a tecnologia garante a otimização do trabalho de quem a utiliza. "Com o VSM, nós garantimos flexibilidade aos nossos clientes na hora de gerenciar suas impressoras e trabalhos. Com o app, o dono da impressora pode se concentrar em outras áreas de seu negócio e realizar suas tarefas com mais tranquilidade", afirmou.

Para instalar o VSM 1.03, é preciso ter sua versão 3.04.

Fabricante disponibilizou uma nova versão do aplicativo para gerenciar impressoras Mutoh

Fonte: Mutoh. Texto: InfoSign