Pesquisa sobre o mercado de tecidos para decoração indoor

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/03/2019
Consultoria canadense levantou dados sobre o segmento

Consultoria canadense levantou dados sobre o segmento

A Research Report Insights (RRI), consultoria canadense de inteligência de mercado, criou recentemente o estudo Home Decor Textiles Market: Global Industry Analysis, Size, Sales and Forecast By 2025 (Mercado de tecidos para decoração doméstica: análise, tamanho, vendas e previsões da indústria global até 2025). Uma amostra do documento pode ser baixada.

A pesquisa trata de tecidos estampados decorativos usados na composição de itens como cortinas, lençóis de cama, capas de almofadas, tapeçarias, toalhas de mesa, capachos, entre outros produtos de seda, lã e algodão.

Segundo a RRI, o que impulsiona o crescimento dos tecidos de mobiliário doméstico é o desejo dos consumidores por um estilo de vida melhor. O aumento da população e da urbanização mundial também contribui para a expansão das demandas por tecidos de decoração indoor. No entanto, esses materiais têm suas limitações, como desbotamento, encolhimento e surgimento de rugas que fazem com que o produto pareça velho.

O segmento de tecidos para cama é o maior do mercado de têxtil para decoração indoor. Essa categoria inclui lençóis, cobertores, travesseiros, capas e almofadas.

O estudo aponta que o mercado europeu tem o número maior de consumidores. Em seguida vem o da América do Norte. E os países em desenvolvimento da Ásia-Pacífico estão consumindo cada vez mais tecidos de mobiliário doméstico.

Fonte: WhatTheyThink



Espectrofotômetro X-Rite i1Pro 2 recebe prêmio

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2013

A segunda geração do espectrofotômetro i1Pro foi a vencedora do prêmio do IF Product Design Award. Redesenhado pela X-Rite, fabricante de instrumentos para medição de cores, o aparelho passou por algumas modificações em 2012.

O IF Product Desgin Award premia objetos por seus designs, e o X-Rite i1Pro2 foi escolhido entre 3.011 concorrentes selecionados em todo o mundo.

Para a premiação, os jurados consideraram critérios como a qualidade do design, acabamento, materiais escolhidos, inovação, impacto ambiental, funcionalidade, ergonomia, segurança e valor da marca. O i1Pro2 é um dispositivo preciso que conta com três modos de medição.

x-rite 40_i1Pro2

Aparelho recebeu prêmio pelo seu design

"A nossa empresa tem a honra de ser escolhida para receber este cobiçado prêmio", comemorou Frank Maeder, gerente de produtos da X-Rite. "Reconhecido por seu design, o i1Pro2 é uma ferramenta importante no fluxo de trabalho dos profissionais", revelou.

A entrega oficial do prêmio ocorre em Munique, na Alemanha, em 22 de fevereiro de 2013, durante o IF Desing Awards, parte da "Munich Creative Business Week".

Fonte: WhatTheyThink. Texto: InfoSign



Curso de envelopamento na feira Fespa Brasil 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/02/2016
Justin Pate ministrará treinamento sobre envelopamento de carros no começo de abril

Justin Pate ministrará treinamento sobre envelopamento de carros no começo de abril

Entre os dias 6 e 8 de abril, dentro da Fespa Brasil 2016, feira que ocorre no Expo Center Norte, em São Paulo, serão realizados cursos de envelopamento automotivo ministrados por Justin Pate, norte-americano que possui quase 20 anos de experiência e já personalizou algo em torno de 3 mil veículos.

O instrutor é certificado pelas principais fabricantes internacionais de adesivos e desenvolveu a UGIS (Universal Graphics Installation System), plataforma especial com a qual é possível envelopar quase todo o veículo em menos de 4 horas. Pate também é o idealizador do site The Wrap Institute, contendo mais de 500 vídeos educativos para instaladores.

O treinamento, que vai das 8h às 12h, pode ser pago em até 12 vezes. As inscrições podem ser realizadas no site. Os tópicos abordados são:

  • Limpeza;
  • Remoção de interferências: maçanetas, espelhos, emblemas etc;
  • Técnica de manuseio da espátula;
  • Como aquecer o material corretamente;
  • Como utilizar o estilete: técnicas de corte e acabamento;
  • Linha mestra, cortes de alívio e tensionamento;
  • Curvas complexas;
  • Áreas difíceis: para-choques, espelhos, entre outras;
  • Finalização;
  • Dicas de design, preço e fluxo de trabalho.

Fonte: Alltak